Arquivo da tag: Música Gospel

Neymar canta “Faz um milagre em mim” em vídeo no Instagram

neymarO atleta estava acompanhado por uma banda e mesclaram a música religiosa com o ritmo de samba.

O jogador Neymar tem uma ligação forte com a música gospel, quem o acompanha nas redes sociais se depara com trechos de canções religiosas servindo de legenda para algumas de suas fotos.

Nesta semana Neymar resolveu divulgar um vídeo em seu Instagram mostrando ele e alguns amigos cantando “Faz Um Milagre em Mim” – sucesso do cantor Regis Danese – em ritmo de pagode.

O vídeo não é recente e foi postado pelo atleta na quinta-feira (29) dia de relembrar bons momentos na rede social usando a hashtag #tbt ou #throwbackthursday.

Ligado à religião evangélica, Neymar não se envergonha de dar entrevistas citando que ouve músicas religiosas e já participou do quadro “Artilheiro Fantástico”, na Globo, pedindo canções evangélicas. Em uma dessas ocasiões ele escolheu “Raridade”, de Anderson Freire, para servir de trilha sonora para os gols marcados.

Fora isso, Neymar também gravou participação do vídeo clipe de “Nasci Pra Vencer”, do grupo de rap gospel “Ao Cubo”.

Fonte: Gospel Prime

Anúncios

Thalles Roberto assina produção do novo CD de Marcelo Aguiar

thalles-roberto-e-marcelo-aguiarO deputado cantor se prepara para lançar um álbum com canções inéditas.

Thalles é um dos fenômenos da música gospel nacional e, apesar de ter uma agenda lotada, vai assinar a produção musical do novo CD de Marcelo Aguiar.

Há algumas semanas os dois cantores se reuniram para iniciar a pré-produção do álbum, o encontro aconteceu em Passos (MG) e serviu para finalizar a escolha do repertório e acertar os detalhes da gravação.

Segundo a assessoria do cantor, Marcelo Aguiar vai continuar com a sua marca registrada que é a mistura de sertanejo universitário, louvor e adoração. Mas os fãs do deputado federal pelo PSC de São Paulo também podem aguardar por algumas surpresas.

Este novo trabalho vai marcar uma data importante na carreira do cantor que completa 15 anos de ministério. “O que tenho vivido não tem explicação a não ser a benção de Deus, a Graça e a Restituição do Senhor. É um novo tempo e sei que muitas vidas serão tocadas, libertas e abençoadas através deste novo trabalho. Esse é meu objetivo maior”, disse.

Entre as novidades para este projeto a assessoria de Marcelo Aguiar revela que a canção “A Volta do Filho”, de autoria de Thalles Roberto, fará parte do repertório. Não há datas para a conclusão do trabalho e a previsão para lançamento ainda não foi divulgada.

Fonte: Gospel Prime

Guitarrista ex-integrante do Newsboys critica música gospel e anuncia que se tornou ateu

george-perdikisA banda pop cristã Newsboys é uma das mais conhecidas no meio gospel internacional, e um dos músicos fundadores se declarou ateu recentemente. George Perdikis, que já não integrava o grupo desde 1987, criticou o cenário da música cristã como um todo em um depoimento publicado por um portal ateu.

“Eu fui um co-fundador de uma das mais populares bandas de rock cristão… E agora eu sou um ateu”, escreveu o guitarrista para o site Stand Up For The Truth.

Perdikis acrescentou ainda que muitos músicos cristãos são mais vaidosos do que os seculares: “A cena da música cristã é povoada por muitas pessoas que agem como se eles tivessem uma linha direta com Deus, que lhes dá as respostas para o Universo. Parecem mais egocêntricos e narcisistas do que suas contrapartes seculares”, disparou.

O músico revelou ainda que teve contato com o cristianismo durante o Ensino Médio, quando foi matriculado por seus pais em uma escola cristã, mas que não conseguiu se adaptar à doutrina e isso o afastou da fé: “Eu sempre me senti desconfortável com as regras estritas impostas pelo cristianismo. Tudo o que eu queria fazer era criar e tocar rock […] Eu queria que a minha vida fosse avaliada pela minha música, não pela minha capacidade de resistir à tentação”, escreveu.

Curiosamente, a banda fundada em 1985 na Austrália, se tornou famosa nos Estados Unidos a partir de 1988, anos após a saída de Perdikis. Recentemente, o Newsboys participou do filme cristão “Deus Não Está Morto”, em que um aluno rebate os argumentos de um professor ateu.

Por fim, George Perdikis disparou acusações contra os ex-colegas de banda: “A verdade é que os [músicos do] Newsboys não são tão santos como eles professam. Em vez de usar uma máscara de ‘justiça’, eles precisam reconhecer que eles estão lutando tanto quanto todos os outros”.

Fonte: Gospel +

Thalles Roberto participa de reality show cristão e diz que pediu a Deus para ser referência; Assista

thalles-roberto-reality-showThalles Roberto gravou um reality show para uma canal de TV e rádio da Argentina, e mostrou parte de sua rotina  de viagens e apresentações. No primeiro episódio do programa, que se chama 25 horas com Thalles Roberto, o cantor falou de sua forma de encarar os desafios que se colocam à sua frente.

O programa acompanhou Thalles Roberto numa viagem à cidade de Houston, no Texas (EUA), onde ele se apresentaria na megaigreja Lakewood Church, que é liderada pelo pastor Joel Osteen.

Num momento de descontração, Thalles e o apresentador praticaram exercícios físicos na academia do hotel e conversaram sobre o assunto. O cantor disse que seu hábito de cuidar do corpo surgiu depois de uma conversa íntima com o Espírito Santo.

“Eu perdi, 30 quilos, de gordura, e ganhei 10 quilos de massa“, contou Thalles, afirmando que na conversa com o Espírito Santo, ele foi questionado se gostaria de ser um cantor ou uma referência, e ele teria escolhido ser uma referência para que outros desejassem ser como ele.  Além dos exercícios, Thalles diz ler a Bíblia e jejuar como parte de sua rotina em busca de ser referência.

Na chegada ao templo da Lakewood Church, Thalles diz que se sente emocionado com a extensão de sua carreira musical: “Me sinto no foco, para falar o exatamente o que Deus quer, numa grande oportunidade”.

Ao final, conta que para não se intimidar perante o público da igreja, pensou na vontade de Deus: “Eu só pensava uma coisa, estou aqui porque Deus me colocou aqui, me chamou pra estar aqui, eu não posso estar impressionado, não posso estar pensando que toda a Sua grandeza pode me diminuir, porque se Deus me tirou de onde eu estava e me trouxe até aqui, é porque Ele acredita que tenho algo no coração, uma força dele para falar com as pessoas”.

Assista:

Belo regrava música de Thalles

O pagodeiro Belo regravou a música “Mesmo sem Entender”, de Thalles, para seu novo álbum, “Mistério”. Em entrevista ao jornal Extra, o artista secular contou que sua iniciativa de regravar a canção tinha como objetivo levar a mensagem de Deus para quem não costuma ouvir.

“Ele é um artista gospel que não transita no nosso segmento e estou através da música dele levando a palavra de Deus para outro público”, disse Belo.

Thalles contou que a letra foi inspirada por uma situação delicada por que passou: “Deus me deu essa música em um momento de muita luta! Eu não entendi direito mas confiei! Hoje eu entendo o propósito! Uma vida com propósito vai muito além do limite da religião! Que o Espírito Santo do meu Deus te abrace Belo e te grite com toda força! Não há uma vida que Deus não possa amar, entender e salvar! Belo, porque Deus amou o mundo de tal maneira que Deus seu filho único, para que todo aquele que nele crê não pareça mas tenha a vida eterna! Ele te ama! Belo, que Deus te pegue no colo! Feliz por ser um simples instrumento de Deus para tocar seu coração”.

Fonte: Gospel +

No Encontro, Thalles fala sobre a necessidade de dar exemplo: “É difícil ser referência”

thales no encontroO cantor Thalles Roberto participou do programa Encontro com Fátima Bernardes na última quinta-feira (13), e falou sobre seu passado de dependência química, sobre seu novo projeto musical e também sobre o exemplo que as pessoas com grande visibilidade na mídia precisam dar.

O assunto girava em torno do caso em que o juiz João Carlos de Souza Correa foi parado numa blitz da Lei Seca e não portava a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o carro estava sem placas. Na operação, o juiz se desentendeu com a agente de trânsito depois que ouviu dela que ele não era “deus”, apesar de sua profissão. Na Justiça, o juiz terminou por receber uma indenização de R$ 5 mil por danos morais.

“É muito difícil ser referência para as pessoas. Eu não sou perfeito. Mas as pessoas te acompanham, ouvem o que você fala e é muito difícil dar exemplo. Eu, por exemplo, não tenho carteira de moto, mas comprei esses dias uma moto para mim. Quando fui sair de casa, a minha esposa me falou: ‘Amor, você não pode andar de moto sem habilitação para isso. Precisar dar exemplo’. Então eu estou há algum tempo com ela na garagem, esperando”, relatou o cantor, que destacou sua grande influência nas redes sociais.

Por outro lado, Thalles Roberto afirmou que é imprescindível que as pessoas aprendam a valorizar os bons exemplos, independentemente de quem os dá: “Nós temos que ser reconhecidos pelo exemplo que nós damos e não pela nossa profissão, ou pela carteira [que usamos]“, ponderou.

Além de participar do debate promovido pela apresentadora, o cantor também cantou no programa, abrindo sua participação com a música “Arde Outra Vez”, e comentou sobre a iniciativa que teve de doar uma parte das vendas de seu novo álbum, “Id3”, para o projeto social-missionário MCM.

“O meu primeiro disco explodiu, foi um sucesso, incrível. A gente vendeu, um projeto ao vivo em estúdio, mais de um milhão de cópias. E eu tinha tanto problema, financeiro, tive [um período como] dependente químico… Então, eu torrava tudo com drogas, loucura. E o meu disco passado [Sejam Cheios do Espírito Santo), eu passei resolvendo meus problemas do passado, e fazendo uns investimentos, coisas da minha família, que a gente não tinha. Esse projeto novo, ‘Id3’, era o meu projeto da independência financeira. ‘Agora vou vender muito, e ficar tranquilo’. E eu fiquei sabendo de uma história de meninas no Nepal, que com seis anos de idade são vendidas pelos pais para serem escravas sexuais. Quando eu ouvi essa história, um sininho tocou na minha cabeça e disse ‘você vai dar a renda do seu CD e do seu DVD’.  Esse dinheiro é usado para comprar essas meninas. É um projeto chamado MCM. Eles compram as meninas, tiram elas da escravidão, e dão uma vida de criança [a elas]. Eu falei: ‘mas esse projeto, é a minha liberdade’. E a gente abriu mão de vender o disco e ficar com a grana pra gente pra ajudar a melhorar a vida dessas meninas. Imagina uma menina de seis anos… Tem meninas de sete a oito anos, que são estupradas 20 vezes por dia, e com nove anos estão se submetendo a cirurgias de reconstrução vaginal para serem revendidas como virgens. Então é uma honra poder [saber] que cada disco que vende, meninas vão ser salvas”, relatou Thalles.

Fonte: Gospel +

Teleton: Fernanda Brum, Aline Barros e Thalles, entre outros, participam do programa; Assista

fernanda-brum-teleton-2014-e1415703700338O SBT apresentou no último final de semana a edição 2014 do Teleton, programa dedicado a arrecadar doações para os projetos sociais da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD).

Assim como nas últimas edições do programa, artistas gospel participaram da festa e cantaram suas músicas, além de levarem pequenas mensagens de esperança, amor e carinho às crianças que são atendidas pela AACD.

Dentre os artistas que foram ao palco do programa, destaque para Aline Barros, Regis Danese, Fernanda Brum, Thalles Roberto, Ana Paula Valadão e Ludmila Ferber, além da jornalista Rachel Scheherazade.

Fernanda Brum emocionou os artistas, apresentadores e a plateia presente no estúdio do programa ao dizer que os cristãos são ensinados a se importar com o próximo.

“Eu estou aqui para mobilizar essa audiência que sabe doar. A Igreja sabe doar. Aqueles que nasceram de novo, eles têm pra dar, porque nós fomos ensinados a amar o nosso próximo como a nós mesmos. E aquele que ama e não se engaja, não abraça, não toca, não sente, esse não ama nada. Diz que ama a Deus que não vê e não ama o irmão que vê? Quem é que ama desse jeito? Eu estou aqui para mobilizar os meus 5 milhões de curtidas no Facebook, mais de 1 milhão de seguidores no Twitter. Eu vim aqui dizer que estamos juntos. Todos nós somos Teleton”, afirmou Fernanda.

A meta de arrecadação da 17ª edição do Teleton era de R$ 30 milhões e foi superada, de acordo com informações do site do SBT. “Silvio [Santos] vibrou com a plateia e agradeceu as doações feitas durante todo o programa pelos telespectadores. No fim da noite, a meta foi atingida e a arrecadação alcançou R$30.021.070,00”, diz trecho da nota divulgada pela emissora.

Ao longo das 27 horas do programa, mais de 180 artistas, 145 personalidades da internet e 37 atrações musicais passaram pelo palco. Contratados da Globo, Record e Band também participaram do programa.

Fonte: Gospel +

Mercado gospel movimenta R$ 1,5 bilhão e reality show quer descobrir novo Thalles

thalles-roberto-gospel-singerA indústria fonográfica gospel tem conquistado números expressivos no mercado de música, tendo no cantor Thalles Roberto o principal ícone de um segmento que movimenta R$ 1,5 bilhão por ano no Brasil.

Os 42,3 milhões de evangélicos do país formam um nicho enorme de potenciais consumidores, e tanto dinheiro sendo movimentado em nome da fé motivou a criação de um reality show nos moldes dos conceituados The Voice e American Idol, que ganharam adaptações brasileiras nas principais emissoras do país.

A versão cristã do programa de competição musical é o Gospel Singer, transmitido pela Rede Gospel de Televisão, emissora da Igreja Renascer em Cristo.

O mote do programa, segundo a jornalista Anna Virginia Balloussier, da Folha de S. Paulo, é descobrir o novo Thalles Roberto. O próprio cantor – que não quer ser mais chamado apenas de gospel – afirma que é natural que exista uma competição entre os músicos evangélicos: “Cada igreja tem um cantor, e cada cantor quer ser um grande cantor”, explica.

Para a gerente da gravadora Universal Music Christian, Renata Cenízio, o segredo do sucesso no meio gospel é ser identificado como parte do rebanho: “O mercado busca quem tem relacionamento real com as igrejas, pois vem de lá o público”, resume.

“A palavra é credibilidade. Qual igreja frequenta? É ativo nela? É boa mãe ou bom pai?”, diz o cantor e pastor André Valadão, que atualmente integra o elenco da gravadora Som Livre, do Grupo Globo.

Para André Valadão, a mensagem se mantém intacta, mas a embalagem dos cantores já não se diferencia tanto dos artistas seculares: “É como música clássica, você não vê mulher cantando de maiô ou shortinho. Mas somos contemporâneos. Faço show de All Star e calça rasgada”.

O reality show Gospel Singer teve 2.357 inscritos e a banda vencedora foi a Tempo de Adorar. “Tem pastor de igreja grande com artista que não consegue decolar. Aí não apoia quem está dando certo. O único que não tropeçou foi Jesus, né?”, comentou Guilherme Bueno, vocalista da banda, em tom de queixa.

Fonte: Gospel +

Casal cristão que cantava músicas de louvor em casa é preso na frente dos filhos

ronnie-e-anissa-gardinUm casal cristão que cultiva o hábito de cantar louvores a Deus foi preso pela Polícia após reclamações dos vizinhos de que estaria havendo uma briga na rua.

O caso foi registrado na cidade de Gastonia, na Carolina do Norte (EUA) e chamou a atenção pela truculência dos policiais, além é claro do fato de que Ronnie e Anissa Gardin estavam cantando em sua residência.

A polícia algemou o casal na frente dos três filhos e os levou para a delegacia para que o caso fosse averiguado. No final, Ronnie e Anissa registraram uma queixa contra o Departamento de Polícia por conta da postura dos policiais.

“Se alguém tivesse relatado talvez que a música estava alta até faria sentido, mas nesse caso não havia ninguém brigando”, disse Anissa à WSOC-TV. Ela e o marido fazem parte da equipe de louvor da igreja que frequentam e têm o hábito de cantar músicas cristãs todas as noites com os filhos.

Durante a abordagem, os policiais chamaram o casal para fora da residência para questionar se estaria havendo uma briga, e quando pediram os documentos de um dos filhos, Ronnie pediu que o menino voltasse para dentro da casa.

“Quando eu disse isso, dois deles, como se fossem um, caminharam até a varanda, me agarraram, e me bateram no chão”, relatou Ronnie.

A confusão com os policiais e necessidade de prestar depoimentos na delegacia resultaram na demissão de Anissa de seu emprego, enquanto que Ronnie relata ter levado quatro meses para conseguir que as acusações contra sua família fossem retiradas.

Agora, o Departamento de Polícia diz que os investigadores da corregedoria estão apurando a conduta dos policiais durante o episódio e que após a conclusão dos trabalhos uma decisão será tomada a respeito.

Fonte: Gospel +

Thalles planeja carreira internacional e diz: “Não concordo ser chamado de cantor religioso”

thalles-robertoO cantor Thalles Roberto disse que sua música não é restrita ao público evangélico, apesar de sua fé cristã, e que por isso não pode ser definido como um artista gospel. A afirmação aconteceu durante o lançamento de seu CD mais recente, “ID3”, que será distribuído pelo selo gospel da gravadora multinacional Universal Music.

A parceria com a Universal Music e a repercussão que seus trabalhos anteriores alcançaram foram do Brasil, em especial na América Latina e Estados Unidos, propiciou ao cantor um contrato internacional com o selo Motown, conhecido por lançar artistas de música negra americana como Marvin Gaye, Stevie Wonder e Michael Jackson.

“Sou evangélico, levo trechos da Bíblia para minhas letras, mas não concordo em ser chamado de cantor religioso. Minha música não é restrita para um público apenas. Quero atingir o maior número de pessoas possível”, afirmou Thalles, segundo informações do portal R7.

Thalles afirmou que sua expansão para além do meio gospel é uma estratégia para que o conteúdo que ele canta chegue em mais lugares: “Minha mensagem é pensada para ajudar todos – quem está na igreja, no terreiro ou embaixo da ponte. Se a pessoa quer melhorar, é com ela que estou falando. Canto a palavra de um Deus que é de todos, não só dos evangélicos. Deus não tem dono”, pontuou.

Para viabilizar uma carreira fora das fronteiras evangélicas, o cantor presencia o público fumando e bebendo, e como um ex-viciado em drogas, diz não se incomodar com o que vê: “Sempre fui muito claro sobre minha relação com as drogas. Nunca escondi nada. Já contei em livro como cheguei ao fundo do poço. Mas não me arrependo de nada e nem julgo as pessoas. Minha música é feita para ajudar quem quer se libertar dos vícios e do mal. Cada um que interprete e utilize a mensagem como quiser”, concluiu.

Fonte: Gospel +

Jogadores do Santos se preparam para jogo ouvindo a música “Grandes Coisas”, de Fernandinho; Assista

robinho-santosUm vídeo de bastidores da preparação do time do Santos Futebol Clube para uma partida do Campeonato Brasileiro está repercutindo nas redes sociais entre internautas evangélicos por causa da música “Grandes Coisas”, do cantor Fernandinho.

No vestiário do clube, os jogadores ouviam a canção enquanto se preparavam para enfrentar o Figueirense, na Vila Belmiro. O atacante Robinho, que seria evangélico, diz para a câmera: “O DJ é top!”. Nessa partida, o clube santista venceu por 3×1.

“’Tu És o Deus dessa terra’. Vai! ‘Tu És o rei desse povo, És o Senhor da nação. Tu És’”, canta o jogador, que está emprestado ao Santos pelo Milan até o meio de 2015.

A música continua tocando no vestiário, e o vídeo mostra vários jogadores do elenco santista refletindo sobre a mensagem da letra e cantando.

Um grito de “Eu creio” surge ao fundo, e a câmera vira e mostra o atacante Gabriel, considerado revelação do clube, cantando: “Grandes coisas estão por vir, grandes coisas vão acontecer neste lugar. Tu És o Deus dessa terra, Tu És o Deus desse povo”.

Assista no vídeo abaixo (a música surge a partir dos 54 segundos de vídeo):

Evangélicos

O Santos já foi assunto no meio evangélico por causa de seus atletas cristãos em outras oportunidades.

Entre 2008 e 2010 o jogador Roberto Brum, evangélico, protagonizou entrevistas coletivas inusitadas e divertidas, sempre falando de sua fé em meio aos assuntos do clube e das partidas que seriam disputadas. Atualmente, aposentado como jogador profissional, Brum é pastor e treinador de futebol.

Outro jogador que passou pelo clube e sempre reitera sua fé cristã é Neymar, atualmente no Barcelona. O atacante sempre faz referências e agradecimentos a Deus em suas entrevistas, comemorações e redes sociais.

Quando começou a fazer sucesso, um pastor revelou que Deus o havia usado anos antes para profetizar o sucesso profissional em sua carreira.

Fonte: Gospel +

Música gospel embala Seleção feminina de basquete

musica-gospel-embala-selecao-feminina-basquete-240x150Clarissa, a pivô do time, gosta de ouvir as canções do Pregador Luo.

As jogadoras de basquete da Seleção Brasileira levaram para a Turquia, onde disputarão o Mundial, algumas de suas canções favoritas. Na playlist das atletas é possível encontrar canções de todos os gêneros, incluindo músicas evangélicas.

Uma das fãs de música gospel é a pivô Clarissa, que antes de iniciar os aquecimentos em São José dos Campos ouvia em seu aparelho reprodutor de MP3 canções evangélicas.

“Gosto das músicas do Pregador Luo (rapper gospel). Ele faz muita música para o UFC. Faz músicas de motivação, contando as histórias também dos lutadores. Para aquecer, dá aquela energia boa. Mas às vezes, no mesmo aquecimento, estou escutando uma música mais tranquila”, disse ela para o Globo Esporte.

Clarissa gosta tanto de ouvir músicas que passa muitas horas do dia com o fone dos ouvidos. “Tem dia que estou ouvindo só uma música. Escuto ela umas 300 vezes. Tem dia que escuto o CD todo 200 vezes.”

Já Joice é mais eclética, além do gospel ela ouve black music, funk, pagode e samba. A música ajuda as jovens a se concentrarem e a manterem o desempenho dentro da quadra.

Fonte: Gospel Prime

Música gospel que Michelle Williams gravou com Beyoncé faz sucesso em clubes gays

Michelle-Williams-musica-gospelA cantora gospel norte americana Michelle Williams gravou recentemente uma música com suas ex-companheiras de palco Kelly Rowland e Beyoncé, uma das artistas mais famosas da música pop. Intitulada “Say Yes” (em português: [Quando Jesus] Diz Sim), a música tem feito muito sucesso em todo o mundo.

Porém, a canção gospel caiu também no gosto de um público que não é exatamente o público habitual de Williams, e está sendo muito tocada em clubes gays. Porém, a cantora afirma não se incomodar com o ambiente onde sua música é tocada.

– Recebo todos os tipos de mensagens dizendo, ‘eles só tocam ‘Say Yes’ nos clubes’. Clubes gays tem tocado ‘Say Yes’ e eu não estou brava com isso – relatou Michelle Williams em entrevista ao The Breakfast Club.

A cantora se defendeu também de críticas que afirmam que seu novo álbum de música cristã não se encaixa na categoria de música gospel, e disse que busca encorajar as pessoas a terem um relacionamento melhor com Deus.

– A música gospel deveria soar como? Será que ela tem que ter um padrão? Acho que a mensagem da música é o evangelho, não necessariamente o som – afirmou a cantora.

– Eu só quero incentivar as pessoas a fazerem o que Deus as chamou para fazer, não importa o que isso pareça para os outros. Entenda a vontade de Deus, ele pode até mesmo encarar tudo ao contrário de como você se sente ou para onde acha que deve ir – disse Williams para o The Blaze TV, em maio.

Michelle Williams falou também sobre sua decisão de utilizar sua fama para falar sobre o evangelho ao grande público.

– Eu comecei a perceber que, mesmo com a minha plataforma Destiny’s Child, minha vocação individual é o evangelismo, mas não com a forma tradicional, em um púlpito. Falo a palavra de Deus através da minha música e também por outros tipos de oportunidade, como no teatro, e outras coisas que eu faço, apenas para ser luz – detalhou a cantora, que também deu conselhos para as pessoas que têm por objetivo usar a arte para pregar o evangelho.

– Eu diria que eles realmente devem orar, e Deus vai dar a mensagem que ele quer que você compartilhe. Nunca é tarde demais. Deus pode transformar algumas coisas ao seu redor – finalizou Michelle Williams.

Fonte: Gospel +

Pastor Marco Feliciano grava CD de música sertaneja universitária gospel

marco_felciano_saidaO pastor Marco Feliciano (PSC-SP) está gravando um CD de música sertaneja universitária gospel, e interrompeu a produção do álbum para se dedicar à campanha pela reeleição a deputado federal.

A informação do adiamento foi divulgada pela jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo: “O deputado Marco Feliciano, que também é cantor, adiou a gravação do seu próximo álbum, de ‘sertanejo universitário gospel’, para depois das eleições. O trabalho se chamará ‘Estou de Pé’. Diz o refrão da música principal: ‘Quem contou o fim dos meus dias, avisa que eu estou de pé’”, escreveu Mônica.

A letra da música fala de alguém que passou por momentos de dificuldades e conviveu com a falta de ajuda e com especulações sobre uma derrota, e se encaixa ao discurso adotado pelo pastor quando superou o momento de críticas mais intensas à frente da Comissão dos Direitos Humanos e Minorias (CDHM).

Diferentemente dos demais álbuns do pastor Marco Feliciano, o CD “Estou de Pé” está sendo gravado em dupla com Roberto Marinho, seu assessor parlamentar nos últimos anos e agora candidato a deputado estadual pelo PSC em São Paulo.

De acordo com informações da TV Folha, o primeiro disco de Marco Feliciano em dupla com Roberto Marinho vem sendo produzido num estúdio em Osasco, cidade da Região Metropolitana de São Paulo, sob direção do também pastor e cantor Wesley Ros.

A música que inspirou o título do novo álbum de Marco Feliciano já foi gravada pela conhecida cantora pentecostal Rose Nascimento. Nas redes sociais, a canção esteve no centro de comparações à polêmica “Sabor de Mel”, interpretada pela cantora Damares e criticada pelo teor vingativo de sua mensagem.

Ouça a versão de Rose Nascimento para a música que inspira o título do primeiro álbum sertanejo do pastor Marco Feliciano em dupla com Roberto Marinho:

Fonte: Gospel +

McDonald’s organiza turnê com artistas gospel e arrecada US$ 108 mil para cuidar de crianças doentes

ronald-mcdonald-instituto-e1410194523697A campanha “McDonald’s Inspiration Celebration Gospel Tour”, organizada pela mundialmente famosa rede defast food, arrecadou mais de 108 mil dólares que serão revertidos para entidades que atuam no amparo a crianças doentes.

O projeto com artistas de música gospel reuniu diversos cantores conhecidos nos Estados Unidos, como Erica Campbell, Anthony Brown, Kurt Carr, Moisés Tyson Jr., Uncle Reece, e outros.

A turnê de shows com os artistas começou em maio deste ano e percorreu 12 cidades do país. No ano passado, a mesma iniciativa da rede de fast food em parceria com os artistas conseguiu arrecadar mais de 83 mil dólares.

O valor alcançado em 2014 estabelece um novo recorde na iniciativa, e o total será destinado ao Instituto Ronald McDonald, que distribui os valores para entidades de diversos países que atuam no cuidado de crianças doentes e em fase terminal.

Segundo informações do Christian Post, a proposta da “Tour Gospel” é tornar a iniciativa do Instituto conhecida também no meio cristão, e envolver as igrejas e fiéis no esforço de amenizar as dificuldades financeiras das famílias que precisam lidar com as crianças doentes.

Veja fotos da turnê:

anthony-brown_therapy-_tour-gospel-mc-donalds1

erica-campbell-tour-gospel-mcdonalds2

kurt-carr_mc-donalds3

mama-mosie-burks-mcdonalds-gospel-tour5

Fonte: Gospel +

 

 

Conferência Origem debaterá o propósito da Criação e o resgate do princípio de amor ao próximo; Participe!

origemA Conferência Origem será realizada nos dias 24 e 25 de outubro próximo, em Curitiba (PR) com o tema “O Mais Importante”.

A proposta da conferência é debater o propósito da Criação e compreender o principio estabelecido por Deus ao criar a vida, ressaltando os principais mandamentos bíblicos.

Algumas das ferramentas apontadas pelos organizadores para essa volta às origens são o princípio de amor a Deus e ao próximo como a si mesmo, e o poder transformador da prática desse princípio.

“Ninguém melhor do que o próprio Criador para saber o propósito de Sua criação. Por isso, a Conferência Origem chega à sua primeira edição no ano de 2014, com a proposta de resgatar os valores e princípios originais de Deus para essa geração”, resume a nota de divulgação.

A organização do evento é feita por integrantes de diversos ministérios, e nessa primeira edição contará com a presença dos convidados Teófilo Hayashi (Dunamis), Leandro Barreto (Poiema), Andréa Vargas (Avalanche) e Paulo Subirá (Alcance).

“Origem é uma conferência interdenominacional, ou seja, não está vinculada a uma placa de igreja, antes visa reunir as várias partes do corpo de Cristo num único propósito. Este ano nosso tema será ‘O Mais Importante’, fazendo uma reflexão sobre aquilo que Jesus define como o maior mandamento: amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos (Mt 22:36-37)”, destacam os organizadores do evento.

O cantor Rodolfo Abrantes e a banda Salzband já estão com presença confirmada pela organização do evento. Os ingressos custam R$ 45,00 e as inscrições podem ser feitas pelo site oficial: conferenciaorigem.com.br.

Para curtir e compartilhar as informações sobre a Conferência Origem, acesse as redes sociais:
facebook.com/conferenciaorigem
instagram.com/conferenciaorigem
twitter.com/conferencorigem

1ª Conferência Origem

24 e 25 de Outubro de 2014
Comunidade Alcance de Curitiba
Rua Mato Grosso, 1123 – Água Verde
Curitiba (PR)
R$ 45,00 (incluso almoço de sábado)

Fonte: Gospel +

Coral gospel participa do novo CD de Madonna

MadonnaA cantora divulgou um trecho da gravação nas redes sociais.

Um coral gospel de Londres participou da gravação de uma música nova da cantora Madonna. Um trecho da canção foi divulgado pelo Instagram oficial da artista que elogiou a performance dos coristas.

“O coral gospel de Londres faz a minha nova música ficar encantadora. #Livingforlove”, disse ela que está em estúdio preparando um álbum inédito.

Essa não é a primeira vez que Madonna grava com um coral gospel, em 1989 a música “Like A Prayer” teve a participação de um coral gospel de Los Angeles. A canção se tornou um grande sucesso.

O novo trabalho de Madonna não tem título, nem data definido. A letra de “Living for Love” também não foi divulgada.

Vale lembrar que a cantora é adepta da Cabala, uma crença mística judaica que mistura ensinamentos relacionados com Deus, o universo, o homem, a criação do mundo, a vida e a morte. A base mística esotérica é fundamentada nas revelações de Deus a Adão e Moisés contida nos primeiros livros da Bíblia e na Torá.

Madonna tem a Cabala como filosofia de vida, com as práticas espirituais ela busca evolução e paz espiritual.

Fonte: Gospel Prime

Me comunico com Deus através da música, afirma Ludmila Ferber

ludmilaEm entrevista ao canal da Som Livre ela falou sobre o processo de composição de suas músicas

A pastora Ludmila Ferber, que agora pertence à Igreja Batista da Lagoinha em Niterói (RJ), é uma das principais ministras de louvor do país.

Seu ministério iniciado em 1996 com o lançamento do 1º CD “Marcas” conta hoje com mais de 20 álbuns gravados, incluindo um disco infantil. Ludmila também escreveu um livro “Nunca Pare de Lutar” e foi uma das primeiras interpretes da música gospel a firmar contrato com a Som Livre.

Ludmila se tornou evangélica em meados da década de 70 quando seu pai foi curado de um câncer no estomago. Em entrevista ao canal “Você Adora”, da Som Livre, ela comentou um pouco sobre sua trajetória, falando do talento musical que herdou da família de sua mãe.

“A música sempre foi um elemento muito forte na minha vida, na minha história. Eu venho de uma família, por parte de mãe, o meu avô tocava guitarra portuguesa, minha mãe estudou piano e canto”, disse Ludmila.

A pastora também comentou sobre suas composições, que foram gravadas por ela e por outros cantores evangélicos. “A música é o veículo pelo qual eu me comunico com Deus na hora da minha dor, na hora dos meus questionamentos, na hora da minha alegria, na hora das minhas vitórias, das minhas conquistas e na hora das minhas derrotas e fracassos”, afirmou.

É pela música que ela ouve a voz de Deus. “Muitas dessas canções, como ‘Os Sonhos de Deus’, Deus cantou pra mim”, explicou Ludmila que lembrou o dia em que recebeu a letra que mais tarde se tornou um de seus maiores sucessos.

Assista:

Fonte: Gospel Prime