Arquivo da tag: jesus

5 Maneiras de abençoar o seu local de trabalho

5ManeirasDeAbencoarOSeuLocalDeTrabalhoAntes de trabalhar no meu emprego atual, eu fui um cozinheiro por cinco anos em um restaurante italiano. Se você já trabalhou na indústria dos restaurantes, você sabe que ela pode atrair uma interessante e diversa multidão de funcionários. Durante esse tempo, eu me tornei um cristão. Eu nunca pensei que pudesse estar em uma atmosfera profissional mais desafiadora para compartilhar e viver a minha fé. Embora meu emprego atual seja muito diferente do restaurante (eu trabalho em uma empresa enorme), eu encontrei um conjunto inteiramente novo de desafios para viver minha fé no trabalho. A verdade é que sempre há desafios em carregar a mensagem do evangelho em um mundo decaído, independente do contexto.

O mundo corporativo apresenta uma capa singular de profissionalismo, ética e propriedade. Mas na realidade, a essência do dia-a-dia em um trabalho corporativo pode ser bastante desafiadora. Há milhares de enigmas morais que surgem em um escritório. Encaramos tentações de fofocar e nos juntarmos a conversas maliciosas quando outros não estão presentes. Muitos encaram dificuldades com o sexo oposto. O desafio dos cristãos é representar bem o evangelho em qualquer emprego.

Então como representamos bem a Jesus no local de trabalho? Eis aqui cinco maneiras de agraciar seu local de trabalho.

1. Seja corajoso, mas inteligente. Considere a coragem de Paulo diante de Félix em Atos 24 ou as palavras de Jesus sobre ser trazidos diante de governantes e reis em Mateus 10. Mesmo que estejamos trabalhando, nunca estamos isentos do chamado em nossas vidas de valorizá-lo. Contudo, devemos ser inteligentes e sempre lembrar de passagens como 1 Pedro 2.13: “Sujeitai-vos a toda instituição humana por causa do Senhor”. No trabalho, estamos sujeitos aos nossos chefes e ao líder ou líderes da empresa. Então seja corajoso, mas lembre-se sempre de onde você está.

2. Assuma riscos. Eu sei que este ponto, de alguma maneira, contradiz o anterior; mas a vida cristã repousa nessa tensão entre o risco e a prudência. Dê passos em amizades profissionais para falar de Jesus. Eu sou um evangelista relacional, o que significa que eu gosto de estabelecer algum tipo de amizade e depois falar de Jesus. Eu raramente sou aquele cara que diz: “posso te apresentar Jesus?” Minha tentação é a de nunca, de fato, falar de Jesus ou de fazê-lo de maneiras abrandadas. Arrisque uma amizade, arrisque uma promoção, arrisque “não se encaixar”, ou até mesmo arrisque o seu emprego se Deus o chamar para fazer tal sacrifício. É claro que não queremos ser temerários só por ser temerário.

3. Ore por seus inimigos. Transforme em um hábito orar pelas pessoas que parecem não gostar de você, com quem você não se dá muito bem, ou que sempre parecem ter algo sarcástico a dizer a seu respeito. Isso é incrivelmente difícil, e é por isso que você precisa depender do Espírito. Você também descobrirá que Deus ministra a você até enquanto você ora. Ore por eles, por suas famílias, por seus filhos. E o mais importante, ore por seu relacionamento com Jesus.

4. Use seu(s) dom(ns). Eu sou do tipo mestre/pastor. Eu normalmente entro em um modo de ensino ou pastoral em algum ponto durante meus encontros de fé com meus colegas de trabalho. A igreja ainda é a igreja, tanto reunida quanto espalhada. Enquanto estamos no trabalho nós continuamos sendo parte da igreja espalhada, e na igreja somos chamados a usar nossos dons para edificar o corpo. Ore a respeito disso e encontre uma maneira de usar seu(s) dom(ns). Comece um estudo bíblico; comece um grupo de oração; anote os pedidos de oração das pessoas e ore por elas; dê de seu tempo, seus talentos ou tesouros para aqueles que precisam. Faça o que for necessário para ser um ministro reconciliador do evangelho (2Co 5.18-20).

5. Trabalhe duro. Seja pontual, se preocupe com seu trabalho, siga as regras, seja produtivo e ajude os outros. É claro que incrédulos também podem ser bons funcionários. O que nos torna diferentes é realmente capturado nos códigos familiares de muitas das epístolas. “Servos, sede submissos, com todo o temor ao vosso senhor, não somente se for bom e cordato, mas também ao perverso” (1Pe 2.18). Nós devemos ser aquele “bom” funcionário independente de para quem trabalhamos, quais sejam as condições e/ou se gostamos ou não do emprego. Ao partilhar desses sofrimentos de Cristo, por mais leves que sejam, podemos valorizar a Cristo ao trabalharmos duro com integridade. Nunca deixe a preguiça ou os resmungos serem seu cartão de visita.

Que Deus nos abençoe enquanto buscamos servir e valorizar a Cristo em todas as áreas das nossas vidas!

“Aos quais Deus quis dar a conhecer qual seja a riqueza da glória deste mistério entre os gentios, isto é, Cristo em vós, a esperança da glória; o qual nós anunciamos, advertindo a todo homem e ensinando a todo homem em toda a sabedoria, a fim de que apresentemos todo homem perfeito em Cristo; para isso é que eu também me afadigo, esforçando-me o mais possível, segundo a sua eficácia que opera eficientemente em mim” (Cl 1.27-29).

Nota do editor: Este artigo foi publicado originalmente no Gospel-Centered Discipleship.

Por: Nick Abraham; Original: 5 Ways to Bless Your Workplace; Copyright © The Gospel Coalition; Website: TheGospelCoalition.org.

Tradução: Alan Cristie; Original: 5 Maneiras de Abençoar o  Seu Local de Trabalho; Copyright © Voltemos ao Evangelho; Website: VoltemosAoEvangelho.com.

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

Fonte: Voltemos ao Evangelho

 

Anúncios

Exemplar de 1.700 anos da Bíblia não possui fala de Jesus sobre “atirar a primeira pedra”

biblia-1700-anosUm manuscrito da Bíblia Sagrada datado do século IV escrito em grego foi apresentado pela Biblioteca Apostólica Vaticana e mostra diferenças significantes em relação a dois evangelhos.

O exemplar, considerado um dos mais importantes e antigos exemplares da Bíblia cristã, não tem trechos de discursos de Jesus presentes em outras versões, o que suscitou a especulação de que tais falas tenham sido inseridas posteriormente. Uma versão digital do manuscrito foi disponibilizada online.

A primeira ausência é verificada no livro de Marcos, quando Jesus ressuscitado teria dito aos discípulos para espalharem a mensagem do Evangelho por todo o mundo.

“E disse-lhes: “Vão pelo mundo todo e preguem o evangelho a todas as pessoas. Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado. Estes sinais acompanharão os que crerem: em meu nome expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se beberem algum veneno mortal, não lhes fará mal nenhum; imporão as mãos sobre os doentes, e estes ficarão curados”. Marcos 16:15-18.

O segundo trecho em que há diferenças substanciais em relação à Bíblia Sagrada como conhecemos está no livro de João, no capítulo 8. No manuscrito em grego não há a reflexão proposta por Jesus aos acusadores: “Se algum de vocês estiver sem pecado, seja o primeiro a atirar pedra nela”. João 8:7.

De acordo com informações do jornalista Reinaldo José Lopes, da Folha de S. Paulo, existem outros trechos do manuscrito que são diferentes ou não existem se comparados com as Bíblias mais atuais.

 “Isso levou muitos especialistas a postular que o atual final de Marcos é uma “versão estendida” inserida por um autor que viveu depois do evangelista. E, no Evangelho de João, a famosa cena da adúltera e do “atire a primeira pedra quem não tiver pecado” também não consta desse manuscrito, o que também indicaria que esse trecho não foi escrito por João”, opinou Lopes.

Porém, não há informações concretas sobre o local em que o manuscrito foi escrito, embora existam indícios que apontam para o Egito. Também não existem provas de que o texto no manuscrito é um compilado fiel às demais Bíblias da época em que foi confeccionado, há aproximadamente 1.700 anos.

Fonte: Gospel +

Motorista cristão é demitido por colocar o nome de Jesus como seu auxiliar em formulários

caminhoneiro-ramiro-olivarez-jesus-co-piloto-e1424352789836Uma declaração de fé rendeu uma demissão e uma acusação de falsificação de documentos para um motorista do estado do Texas (EUA).

Ramiro Olivarez, caminhoneiro há anos, perdeu o emprego porque inscreveu Jesus Cristo como seu co-piloto. O preenchimento de documentações a cada viagem, com informações sobre as horas trabalhadas, o motorista auxiliar e outros detalhes é obrigatório por lei no país.

A empresa para quem Ramiro trabalhava o acusou de “falsificação de documentos” porque apesar de não levar ninguém como motorista auxiliar, ele inseriu o nome “Jesus” no espaço destinado aos co-pilotos.

“Jesus é o meu co-piloto, e essa é a minha crença. Ele é comigo. Jesus é o meu co-piloto, e eu não tenho nenhuma vergonha nisso”, afirmou Ramiro, que reiterou que sempre inseria o nome de Jesus na papelada.

De acordo com informações do Christian Today, Ramiro foi demitido no final de janeiro, e na carta a empresa alegava que o motivo da decisão era o hábito do motorista de “apresentar documentação incompleta e documentos legais falsificados”, pois colocar o Filho de Deus como auxiliar era uma “violação da lei”.

No entanto, Ramiro argumenta que, em todo o tempo que trabalhou pela companhia, nunca foi solicitado pelos patrões que parasse de usar o nome de Jesus nos formulários.

A reação do motorista ao episódio foi convidar outros cristãos que atuam na profissão para seguir seu exemplo: “Encorajo fortemente que você coloque Jesus como seu co-piloto. Vamos tomar uma posição”, incentivou Ramiro, em protesto à sua demissão.

Fonte: Gospel +

[Devocionais Diários] – O Joio e o Trigo

devocionais diários

“Jesus lhes contou outra parábola, dizendo: ‘O Reino dos céus é como um homem que semeou boa semente em seu campo. Mas enquanto todos dormiam, veio o seu inimigo e semeou o joio no meio do trigo […]'” (Mateus 13:24-25)

Jesus contou uma história conhecida como a parábola do joio e do trigo. Nessa história, ele falou de um fazendeiro que plantou uma seara de trigo. Durante a noite, um inimigo seu (talvez até um concorrente) veio e semeou joio, que é espécie de erva daninha, no meio do trigo.
O joio que Jesus descreveu nessa parábola também é conhecido em alguns lugares como “falso trigo” [nome científico: Lolium temulentum], e é quase igual em aparência ao trigo nas primeiras etapas de crescimento. Depois que cresce um pouco mais, contudo, torna-se evidente que é uma erva daninha, que até sufoca o trigo.
Um dos trabalhadores do fazendeiro perguntou-lhe: “Vamos arrancar o joio?” E ele respondeu: “Não, assim você vai machucar o trigo. Vamos deixar crescer os dois até a colheita. Aí eu direi aos ceifadores que separem o joio e o queimem e que ponham o trigo no celeiro”.
Jesus contou essa história para mostrar que há na igreja pessoas infiltradas em nossas fileiras. Embora haja trigo, também há joio. Não sabemos necessariamente quem é quem. Encontram-se os dois sentados lado a lado nos bancos nos cultos, respirando o mesmo ar e cantando os mesmos hinos. Um pode ser crente e o outro descrente. Um pode ser trigo e o outro joio.
Sempre teremos pessoas infiltradas em nossas fileiras, os Ananias e as Safiras e os Judas Iscariotes – plantas satânicas que minam a Palavra de Deus. Mas não é trabalho nosso arrancar essas pessoas. Não vemos o coração de ninguém. Não é da nossa conta quem sejam os hipócritas. Mas sim, que não sejamos nós mesmos hipócritas. Nosso trabalho é cuidar de nós mesmos, atentar e garantir que sejamos crentes fiéis.

Papa Francisco pede a fiéis que orem para que Deus una os cristãos: “O diabo é o pai das divisões”

Papa-francisco-e1424092008160O papa Francisco voltou a falar sobre seu desejo de ver as diferentes tradições cristãs unidas em prol do Evangelho, e disse que as divisões são arquitetadas pelo diabo.

“Nós temos que orar para que o Espírito Santo nos una. Jesus queria a unidade de todos. O diabo é o pai das divisões, sempre divide, sempre faz guerras, faz muito mal”, afirmou o pontífice, de acordo com informações da agência EFE.

Antes de sua nomeação como papa, o cardeal Jorge Mario Bergoglio ficou conhecido em Buenos Aires, capital argentina, por seu bom diálogo com líderes evangélicos. Em alguns eventos, aceitou receber orações de pastores, num gesto simbólico de sua crença de que, apesar das diferenças, os cristãos católicos e evangélicos seguem ao mesmo Deus.

“[No coração de Cristo] se encontra desejo de unidade dos seus discípulos pertencentes a esta sede. O encontramos expresso na oração elevada ao Pai antes da Paixão. Porque nós todos somos um”, acrescentou Francisco.

Adiante, o papa voltou a pedir que os fiéis continuem intercedendo e se comprometendo com “a plena unidade dos discípulos de Cristo, sabendo que Ele está conosco e nos apoia com a força de seu Espírito, e que este objetivo está se aproximando”.

A união de cristãos católicos, protestantes, ortodoxos e coptas, entre outras tradições menores, é um objetivo que o papa frisa constantemente. Há um ano, Francisco gravou uma mensagem em vídeo para um congresso pentecostal nos Estados Unidos, organizado pelo pastor Kenneth Copeland.

Durante os cerca de cinco minutos da mensagem, o Francisco disse que tem fé de que Deus conclua bem o “processo de unificação das Igrejas cristãs”, pois nunca tinha visto Ele “iniciar um milagre que não concluísse bem”.

Fonte: Gospel +

Com boa audiência, Record anuncia encerramento da minissérie bíblica Milagres de Jesus

record-milagres-de-jesusA TV Record está exibindo neste mês a última temporada da minissérie bíblica Milagres de Jesus. O último episódio irá ao ar no próximo dia 24 de fevereiro, com os acontecimentos que culminaram na crucificação.

A estreia dessa temporada aconteceu no dia 02 de fevereiro, com a exibição do episódio “O Endemoniado de Cafarnaum”, cujo personagem principal foi interpretado por Ângelo Paes Leme.

Para o ator, o tema da minissérie permite explorar artisticamente certas características do comportamento humano: “São histórias que comovem a gente, pois mostram como o homem se sente diante do mundo. É deslumbrante poder investigar a alma humana. Neste trabalho, temos um jogo de dilemas, como o amor de pai para filha, ambição, ira, traição e inveja”, comentou ao portal R7.

Milagres de Jesus adotou uma estratégia diferente das demais produções que contam histórias bíblicas e mostrou as histórias do Filho de Deus operando milagres a partir da visão de quem recebia a benção. Dessa forma, em nenhum momento o rosto de Jesus foi mostrado na série.

Dirigida por João Camargo, a minissérie terá, ao total, 35 episódios, relatando a maior parte dos milagres operados por Jesus em seu ministério. A audiência média dos episódios vem ficando na casa dos 9 pontos, garantindo o segundo lugar para a Record.

Jornalistas especializados em teledramaturgia elogiaram a produção e a qualidade da minissérie em relação a cenários, iluminação, maquiagem, figurino e fotografia. O elenco de atores, que contou com Luciano Szafir, Gisele Itié, Cássio Scapin (conhecido pelo papel do Nino, no Castelo Rá-Tim-Bum), Caio Junqueira e Iran Malfitano estiveram no elenco, que ao todo, somou cerca de 400 atores.

A minissérie segue um modelo muito comum a seriados internacionais, apresentando um milagre de Jesus por semana, e construindo ao longo dos episódios os pontos em comum entre cada um dos agraciados: a fé. A Record veicula a série de segunda a quinta-feira, às 22h30.

Fonte: Gospel +

“Carnaval, desculpe, mas escolho Jesus”, diz Andressa Urach após assinar contrato com a Record

andressa-urach-templo-de-salomaoA modelo e apresentadora Andressa Urach, recentemente convertida e batizada na Igreja Universal do Reino de Deus, decidiu abrir mão do carnaval deste ano e informou aos fãs que havia escolhido Jesus.

“Desculpa carnaval, mas eu escolho Jesus! Uma felicidade que não acaba em 4 dias! Serei eternamente grata!!! Coríntios 17 ‘Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo’. Sem Deus eu cheguei aqui… Com ele vou arrebentar!”, escreveu a modelo na legenda de uma foto publicada em seu perfil no Instagram.

A foto mostra Andressa e o filho em uma sala de cinema para assistir ao filme “Bob Esponja – Um Herói Fora d’Água”.

Em recente entrevista à TV Folha, Andressa Urach afirmou que está redirecionando sua vida: “Não pretendo mais usar nenhum tipo de roupa vulgar. Eu estou me desintoxicando daquela velha Andressa. Ela ainda existe dentro de mim, como se fosse uma droga”, pontuou.

Andressa ficou conhecida por ser vice-campeã do concurso Miss Bumbum, e posteriormente, divulgar seu affair com o jogador português Cristiano Ronaldo. Nesse intervalo, foi contratada pela Rede TV!, e no carnaval passado chegou nua ao Anhembi para desfilar. Na Copa do Mundo, foi à concentração da Seleção de Portugal com os seios à mostra, para gravar uma matéria para a emissora.

Agora, após ficar entre a vida e a morte depois de uma infecção nas pernas por conta da injeção de hidrogel nas coxas, a modelo se converteu ao Evangelho e passou a frequentar a Universal.

Depois de sua recuperação inicial, Andressa pediu demissão da RedeTV! e assinou contrato com a TV Record, emissora do bispo Edir Macedo, de acordo com informações do site O Fuxico. A Universal tem dado destaque ao testemunho de conversão da modelo, e divulgou um vídeo do relato de Andressa aos fiéis em sua visita ao Templo de Salomão.

Fonte: Gospel +

Papa Francisco incentiva oração e diz que falar com Jesus é melhor que novela e fofoca

papa franciscoO papa Francisco aconselhou os fiéis a buscarem a Deus em oração ao invés de gastarem tempo com “fofocas” ou “novelas”.

Durante uma celebração da missa matinal na residência de Santa Marta, no Vaticano, Francisco disse aos presentes que “escutar Jesus” faz bem e traz mais benefícios do que cuidar da vida alheia ou se ater a ficções.

Segundo informações do portal Uol, Francisco usou uma passagem da Bíblia em que Jesus estava no meio de uma multidão, que o ouvia atentamente. O papa destacou que os cristãos devem se manter dessa forma, com “olhos e ouvidos fixos nas palavras de Jesus”.

“Em sua casa, por 15 minutos, pegue o Evangelho, uma passagem curta. Imagine o que aconteceu e fale com Jesus. Dessa forma, seu olhar estará fixo em Jesus, e não nas telenovelas. O seu ouvido estará fixo nas palavras de Jesus, e não nas fofocas dos vizinhos”, orientou o papa.

Francisco ainda criticou os fiéis que dizem que “não tem tempo para isso” e afirmou que as “orações de contemplação” são primordiais para manter um relacionamento de proximidade com Deus.

Incentivo à leitura da Bíblia

Há menos de um ano, Francisco distribuiu livretos dos Evangelhos aos fiéis que compareceram à oração do Ângelus na Praça de São Pedro, e pediu que eles distribuíssem os exemplares a outras pessoas, de forma gratuita.

 “Os recebestes de graça, os distribuí de graça”, disse o papa no dia 06 de abril de 2014. O incentivo à leitura da Bíblia é uma marca que o pontífice quer deixar durante seu tempo à frente da Igreja Católica. “É possível ler o Evangelho através de vários instrumentos tecnológicos. Pode-se levar a bíblia inteira em um telefone celular, em tablet”, disse.

Antes da distribuição dos livretos, o papa havia se encontrado com o presidente da Sociedade Bíblica Americana (SBA), Roy Peterson, e manifestado seu desejo de ver as pessoas lendo a Bíblia Sagrada com mais frequência.

Fonte: Gospel +

Cidade de MG vai erguer estátua de Jesus com dinheiro público

Cristo_redentorSagrado Coração de Itanhomi será 2 metros menor que Cristo Redentor.

A estátua do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, é um dos cartões postais mais conhecidos do Brasil. Mede 30 metros, sendo mais oito metros do pedestal. Pois a pequena cidade mineira de Itanhomi, a 309 km de Belo Horizonte, fará uma estátua de Jesus com 28 metros de altura.

O monumento foi criado pelo artista plástico Evandro di Caetano e ficará sobre um pedestal de três metros no morro do Cruzeiro, o mais alto da cidade. Com apenas 12 mil habitantes, Itanhomi pretende que o local seja um atrativo turístico e centro de peregrinação. Com um custo estimado de R$ 200 mil, a imagem do Sagrado Coração de Jesus terá um peso estimado de 30 toneladas. Ficará em frente à catedral da cidade, que leva o mesmo nome da estátua.

Montada sobre uma estrutura de ferro, moldada à mão em argamassa. Os braços serão de concreto armado e sua estrutura contempla uma escada interna de 72 degraus, tamanho de um prédio de seis andares. No peitoril da estátua, um mirante para cerca de dez pessoas. A pintura colorida, com um manto branco será com tinta epóxi, mais resistente à deterioração.

Estima-se que a obra demorará seis meses de trabalho, com uma equipe de 20 pessoas envolvidas no projeto.

Dinheiro público

A estrutura do entorno já foi completada, incluindo restaurante, lanchonete, estacionamento e os banheiros. A rua que dá acesso ao local foi toda pavimentada. O consultor jurídico da Prefeitura de Itanhomi Leonardo da Gama Lima, conta que algumas empresas da região vão ajudar no investimento, mas a maior parte será com dinheiro público.

“É difícil, a prefeitura tem seus gastos prioritários. Mas esse ano vamos conseguir o dinheiro necessário com os seis deputados (três estaduais e três federais) votados na cidade, que podem fazer emendas parlamentares”, explica Leonardo

“A prefeitura não vai tirar nada do orçamento. Não dá. Vamos entrar somente com a mão-de-obra”, ressalta. Lembra ainda que o projeto foi aprovado pela Câmara de Vereadores há mais de dez anos, mas somente agora será possível executá-lo.

Para a prefeitura é uma “questão de honra a cidade inaugurar o Sagrado Coração de Jesus, o padroeiro da cidade, também este ano. Vamos conseguir, sim. Se Deus quiser”, finaliza. Com informações UOL

Fonte: Gospel Prime

[Devocionais Diários] – O Sacrifício de Louvor

devocionais diários

“Por meio de Jesus, portanto, ofereçamos continuamente a Deus um sacrifício de louvor, que é fruto de lábios que confessam o seu nome.”(Hebreus 13:15)
Há momentos em que não sentimos vontade de louvar a Deus. Mas os crentes do primeiro século sempre sentiam vontade de louvar a Deus? Eles foram perseguidos. Eles foram espancados. Eles foram ridicularizados. E isso tudo foi antes do café da manhã. Todavia, ainda assim eles adoravam ao Senhor.
A Bíblia não diz para dar graças ao Senhor porque você se sente bem. Ao contrário, a Bíblia diz, “Dêem graças ao Senhor porque ele é bom; o seu amor dura para sempre” (Salmo 106:1). A Bíblia também nos diz para oferecer, através de Jesus, um contínuo sacrifício de louvor a Deus, que é fruto de lábios que confessam o seu nome (Hebreus 13:15). Sim, louvor e adoração às vezes podem ser um sacrifício. Há momentos quando estamos para baixo, ou deprimidos, ou quando as coisas não vão lá muito bem; ou, quando ainda, há uma grande dificuldade ou tragédia, nas quais não queremos agradecer a Deus.
Mas o que você acha que Jó sentiu louvando a Deus quando perdeu tudo? Ele perdeu a sua família, a sua casa, as suas posses, a sua saúde – e tudo de uma única vez. Mas o que a Bíblia diz que ele fez? Ele “prostrou-se no chão em adoração” e disse: “Saí nu do ventre da minha mãe, e nu partirei. O Senhor o deu, o Senhor o levou; louvado seja o nome do Senhor” (Jó 1:20-21).
Este sim, é o sacrifício de louvor.
O sacrifício de louvor é também algo que devemos verbalizar. Observe que Hebreus 13:15 diz que oferecer um sacrifício contínuo de louvor a Deus inclui “lábios que confessam o seu nome”. Precisamos verbalizar o nosso louvor a Deus. Não que Deus precise de nossos elogios, mas  – mesmo assim – Ele os quer. E é Ele que nos diz para proclamar o nosso louvor.

Rodrigo Santoro é convidado para interpretar Jesus Cristo: “Responsabilidade do tamanho do mundo”

rodrigo-santoroCotado para interpretar Jesus Cristo na refilmagem do clássico “Ben Hur”, o ator Rodrigo Santoro concedeu entrevista e afirmou que se for confirmado no papel, terá uma enorme responsabilidade sobre si.

“Eu acho que é uma responsabilidade do tamanho do mundo. Literalmente. É um personagem com um arquétipo fortíssimo. É um remake do clássico, então a história não é centrada no Jesus. Mas só a possibilidade de vivenciar e tentar compreender um pouco o que ele passou já é uma experiência”, afirmou Santoro, segundo informações do Adoro Cinema.

O ator disse ainda que foi escolhido para o papel, mas o acerto com os produtores ainda não foi feito pois há a possibilidade de conflito de agenda, devido a outros compromissos profissionais: “Foi feito o convite. O que está acontecendo é que eu já estava contratado para fazer a série Westworld, para a HBO. Então, as duas produções estão num exercício para verificar as questões das datas, para ver se não vai haver conflito. Ainda não tenho uma confirmação sobre isso”, resumiu.

 “Ben Hur” (1959) é tido pelos críticos de cinema como um dos clássicos da sétima arte, e de acordo com a sinopse disponível na Wikipedia, a história “se passa na época de Jesus Cristo, e conta a vida de um judeu rico de grande influência (Judah Ben-Hur), que é traído por seu amigo romano (Messala), e é então escravizado. Ele luta pela liberdade e volta para conseguir a vingança”.

Rodrigo Santoro, que ficou conhecido no Brasil por seus papéis em novelas da TV Globo, iniciou sua carreira em Hollywood há pelo menos 14 anos, e vem colecionando pequenos papéis nas produções do cinema norte-americano. Seu papel de maior destaque foi o rei persa Xerxes, nos filmes “300” e “300: A Ascensão do Império”.

Fonte: Gospel +

Russos são presos por “tentar ressucitar” facínora como Jesus fez com Lázaro

russos-tentam-recussitar-facínora-e1421875820247Dois jovens russos foram presos pela polícia de Moscou após jogarem água benta no mausoléu que abriga o corpo mumificado de Lênin, na Praça Vermelha, aos gritos de “Levanta-te e anda!”. De acordo com um vídeo postado na internet, os jovens passaram pelas barreiras que protegem o mausoléu antes de borrifarem o local com grandes garrafas de água.

O ato aconteceu no dia em que os cristãos ortodoxos celebraram na segunda a Epifania, que marca o batismo de Cristo no rio Jordão, e durante a qual os fieis mergulham simbolicamente nas águas geladas de rios e lagos.

Segundo a OVD, ONG especializada nas prisões de ativistas na Rússia, os jovens responsáveis pelo ato são Evgueni Avilov e Oleg Bassov, membros de um coletivo de artistas, o Blue Rider. Segundo um porta voz da ONG, o objetivo da ação foi “destruir o mito de que Lênin é imortal ao tentar ressuscitá-lo no dia da Epifania, como Jesus ressuscitou Lázaro”.

A exposição do corpo do facínora da Revolução de Outubro na Praça Vermelha divide os russos. A maioria da população é a favor da retirada do corpo de Lênin, mas os comunistas apoiam a manutenção do mausoléu.

Fonte: Gospel +

Ator muçulmano afirma que será “uma honra” interpretar Jesus em nova série do National Geographic

Haaz SleimanO ator muçulmano Haaz Sleiman, que foi escolhido para interpretar Jesus Cristo em “Killing Jesus”, próxima série de TV produzida pelo canal National Geographic, comentou recentemente sobre sua escolha para o papel. O ator afirmou ser uma honra para ele, como muçulmano, interpretar a figura central do Cristianismo.

Sleiman irá viver Jesus na série “Killing Jesus”, produção baseada no livro de Bill O’Reilly e Martin Dugard, que mostra os acontecimentos políticos que levaram à morte de Cristo.

Em entrevista ao TheWrap, Sleiman afirmou que sua fé não o exclui de interpretar figura central do cristianismo, e que as duas religiões não são tão diferentes quanto parecem.

– No islã acreditamos em Jesus como um profeta, e o honra muito. Os islâmicos o respeitam e seguem seus ensinamentos. Então, para mim, como alguém que foi criado muçulmano, é uma honra interpretar Jesus, por causa disso – destacou o ator.

– Ele está ao lado do Profeta Maomé, embora muita gente não saiba. (…) Minha vida foi fortemente influenciada por seus ensinamentos – completou.

O ator comentou ainda sobre os cristãos que estão questionando a escolha de um muçulmano para interpretar o papel de Jesus, e afirma que o próprio Jesus não faria este tipo de julgamento de valor em relação à sua religião.

– Eu não posso falar por Jesus, mas posso citar seus ensinamentos. Ele disse: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’ Como ele reagiria ao me ver interpretando sua vida? Ele não iria me julgar. Eu [um muçulmano] poder vivê-lo na tela destaca seus ensinamentos de uma forma muito agradável – afirmou Sleiman.

Fonte: Gospel +

[Devocionais Diários] –Poder Para Mudar o Mundo

devocionais diários

“Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judeia e Samaria, e até os confins da terra”. (Atos 1:8)
Existem pessoas hoje em dia que vivem estudando as profecias na tentativa de descobrir a data do retorno de Jesus. Outras anunciam a descoberta de códigos secretos na Bíblia, os quais ninguém até então havia percebido.
Como estudioso das profecias bíblicas, acredito estar vendo os sinais dos tempos acontecerem e profecias bíblicas serem cumpridas bem diante dos meus olhos. Mas, como Jesus disse: “Quanto ao dia e à hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão somente o Pai” (Mateus 24:36).
Então, ao invés de nos focarmos na data em que Jesus vai voltar, devemos nos concentrar no que fazemos enquanto aguardamos o seu retorno. Antes de Sua ascensão, Jesus deu suas ordens para a igreja:
“Portanto, ide e fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo ensinando a esses novos discípulos a obedecer a todos os mandamentos que eu te dei e tenha certeza disso: Estou sempre com vocês, até o fim dos tempos.” (Mateus 28:19-20)
Os apóstolos não estavam prontos de modo algum para tal tarefa. Como eles poderiam “fazer discípulos de todas as nações”? Eles iriam fazê-lo com um poder que jamais haviam conhecido antes: o poder de mudar o mundo.
Jesus lhes disse: “Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judeia e Samaria, e até os confins da terra.” (Atos 1:8).
Esse mesmo poder está disponível para nós hoje: poder de compartilhar a nossa fé. Poder de fazer o que Deus nos chamou para fazer. Poder de mudar o nosso mundo.

[Devocionais Diários] –Fé baseada em Fatos

devocionais diários

“[…] depois de ter dado instruções por meio do Espírito Santo aos apóstolos que havia escolhido, depois do seu sofrimento, Jesus apresentou-se a eles e deu-lhes muitas provas indiscutíveis de que estava vivo. Apareceu-lhes por um período de quarenta dias falando-lhes acerca do Reino de Deus.” (Atos 1:2-3)
O cristianismo não é um conjunto de crenças de autoajuda que lhe pede para aceitar contos de fadas equivocados. Ele é baseado em evidências confiáveis e documentadas da vida, morte e ressurreição de Jesus Cristo, justificando assim as afirmações e promessas dEle próprio. Foi concedido como um elemento de fé que é necessário para crer, mas é baseado em fatos claros.
No entanto, voltando para os primeiros séculos, houve quem dissesse que Jesus nunca ressuscitou dos mortos. Alguns disseram que foi uma brincadeira, enquanto outros disseram que os discípulos estavam apenas tendo alucinações. Mas Lucas, escrevendo sobre o que viu, disse que Jesus “[…] apresentou-se a eles e deu-lhes muitas provas indiscutíveis de que estava vivo. Apareceu-lhes por um período de quarenta dias falando-lhes acerca do Reino de Deus.” (Atos 1:3).
A palavra que Lucas usou para “visto” poderia ser traduzida como “visto com os próprios olhos”. Os discípulos viram com os próprios olhos o Senhor ressuscitado. Ali estava Jesus, que tinha sido crucificado e morto. E Ele não apenas apareceu uma ou duas vezes – Ele estava surgindo em toda parte. Quinhentas pessoas o viram numa única ocasião. Isso não é uma alucinação em massa; é evidência.
Se esta fosse uma brincadeira, ou os apóstolos a tivessem inventado, certamente um deles teria rompido a brincadeira e admitido. Mas todos eles tiveram uma morte de mártir, exceto João, que sobreviveu a uma tentativa de execução e foi banido para a ilha de Patmos. Nenhum deles rompeu, porque eles não podiam negar o que sabiam que era verdade.
Jesus estava vivo. Eles o tinham visto. Eles viram Jesus com os próprios olhos. Isso transformou-lhes as vidas e eles tiveram que compartilhar a mensagem do evangelho com os outros. Eles eram pessoas reais, assim como você e eu. E Deus os usou para mudar o mundo.

Cristão indígenas são expulsos de comunidade na Colômbia

540x350_05_ColombiaAutoridades locais queriam forçar os religiosos a negarem a fé em Jesus.

Autoridades da comunidade indígena de Arhuaco, em Santa Marta (Colômbia), expulsaram sete famílias cristãs de suas terras porque estes não aceitaram renunciar a fé em Jesus.

Desabrigados, as famílias se juntaram a outras 23 que estão desabrigadas desde 2011 quando passaram pelo mesmo processo. Ao todo são 300 pessoas, incluindo 150 crianças, 20 idosos e 10 mulheres que foram deixadas por seus maridos quando se tornaram cristãs.

Segundo o Ministério Portas Abertas, essas famílias precisam de atenção médica, pois muitos estão doentes por conta das condições em que vivem.

Além de despejar quem não nega a Jesus, as autoridades locais tentam forçar os mais jovens a trocar o cristianismo oferecendo dinheiro. O Portas Abertas pede aos cristãos brasileiros que orem pela situação dos irmãos colombianos diante desta perseguição.

Fonte: Gospel Prime

Em suas primeiras declarações após sair do hospital, Andressa Urach afirma ter uma nova vida com Deus

ANDRESSA-URACHA modelo Andressa Urach, que recentemente ficou internada por cerca de um mês na UTI, em estado grave, tem usado as redes sociais para comentar sua recuperação e também para falar sobre como a fé em Jesus Cristo tem sido parte de sua vida no período de sua recuperação.

Durante o período em que esteve internada no Hospital Conceição, em Porto Alegre (RS), em função de complicações geradas por uma aplicação de hidrogel, Andressa chegou a estar em estado grave, quando esteve internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do local.

Após usar as redes sociais para pedir perdão por sua “forma egoísta de ser”, a modelo tem destacado em suas mensagens que Deus a resgatou, indicando que Ele apontou um caminho difícil, mas fortalecedor.

– Deus é tão maravilhoso que me devolveu a vida! Não vou me deixar abalar por nada, porque Deus é comigo. Ele disse que a jornada não seria fácil, mas a chegada valeria a pena – afirmou Andressa Urach.

– Estou passando por muitas provações todos os dias, mas maldade nenhuma me desviará do meu propósito porque o Senhor Jesus Cristo me protege. ‘Mil cairão ao teu lado e dez mil à tua direita, mas tu não serás atingido – ressaltou a modelo em outra mensagem, citando o Salmo 91:1-7.

Na virada do ano, a modelo já havia declarado sua uma nova fase na presença de fé e junto com sua família, pelas redes sociais.

– Desfrute do Senhor, de sua Palavra e de todos os que você ama! Um brinde, e que venha 2015! Não poderia passar ano novo melhor, na presença de Deus, com minha família, agradecendo a vida! – comemorou Andressa Urach.
Embora não seja, declaradamente, fiel a nenhuma denominação religiosa, Andressa Urach já foi vista frequentando a Igreja Universal, ao lado de sua amiga Rebeka Francis, que ficou conhecida como a participante evangélica do concurso Miss Bumbum.

Fotne: Gospel +