Arquivo da tag: Twitter

Pastores, cantores gospel e milhares de fiéis prestam últimas homenagens a David Miranda

velorio-david-mirandaO velório do corpo do missionário David Miranda, fundador da Igreja Pentecostal Deus é Amor, atraiu milhares de fiéis à Sede Mundial da denominação em São Paulo.

O líder da Deus é Amor faleceu no final da noite de sábado, 21 de fevereiro, vítima de um infarto. David Martins Miranda, 79 anos, deixou a mulher, Ereni Miranda, e quatro filhos: David, Débora, Leia e Daniel.

A notícia da morte do líder evangélico repercutiu em todos os principais jornais e emissoras de televisão, recebendo destaque nas redes sociais, onde fiéis da denominação e de outras igrejas comentaram o passamento. O velório se estenderá até amanhã, 24 de fevereiro, quando o corpo será sepultado no cemitério Jardim do Horto, na zona norte da capital paulista.

O apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, comentou o falecimento durante um culto que era transmitido ao vivo pela televisão: “Minha alma ficou um pouco triste, porque quem conhece a minha história e história deste ministério sabe que há lideres, não são muitos, mas poucos que me perseguem em vez de apoiar. Esse aí [David Miranda] jamais fez alguma coisa que me pudesse prejudicar, atrapalhar o meu ministério […] Que Deus abençoe a família, as ovelhas do missionário David Miranda, o grande homem de Deus que esse país conheceu. Que Deus abençoe vocês e console vocês”, disse Santiago.

O pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), usou as redes sociais para lamentar a morte de Miranda: “Fui informado que passou para o Senhor o Missionário Davi Miranda líder da Igreja Pentecostal Deus é Amor. Que Deus o receba em seus braços e conforte toda a sua casa bem como os membros desta santa e abençoada igreja”, escreveu no Twitter.

“Recebi a notícia do falecimento do missionário Davi Miranda. Para mim, sempre foi um santo homem de Deus. Apesar de não conhecer pessoalmente, mas muitas madrugadas acompanhava suas orações e orava em conjunto pelo rádio. Um grande ganhador de almas para Jesus. Apaixonado pela obra missionária. Na sua simplicidade, Deus usou muito para cura divina e dons espirituais. Descanse em paz Guerreiro. Nos veremos no Céu. Hoje a Terra ficou mais pobre. Transmito em nome da AD MADUREIRA nossos sinceros pêsames à família e a Igreja”, disse o pastor Abner Ferreira, em uma postagem no Instagram.

A cantora Fernanda Brum também lamentou a morte do fundador da Deus é Amor e contou que sua conversão ao Evangelho se deu através da denominação: “Hoje Deus chamou o missionário Davi Miranda… Uma geração foi despertada por ele… Conhecemos a maneira durona que ele sempre levou seu ministério… Pioneiro no rádio… nas cruzadas de milagres… Foi a primeira porta que eu entrei quando vim do mundo… No ano de 92 presenciei muitos milagres lá na Rua da Conceição, no Rio de Janeiro… Eu pegava o trem em Rocha Miranda e depois andava sozinha da Central do Brasil até a Igreja… Passava o dia todo lá comendo pastel de queijo com Fanta laranja… Quero glorificar a Deus por essa porta, porque ela estava aberta quando eu mais precisei… Quero glorificar a Deus porque tínhamos o rádio transmitindo oração de dia e de noite… O carinho da família Brum a toda a família Miranda”, escreveu a cantora.

Outros líderes evangélicos também manifestaram o pesar pela morte do missionário, como por exemplo, o pastor Jabes de Alencar, a psicóloga Marisa Lobo, a cantora Célia Sakamoto, os pastores Samuel Ferreira, Josué Brandão, entre outros.

Fonte: Gospel +

Anúncios

Morre o missionário David Miranda, fundador da Igreja Pentecostal Deus é Amor

missionario-david-mirandaO missionário David Miranda, 79 anos, faleceu na noite de ontem em São Paulo, vítima de um infarto.

Fundador da Igreja Pentecostal Deus é Amor, David Martins Miranda era conhecido por sua maneira peculiar de pregar e pela defesa constante das doutrinas ultraconservadoras que são ensinadas na denominação.

A informação da morte de David Miranda foi divulgada pela rede de rádios da Deus é Amor, e confirmada pela filha do missionário, Débora Miranda, em sua página no Facebook. “Um homem guerreiro, lutador, foi recolhido ao paraíso de Deus. Descansa no Senhor. Meu paizinho, te amarei para sempre”, escreveu.

Curiosamente, David Miranda era um crítico do uso das redes sociais, e chegou a dizer aos fiéis de sua denominação, durante uma pregação transmitida para países da América Latina que o “Twitter e o Facebook são do diabo”.

Há pouco mais de um ano, Miranda usou um tom de ameaça para falar com os fiéis que estavam abandonando a Igreja Deus é Amor: “Eu quero falar, para aqueles irmãos e irmãs que eram da Igreja Deus é Amor, e aceitaram Jesus, o divino Espírito Santo está me revelando: vocês que foram para outra igreja, estão doentes, enfermos… Vocês vão morrer. Prepara para encontrar com a morte. Quem está dizendo é o Espírito Santo, porque você prometeu que nunca deixaria a Igreja Deus é Amor. A Bíblia diz que é melhor não prometer, do que prometermos e não cumprirmos”, disse o líder pentecostal.

A Igreja Pentecostal Deus é Amor foi fundada em junho de 1962, e atualmente possui mais de onze mil templos espalhados pelo Brasil e outros 136 países. Sua Sede Mundial, no bairro do Glicério, em São Paulo, foi inaugurada em 2004, com capacidade para 60 mil pessoas.

O velório de David Miranda está sendo realizado no templo, desde as 08h00 da manhã deste domingo, 22 de fevereiro, de acordo com informações do jornal Folha de S. Paulo.

Fonte: Gospel +

Malafaia comemora vitória de Cunha na Câmara e diz que governo vai ter que “aturar” evangélicos

eduardo-cunha-presidente-da-camaraO pastor Silas Malafaia comemorou a eleição do deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para a presidência da Câmara dos Deputados, e revelou que um de seus aliados ajudou o conterrâneo na campanha.

No Twitter, Malafaia disse que o pastor Sóstentes Cavalcante (PSD-RJ), membro da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) fez campanha a favor de Cunha. O gesto foi contrário à ordem da executiva nacional do PSD, presidido pelo ministro das Cidades, Gilberto Kassab, que apoiou o petista Arlindo Chinaglia.

“Parabéns ao deputado Sóstenes Cavalcante que trabalhou como leão para ajudar a eleger Eduardo Cunha presidente da Câmara. Valeu!”, escreveu o pastor.

Silas Malafaia também destacou que, com a eleição de um parlamentar da bancada evangélica para comandar a Câmara dos Deputados, o governo da presidente Dilma Rousseff (PT) terá que “aturar” as lideranças evangélicas.


Parabéns ao novo presidente da câmara,DEP evangélico Eduardo Cunha,uma vitoria espetacular humilhou o governo e o PT.Vão ter q nos aturar.

— Silas Malafaia (@PastorMalafaia) 2 fevereiro 2015


“Parabéns ao novo presidente da Câmara, deputado evangélico Eduardo Cunha. Uma vitória espetacular humilhou o governo e o PT. Vão ter que nos aturar”, escreveu, antes de acrescentar que, a seu ver, o parlamentar não tem dívidas políticas com outras forças do Congresso: “A vitória de Eduardo Cunha para presidência da Câmara foi tão espetacular que ficou sem dever à oposição e à situação”.

Eduardo Cunha é membro da Igreja Sara Nossa Terra no Rio de Janeiro, e foi líder do PMDB no ano passado. Eleito com 267 votos, 10 a mais que o mínimo necessário para encerrar o pleito no primeiro turno, Cunha derrotou o candidato do governo e se tornou o segundo na linha de sucessão presidencial. Caso Dilma Rousseff renuncie ou seja destituída, e seu vice, Michel Temer (PMDB) não possa ocupar o cargo ou abra ou abra mão, é Cunha quem assume o posto.

Fonte: Gospel +

Após processar Igreja Universal, Xuxa deixa a Globo e assina com a Record; Acordo virou piada na internet

xuxaA TV Record acertou a contratação da apresentadora Xuxa Meneghel, 51 anos, e deverá pagar à “rainha dos baixinhos” a bagatela de R$ 1 milhão por mês, segundo especulado por especialistas em televisão. O contrato, com duração de três anos, será válido até o fim de 2017.

Com o acordo, Xuxa deixa a TV Globo após 30 anos, e se prepara para estrear na emissora do bispo Edir Macedo. A curiosidade é que Xuxa e a Igreja Universal do Reino de Deus já se enfrentaram nos tribunais, com vitória da apresentadora.

O processo havia sido movido por Xuxa porque o jornal Folha Universal havia publicado uma matéria acusando a apresentadora de ter vendido sua alma ao diabo. Em 2011, a Justiça deu ganho de causa a Xuxa e condenou a denominação de Edir Macedo a indenizá-la em R$ 150 mil.

De acordo com informações do jornalista Ricardo Feltrin, do portal Uol, Xuxa tinha contrato com a Globo até 2017, porém haviam cláusulas que permitiam o rompimento do acordo sem multa.

Atualmente fora do ar, Xuxa teria um salário de aproximadamente R$ 200 mil mensais da emissora da família Marinho, que tentou segurar a apresentadora, mas não encontrou espaço na grade de programação.

A Record – que tem boa parte de sua receita oriunda dos horários que aluga para a Igreja Universal – deverá expor sua nova contratada ao máximo. Segundo Feltrin, a emissora prepara um programa diário para Xuxa, e também um semanal. “Trata-se da maior contratação também da gestão de Marcelo Silva, que substitui [o bispo] Honorilton Gonçalves na vice-presidência artística da casa”, escreveu Feltrin.

Retaliação

Recentemente Xuxa assinou novo contrato com a gravadora Som Livre, gravadora do Grupo Globo. De acordo com Lauro Jardim, a empresa poderá retaliar a “rainha dos baixinhos” por conta da mudança de emissora. “A Som Livre não se compromete a divulgar mais artistas que fecham com concorrentes. Foi assim, por exemplo, quando a dupla de palhaços Patati Patatá fechou com o SBT no passado”, publicou o colunista da revista Veja.

Piadas

Assim que a notícia de que Xuxa e Record haviam chegado a um acordo, várias piadas surgiram nas redes sociais. Em uma delas, as famosas paquitas dapresentadora aparecem vestida com a camisa do “Exército de Jesus”. Confira abaixo:


Novo uniforme das Paquitas na Record! #XuxaNaRecord pic.twitter.com/WSBRHcbKlW

— Cleycianne (@Cleycianne3 fevereiro 2015


 

2015 não anda nada fácil para Satanás, em apenas 3 dias ele perdeu Andressa Urach e Xuxa para o Senhor! Manda mas que ta pouco Deus!

 

— Cleycianne (@Cleycianne3 fevereiro 2015


 

CHORA SATANÁS!! pic.twitter.com/4U7wsW98Qo

— Cleycianne (@Cleycianne3 fevereiro 2015


Vazou a capa do novo CD da Xuxa na Record pic.twitter.com/KIxM3lUtMB

— Tia Simone Sexóloga (@SimoneSexologa) 4 fevereiro 2015


 

Fonte: Gospel +

Mensagem de jornalista cristão decapitado pelo Estado Islâmico se torna viral nas redes sociais

kenji-goto-estado-islamicoO jornalista japonês Kenji Goto, morto no último sábado, 31 de janeiro, pelo grupo terrorista Estado Islâmico, teve uma de suas mensagens publicadas no Twitter há pouco mais de quatro anos repercutida nas redes sociais.

O anúncio do assassinato do jornalista, que era mantido refém pelos extremistas muçulmanos, causou enorme comoção no Japão, com pronunciamentos indignados de autoridades, e em todo o mundo. A mãe de Kenji Goto também lamentou a morte do filho em uma emocionada entrevista coletiva.

A mensagem de Kenji Goto que se tornou viral no Twitter pregava paz, e o gesto dos internautas vem sendo entendido como uma homenagem a ele. Cristão, Goto era jornalista freelancer no Oriente Médio, de onde reportava os principais acontecimentos locais para jornais e emissoras japonesas.

Durante o período de convivência com os árabes, Goto disse ter aprendido que alguns sentimentos não são naturais ao ser humano, e que a verdadeira Justiça é divina. “Fechei os olhos e me segurei. Será o fim se eu ficar louco ou gritar. Isso é quase uma oração. O ódio não é para os seres humanos. Julgamento está com Deus. Isso é o que eu aprendi com os meus irmãos e irmãs árabes”, escreveu Goto, em setembro de 2010.


目を閉じて、じっと我慢。怒ったら、怒鳴ったら、終わり。それは祈りに近い。憎むは人の業にあらず、裁きは神の領域。-そう教えてくれたのはアラブの兄弟たちだった。

— 後藤健二 (@kenjigotoip) 7 setembro 2010


A mensagem, originalmente escrita em japonês, foi primeiramente traduzida para o inglês, e depois, para o português. Até agora, são mais de 30 mil compartilhamentos.

Kenji Goto aceitou Jesus Cristo em 1997, segundo informações do Assist News Service. A mensagem do Evangelho, que incentiva o cuidado com o pobre e valoriza os humildes de espírito, estava constantemente presente em seu trabalho.

“As crianças, os pobres e os necessitados. Esses são o maior interesse dele”, afirmou o colega jornalista freelance Toshi Maeda  à CCTV. “Ele só quer atender crianças em áreas de conflito e contar ao resto do mundo sobre o seu sofrimento. Como ele persegue essas histórias, ele acaba em zonas de guerra”, acrescentou.

Em maio, Goto havia publicado um artigo na versão japonesa da revista Cristianismo Hoje, e disse que confiava na proteção divina: “Já vi lugares horríveis e tenho arriscado a minha vida, mas eu sei que de alguma forma, Deus sempre me salvar”.

Fonte: Gospel +

Marco Feliciano comenta provocações de Gregório Duvivier sobre fim de processo: “Espere o próximo round”

800px-Marco_FelicianoApós a Justiça decidir pelo arquivamento do processo movido pelo pastor Marco Feliciano (PSC-SP) contra os humoristas do Porta dos Fundos por causa do vídeo “Especial de Natal”, um dos principais integrantes do grupo, o ateu Gregório Duvivier usou seu perfil no Twitter para provocar o líder evangélico.

“Perdeu, Marco Feliciano: perdeu o processo, perdeu a linha e perdeu seu tempo”, escreveu o comediante, que publicou também um link para a matéria que noticiava a decisão da Justiça.


Perdeu, @marcofeliciano: perdeu o processo, perdeu a linha e perdeu seu tempohttp://t.co/nD3LY1lAW5

— Gregorio Duvivier (@gduvivier) 27 janeiro 2015


O pastor Marco Feliciano, no entanto, rebateu a postura de Duvivier com um artigo publicado em seu site, e afirmou que ao contrário do que humorista pensa, não houve perda de tempo.

“Quanto a decisão da Justiça de arquivar o procedimento, não comento, aprendi que decisão judicial se cumpre e não se discute, mas me sinto feliz por ter tido a oportunidade de manifestar meu desagrado com tanto talento ser usado para brincar com sentimentos de milhões de pessoas, e se achar que novamente tenha de acionar a Justiça em outras ocasiões em que me sentir novamente ofendido não titubearei em fazê-lo”, escreveu o pastor deputado.

Feliciano disse ainda que ganhou “a atenção daqueles que se sentiram ofendidos ao verem sua fé Cristã e seu Jesus serem alvos de humor rasteiro”, e por isso, teria saído vitorioso do episódio.

“Minha intenção não é, nem nunca foi mostrar força, nem confrontar, pois meu Jesus foi o primeiro que nos ensinou a mostrar a outra face. Mas esse mesmo doce homem ao encontrar pessoas vilipendiando o Templo teve atitude diametralmente oposta. Fica ai amigo, o paradoxo: somos crentes, mas não somos acéfalos, e causar dúvidas aos adversários  é nossa especialidade. Por isso, pense que a peleja esteja ganha, mas se continuar com as agressões espere o próximo round”, pontuou Feliciano.

Fonte: Gospel +

Cristã gera polêmica ao posar com arma e Bíblia em foto publicada no Twitter

mãe-cristã-foto-arma-bíbliaDurante uma discussão com ativistas liberais nas redes sociais onde defendia a justiça federal dos EUA por liberarem empresa de cobrir métodos de controle de natalidade em seu plano de saúde, a cristã Holly Fisher causou polêmica por publicar uma foto na qual posa segurando uma Bíblia e uma arma, em frente a uma bandeira americana.

Segundo o The Christian Post, Fisher primeiro publicou uma foto na qual aparece vestida com uma camiseta pró-vida em frente à Hobby Lobby, companhia gerida por cristãos envolvidos na luta do caso do plano de saúde. Depois disso, ela publicou a polêmica foto segurando a Bíblia e a arma, desencadeando uma série de reações contrárias, e até mesmo ameaças de morte.

Ao comentar sobre a polêmica criada por suas publicações, a cristã afirma que não era seu objetivo causar polêmica e que as postagens foram feitas apenas para seus seguidores na rede social. Ela afirma ainda que a foto em frente ao Hobby Lobby não teve como intenção provocar ninguém. Holly Fisher afirma ainda que estava passando por acaso em frente ao local quando seu marido sugeriu que ela tirasse a foto, e que isso acabou, involuntariamente, tomando uma proporção que ela não esperava.

Porém, ela afirma ter mantido uma postura altiva diante de toda a situação, respondendo pela rede social a quem ela acha que merecia. Ela afirmou ainda que a foto foi publicada no dia 4 de julho, dia em que se comemora a independência dos EUA, o que ela afirma ter a estimulado ainda mais a valorizar sua liberdade de expressão.

– Eles aparentemente não conhecem a América e o que nós éramos quando fomos fundados. Era o Dia da Independência. E eu estava de pé na frente de uma bandeira que representa nossa liberdade – afirmou Holly Fisher, que ainda ressaltou que a constituição do país estabelece em sua Primeira e Segunda Emendas que seus cidadãos tão terão seu livre exercício de se manifestar vetados ou proibidos.

Apesar da controvérsia motivada por sua foto, e das ameaças de morte, Holly Fisher também recebeu muito apoio de quem partilha da causa pró-vida e que concorda com o caso de Hobby Lobby.

Fonte: Gospel +

 “Desde os tempos de Cristo, o povo prefere ladrão”, diz Malafaia sobre vitória de Dilma

pastor-Silas-MalafaiaO religioso se posicionou contra o PT e passou a ser alvo de investigações por órgãos federais.

O pastor Silas Malafaia lamentou a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) e escreveu um texto em seu perfil do Facebook fazendo uma ligação com a escolha do povo judeu em soltar Barrabás e condenar Jesus.

“Lamento dizer que, desde os tempos de Cristo, o povo prefere ladrão. Soltaram Barrabás e condenaram Jesus. Hoje, não é diferente!”, escreveu o pastor.

Durante todo o período eleitoral Malafaia se posicionou contra o PT e fez alertas à população sobre as ameaças que o governo petista representa à democracia, para os cofres públicos, para os bons costumes e para a fé cristã.

No Twitter o pastor evangélico acompanhava a apuração dos votos e comentou a escolha de 52% da população brasileira em três mensagens: “Dilma venceu! Preparem-se porque os corruptos vão continuar reinando no Brasil!”, “Dilma venceu. Quem perdeu foi o Brasil!” e “Dilma venceu. Que Deus tenha misericórdia do Brasil!”.

Por conta de sua posição política Malafaia tem sido investigado por órgãos federais, investigações que em sua opinião são uma forma de tentar impedir que ele continue alertando a população contra o governo.

Tanto a Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo como a Associação Vitória em Cristo foram investigadas pela Receita Federal e Polícia Federal, Silas Malafaia é presidente das duas instituições.

“Deus me levantou como uma voz profética no Brasil, não sou o único, existe outros homens e mulheres de Deus, por isso tenho sido perseguido”, escreveu ele no microblog.

Foi também pelo Twitter que o pastor assembleiano comentou sobre o fechamento de templos da Igreja Universal do Reino de Deus no Rio de Janeiro. “O TRE vasculhou a igreja que sou pastor, sala por sala, nada encontraram, aqui não é comitê eleitoral, diferente do que Crivella fez com a IURD”.

No segundo turno das eleições para o Governo do Rio Malafaia apoiou o candidato Luiz Fernando Pezão (PMDB), chegando a gravar um vídeo criticando a Igreja Universal por ter comprado os horários da CNT, cancelando o programa que ele mantinha na emissora há mais de 30 anos.

Fonte: Gospel Prime

Pelo Twitter, a cantora Nicki Minaj falou do valor da oração e da importância de não orar apenas por riquezas

nicki-minajAtravés do seu perfil no Twitter, a cantora Nicki Minaj falou recentemente sobre o valor da oração. Em mensagens publicadas na rede social, ela afirmou que nós devemos deixar os bens materiais de lado, no momento em que nos dedicamos a conversar com Deus.

Indo na contramão do discurso cada vez mais comum no meio evangélico sobre a prosperidade material, a cantora destacou que devemos orar para pedir por sabedoria.

– Pessoas oram por riquezas. Mas lembrem-se de orar por sabedoria – escreveu Nicki Minaj.

Nascida em Trinidad e Tobago, a cantora, que na verdade se chama Onika Maraj, revelou em entrevista dada há pouco tempo que sua mãe, Carol Maraj, é a responsável por sua aproximação a Deus.

A cantora afirmou que o legado deixado a ela por sua mãe foi a fé e as orações que ajudaram a impulsioná-la de sua infância, quando viveu no bairro do Queens, em Nova York (EUA), para sua carreira de fama internacional.

Em conversa com o Christian Post, a mãe de Nicki Minaj também comentou sobre a fé da filha, afirmando que embora seja considerada extravagante pela mídia, ela possui seu lado cristão resguardado para guiar sua vida e sua carreira.

– Minha vida como cristã e crente sempre esteve aberta para Onika. Enquanto sua carreira continuou a prosperar, ela desenvolveu maior preocupação com a vida – afirmou.

– Ela sabe que eu acredito no poder da oração, e por isso, que ela sempre tem o meu chamado e de meu pastor para orar por diferentes preocupações que ela possa ter. […] Eu acredito que por ela reconhecer o poder da oração, seu forte desejo de dar o dízimo junto ao clamor de sua mãe, contribuíram para o seu sucesso – completou a mãe da cantora.

Nicki Minaj já comentou sobre sua atenção à fé cristã em outras ocasiões. Em diversas entrevistas cantora já afirmou que tem Deus e sua mãe como seus principais heróis, e já relatou sobre como a igreja evangélica ajudou seu pai a se reabilitar de um problema com drogas.

Fonte: Gospel +

Selena Gomez usa o Twitter para falar sobre como Deus a sustenta na solidão

Selena-GomezRecentemente a atriz e cantora Selena Gomez usou seu perfil no Twitter para falar sobre sua relação com Deus, e sobre como Ele a sustenta na solidão. A mais recente demonstração de fé da cantora nas redes sociais surge em um momento em que ela tem sido constantemente vista pela mídia em eventos cristãos.

No post feito no Twitter, Selena Gomez falou sobre como a presença de Deus se faz verdadeira em sua vida nos momentos em que ela pensa estar só.

– Às vezes pensamos que não somos bons o suficiente. Mas então eu percebo que, quando eu penso que estou sozinha, eu tenho Deus – escreveu a cantora, que em seguida publicou outra mensagem afirmando que “nós temos que aprender da maneira mais difícil às vezes”.

Selena Gomez está sempre repassando aos seus fãs como se sente no dia-a-dia através das redes sociais; e esta não é a primeira vez que ela fala sobre sua fé nesses canais. Recentemente ela postou uma foto no Instagram, ao lado do pastor Judah Smith, da igreja pentecostal The City Church, da cidade de Seattle, noroeste dos EUA.

Smith é uma figura que está constantemente presente na vida de Selena Gomez e também de seu namorado, o cantor Justin Bieber. Segundo os relatos da própria cantora, o pastor a tem ajudado a renovar sua fé.

Além das constantes presenças em eventos do pastor Judah Smith, Selena Gomez e Justin Bieber foram vistos recentemente também em cultos de domingo em outra igreja renovada, a Hillsong de Los Angeles.

A Hillsong de Los Angeles é uma filial da de Nova York, do pastor Carl Lentz, que publicamente ofereceu apoio a Bieber em situações controversa

Fonte: Gospel +

Silas Malafaia faz piada sobre violência doméstica com desempenho de Aécio e Dilma no debate e gera polêmica

pastor-silas-malafaia-teste-para-presidenteO pastor Silas Malafaia usou seu Twitter para comentar o desempenho de Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) no debate da Band e fez piada com a forma como o tucano argumentava contra a petista. E o caso teve repercussões negativas.

Na interpretação do pastor, o desempenho de Aécio estava muito superior ao de Dilma, e para ilustrar seu pensamento, usou a lei Maria da Penha – que pune homens que agridem mulheres – para fazer uma piada.

“Estou desconfiado que vão aplicar a lei Maria da Penha contra Aécio por bater em mulher kkkkkkkkk. Já esta saindo uma ordem de prisão a caminho da Band contra Aécio por espancamento a mulher, pede pra ele não matar Dilma kkkkk”, escreveu o pastor.


Já esta saindo uma ordem de prisão a caminho da band contra Aécio por espancamento a mulher,pede pra ele não matar DILMA kkkkk

— Silas Malafaia (@PastorMalafaia) 15 outubro 2014


A reação dos internautas que se ofenderam com a brincadeira de Malafaia foi imediata: “O falso profeta pastor Malafaia não tem ideia de como esse tweet é perigosíssimo”, escreveu um homem. “Pastor, eu fico realmente assustada que um homem de Deus do seu naipe se renda à tamanha baixeza de espírito ao tuitar. Eu recomendaria que o senhor seriamente voltasse a dar uma lida na querida Bíblia, antes de dar um testemunho tão horrível”, escreveu uma mulher em duas mensagens.

O jornal Extra procurou Silas Malafaia para comentar a polêmica e a reação do pastor foi fiel ao seu estilo: “Qual o problema? O que isso tem a ver? Que brinquei com violência doméstica o quê! Isso é palhaçada, babaquice. Eu coloquei e coloco de novo. No próximo debate, se o Aécio comer a Dilma de pancada, eu vou colocar de novo para tirar onda. Não sou criança, não sou a favor de bater em mulher. Foi uma brincadeira do debate e vocês tão querendo denegrir. Eu não estou falando de mulher nenhuma. Eu estou tirando uma onda de um debate, brincando. Não vou mais falar com você sobre isso”, afirmou o pastor, bastante exaltado, segundo descrição do repórter responsável pela matéria no Extra.

Fonte: Gospel +

Silas Malafaia minimiza boatos de que Aécio é maçom: “Dilma por acaso é irmã de oração?”

pastor-Silas-MalafaiaO pastor Silas Malafaia voltou a usar seu perfil no Twitter para opinar sobre o cenário político no país e afirmou que os evangélicos devem levar em consideração que não estão votando para líder de igreja, e sim para presidente da República.

A fala do pastor foi uma resposta às especulações de que Aécio Neves (PSDB) seria maçom. Malafaia usou a adversária do tucano como ilustração para afirmar que há necessidade de escolher entre um dos dois.

“Anote: Podem se preparar, vem baixaria da grossa do PT sobre Aécio. É o caráter deles denegrir pessoas, coisa de comunista. Se Aécio é maçom, Dilma por acaso é irmã de oração? Eu digo o que ela é: ex-guerrilheira e comunista que propõe diálogo com terroristas. Não estamos votando em líder de igreja evangélica, e sim, para tirar o a Brasil da maior roubalheira da sua história. Já não bastam as provas”, escreveu Silas Malafaia.


Não estamos votando em líder de igreja evangélica,e sim,para tirar o a Brasil da maior roubalheira da sua história.Já não bastam as provas.

— Silas Malafaia (@PastorMalafaia) 8 outubro 2014


No meio evangélico, há muita discussão sobre a maçonaria, e o debate gira em torno da questão se essa sociedade fechada é ou não uma prática religiosa. O próprio Silas Malafaia, por muitos anos, esteve no centro de boatos que o apontavam como um adepto da maçonaria, embora as afirmações nunca tenham sido comprovadas.

Ainda sobre as eleições, o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) comentou a decisão do PSOL em recomendar aos seus eleitores que votem em branco, nulo ou pela reeleição de Dilma Rousseff, e afirmou que os políticos do partido deveriam ser enviados para países com ditadura.

“PSOL prega voto nulo, em branco ou em Dilma. Vamos arrumar passagem só de ida pra esses esquerdopatas. Ou para Cuba ou Coreia do Norte”, tuitou Malafaia, que possui um histórico de embates com o deputado federal Jean Wyllys, um dos mais importantes nomes do partido.

Fonte: Gospel +

Com 400 mil votos, pastor Marco Feliciano é reeleito deputado federal e desabafa: “Não foi fácil”

marco feliciano camisa da seleçãoO pastor Marco Feliciano (PSC-SP) foi reeleito deputado federal com quase 400 mil votos e ficou entre os cinco parlamentares mais votados de todo o Brasil.

Em seu perfil no Twitter, o pastor da Assembleia de Deus Catedral do Avivamento comemorou a expressiva votação, agradeceu a confiança dos eleitores e desabafou contra os adversários políticos no meio evangélico, que teriam feito campanha para tirar votos dele em cima da suposição de que ele “já estaria eleito”.


3) Não foi facil. Lutei contra a falta de recursos, a perseguição dos grandes ministérios q me impediram de me aproximar de suas igrejas.

— Marco Feliciano (@marcofeliciano) 6 outubro 2014


“Agradeço a todas as pessoas, irmãos e amigos q me deram seu voto de confiança me reconduzindo à Câmara Federal. Quase 400 mil votos! Fui o 3º dep. federal mais votado em SP e o 4º do Brasil. 400 mil votos conscientes, honrados e de família. Farei bom uso desta procuração! Não foi fácil. Lutei contra a falta de recursos, a perseguição dos grandes ministérios que me impediram de me aproximar de suas igrejas. Esperei a ajuda de pessoas por quem lutei e na última hora me deixaram sozinho. Faltou estrutura financeira, foi uma campanha humilde. Lutei ainda contra a mensagem covarde ‘já está eleito’ mais um monte de candidatos evangélicos usados por partidos pra dividirem nosso voto. Todavia o Senhor levantou guerreiros anônimos que se propuseram a ajudar. Obrigado a todos! De coração, esta vitoria não é só minha, é nossa!”, publicou Feliciano em seu perfil no Twitter.

A votação obtida pelo pastor esse ano foi superior à de 2010, quando disputou sua primeira eleição e foi eleito com pouco mais de 212 mil votos. No entanto, os 398 mil votos foram aquém do projeto pelo PSC, que previa uma votação na casa dos 600 mil votos para Feliciano, o que permitiria eleger mais um ou dois candidatos do partido pelo estado de São Paulo.

A bancada paulista do PSC na Câmara dos Deputados agora será formada por Feliciano, Gilberto Nascimento – que retorna após seis anos afastado -, e Eduardo Bolsonaro, filho do polêmico Jair Bolsonaro (PP-RJ), terceiro parlamentar mais votado do Brasil, com 464 mil votos.

Fonte: Gospel +

“Derretimento” de Marina Silva começou nos tweets do pastor Silas Malafaia, dizem analistas

marina-silva5A derrota de Marina Silva (PSB), que ficou fora do segundo turno das eleições presidenciais após uma queda vertiginosa nas pesquisas de intenção de voto nas últimas semanas que antecederam o pleito, foi analisada pela imprensa, que apontou os fatores principais do declínio.

“Marina desabou na pior hora: quando as chances de recuperação são mínimas, dado o limite do tempo. É como levar um gol no finalzinho do jogo”, opinou o jornalista Paulo Nogueira, do Diário do Centro do Mundo.

Nogueira entende que o começo da derrocada de Marina Silva aconteceu justamente através do Twitter do pastor Silas Malafaia contra o casamento gay e a adoção de crianças por casais homoafetivos, itens previstos numa versão supostamente não revisada do programa de governo de Marina.

“Longe do plano divino, Marina começou a cair quando piscou diante de quatro tuítes de Malafaia. Malafaia manifestou revolta contra os termos do programa de Marina em relação à comunidade LGBT. Ameaçou tirar o apoio. Rapidamente, com uma explicação que não convenceu ninguém, o programa de Marina foi alterado para agradar Malafaia. Foi um gesto fatal. Ali Marina mostrou um traço de personalidade que seria explorado com sucesso tanto por Dilma quanto por Aécio: a instabilidade, a hesitação, a dificuldade em lidar com pressão. O eleitor percebeu”, escreveu Nogueira.

O desgaste da campanha, que faz o candidato percorrer o país diversas vezes em longos voos, também afetaram Marina Silva, tirando-lhe o gás necessário, segundo o jornalista: “Nos dois últimos debates, Marina estava claramente exaurida mental e fisicamente. Parecia torcer que para que tudo acabasse o mais rápido possível”.

BBC publicou a análise da jornalista Ruth Costas, que dentre outros fatores, apontou o pouco tempo na TV, a imagem frágil da candidata e os ataques dos adversários como pontos principais da derrota.

“No primeiro turno, a candidata teve dois minutos, Aécio, quatro e Dilma, 11 […] Os esforços do PT e PSDB para pintar a candidata como uma líder política frágil, incapaz de lidar com as dificuldades e críticas enfrentadas por quem está no poder, também parecem ter surtido efeito. Contribuiu para reforçar essa imagem o fato de Marina ter chorado ao comentar sobre as críticas do ex-presidente Lula a uma repórter do jornal Folha de S. Paulo”, escreveu Costas.

Fonte: Gospel +

PT comanda o processo de desconstrução da família, diz Marco Feliciano

marco-felicianoDeputado usou o Twitter para apontar motivos para os cristãos não votarem em Dilma Rousseff.

O deputado Pastor Marco Feliciano, candidato a reeleição, usou sua conta no Twitter para fazer duras críticas contra o governo Dilma. Nesta terça-feira o parlamentar publicou uma série de tuites com motivos pelos quais cristãos não devem votar na candidata a reeleição.

“Dilma Rousseff prometeu proteger a família, mas está destruindo. O PT comandou o processo de desconstrução da família”, disse o parlamentar.

O líder evangélico lembrou que Dilma não cumpriu compromissos assinados durante a campanha de 2010. “Dilma Rousseff assinou carta em 2010 se comprometendo a não abordar temas polêmicos, mentiu”, disse Feliciano.

Considerado um dos políticos mais influentes das urnas em 2014, o deputado federal já havia anunciado que faria “dura oposição” à candidata do Partido dos Trabalhadores. Feliciano chegou a afirmar que apoiaria qualquer candidato que fosse para o segundo turno contra a petista.

Também anunciou que no segundo turno irá apoiar Marina Silva e chegou a sugerir que o candidato de seu partido, Pastor Everaldo, desista da corrida eleitoral para fortalecer o nome da candidata do PSB.

Em meio às críticas, Feliciano lembrou que Dilma prometeu não mudar a legislação sobre o aborto, não interferir em questões morais e prometeu se abster de enviar para aprovação ou sancionar projetos de lei que versem sobre a legalização do aborto ou casamento gay, não cumprindo nenhuma das promessas.

O parlamentar evangélico lembrou que Dilma falou recentemente que deve retomar o PLC122/2006. “Dilma Rousseff prometeu retomar o PLC122 caso seja reeleita, criminalizando a opinião contra a homossexualidade”.

Marco Feliciano também lembrou que em 2012 durante sua participação no Fórum Social de Porto Alegre, o secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho, falou sobre suas preocupações em relação a forma como os evangélicos conseguem controlar a classe C da população brasileira e prometeu planejar uma disputa ideológica com os líderes religiosos.

“O governo Dilma vem tentando proibir religião em centros de tratamento químico”, disse. “Dilma vem tentando instalar no país a ditadura petista por decreto, acabando com a democracia”, continuou.

Marco Feliciano criticou a fala da presidente-candidata Dilma Rousseff durante discurso da ONU, defendendo diálogo com os terroristas do Estado Islâmico e lembrou o passado comunista da candidata a reeleição.

Fonte: Gospel Prime

No debate da Record, Levy Fidelix afirma que “dois iguais não fazem filhos”; Pastor Silas Malafaia comenta: “Verdade absoluta”; Assista

levy-fidelix-debate-recordO penúltimo debate entre os principais candidatos à presidência da República foi realizado ontem, 28 de setembro, pela TV Record, e uma declaração de Levy Fidelix (PRTB) causou rebuliço nas redes sociais.

Perguntado por Luciana Genro (PSOL) sobre a prevenção contra a morte de homossexuais, Fidelix disse abertamente ser contra a prática homossexual e criticou o uso político do tema que muitos ativistas gays fazem.

“Olha minha filha, tenho 62 anos e pelo que eu vi na vida, dois iguais não fazem filho. E digo mais: desculpe, mas aparelho excretor não reproduz. É feio dizer isso, mas não podemos jamais gente – eu que sou um pai de família, um avô – deixar que tenhamos, esses que aí estão, achacando a gente no dia a dia, querendo escorar essa minoria na maioria do povo brasileiro. Como é que pode, um pai de família, um avô, ficar aqui escorado porque tem medo de perder voto. Prefiro não ter esses votos, mas ser um pai, um avô, que tem vergonha na cara, que instrua seu filho, seu neto”, disse o candidato.

O pastor Silas Malafaia repercutiu a declaração do candidato e demonstrou ter se divertido com as afirmações: “Levy Fidelix no debate da Record: 2 iguais não fazem filhos, e digo mais, aparelho excretor não reproduz kkk Estão reclamando? Verdade absoluta […] Kkkkk verdade virou homofobia kkkkkk muito kkkkkk […] Vou dormir rindo, esse Levy Fidelix kkkkkkkkkkk bom sono a todos kkkkkk Vida longa aos meus inimigos para assistirem minhas vitórias kkkkkk”, escreveu o pastor no Twitter.

Um dos principais aliados de Luciana Genro e também um dos principais inimigos públicos de Malafaia, o deputado federal e ativista gay Jean Wyllys, também comentou a fala de Fidelix e prometeu que estudará se pode processá-lo.

“Discurso de ódio contra LGBTs proferido por Levy Fidélix e motivado por uma mistura nauseante de estupidez, homofobia e demagogia vulgar! Vou avaliar se é possível representar contra Levy Fidélix por sua ofensa a uma coletividade e por estimular a violência contra esta. Como pode um sujeito como esse (que também se referiu aos usuários recreativos de maconha como ‘drogados’) ser candidato presidencial? Acho que Luciana ficou perplexa e os demais, ainda que constrangidos, silenciaram. Isso, mais o riso da plateia, mostram bem uma coisa: Os fatos ocorridos durante o debate entre os presidenciáveis mostram bem como esse tipo de violência contra LGBTs é socialmente aceito! Levy Fidélix não se dá conta de que a sua existência contraria sua tese de que ‘aparelho excretor não reproduz’”, atacou o ex-BBB.

Assista:

Fonte: Gospel +

 

Dilma Rousseff discursa na ONU e condena ataques militares contra extremistas muçulmanos que matam cristãos

presidente-dilma-rousseffA presidente Dilma Rousseff (PT) abriu a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) em Nova York com um discurso que criticou o combate aos extremistas islâmicos em países como Síria e Iraque.

Os militantes muçulmanos nesses países têm sido responsáveis por uma perseguição sem precedentes contra cristãos.

Na Síria, que vive em guerra civil há aproximadamente três anos, os muçulmanos têm cobrado impostos ilegais da minoria cristã, e matado os que se recusam a pagar ou abandonar o país. Já no Iraque, os militantes do Estado Islâmico afirmam que sua meta é erradicar o cristianismo do mundo árabe, e seu plano começou a ser posto em prática com a expulsão ou assassinato de cristãos que viviam em Mosul, principal reduto de cristãos no norte do país.

No discurso feito na ONU, Dilma afirmou que o combate ao terrorismo dos extremistas radicais que reiteradamente perseguem e matam quem não concorda com seus termos deve ser feito a partir do diálogo: “Eu lamento profundamente isso. O Brasil sempre vai acreditar que a melhor forma é o diálogo, o acordo e a intermediação da ONU”, afirmou na última terça-feira, 23 de setembro.

Obama

O presidente norte-americano fez um discurso claramente no sentido contrário ao de Dilma Rousseff e prometeu agir para proteger os cristãos que são vítimas dos extremistas nesses países.

De acordo com Barack Obama, é preciso estabelecer parcerias com países da região que têm compromisso com a liberdade religiosa e “promover a estabilidade” social.

“Nosso objetivo é claro: vamos degradar e, finalmente, destruir o Estado Islâmico através de uma estratégia abrangente e sustentada contra o terrorismo… Eu já deixei claro que vamos caçar terroristas que ameaçam o nosso país, onde quer que estejam”, afirmou o presidente.

Recentemente dois jornalistas norte-americanos que haviam sido sequestrados pelo Estado Islâmico foram decapitados e tiveram suas mortes filmadas e publicadas na internet.

Malafaia

O pastor Silas Malafaia também criticou a postura de Dilma Rousseff sobre a perseguição aos cristãos nesses países.

No Twitter, Malafaia classificou como “vergonhoso” o discurso da presidente na ONU: “Atenção cristãos: Dilma condena ataque americano ao terrível grupo terrorista da Síria, que mutila mulheres cristãs e enterra crianças vivas. Em 2013, Dilma defendeu o islamismo na ONU.  Agora, condena ataque de nações contra o pior grupo terrorista da atualidade, o Estado Islâmico”, protestou.

Fonte: Gospel +