Publicado em Brasil, Televisão

Justiça condena Globo a indenizar ex-mulher de pastor demitido da Igreja Universal; Entenda

justicaA ex-mulher de um ex-pastor da Igreja Universal do Reino de Deus processou a Editora Globo por conta de uma reportagem da revista Época e a justiça a concedeu ganho de causa em segunda instância, com indenização no valor de R$ 10 mil.

O processo foi movido Jacira Aparecida da Silva, divorciada de Gustavo Alves da Rocha, por causa de uma matéria que a colocava como fonte de algumas informações e declarações contra a Igreja Universal do Reino de Deus.

Na reportagem, o ex-marido de Jacira fazia acusações contra a Universal, e atribuía a ela falsas declarações sobre supostas irregularidades praticadas por representantes da denominação.

Jacira e Gustavo teriam se conhecido na mansão do bispo Edir Macedo em Nova York, onde ela seria empregada doméstica. Após o casamento “orientado por Macedo”, ele se tornou o pastor responsável pelo recolhimento, contagem e depósito dos dízimos dos fiéis nova-iorquinos da Igreja Universal.

A matéria da revista Época, intitulada “Aprendi a Extorquir o Povo”, de 18 de setembro de 2009, trazia uma série de acusações do ex-pastor, que havia sido demitido poucos meses antes. A denominação rebateu as declarações, negando as acusações do ex-pastor.

O desembargador Alexandre Alves Lazzarini deu ganho de causa a Jacira, dizendo que a postura da revista foi antiética: “Tal conduta, por certo, extrapola o mero exercício do direito de liberdade de informação, já que a reportagem ultrapassa os limites da função jornalística, que é de informar à coletividade fatos e acontecimentos, de maneira objetiva, sem alteração da verdade, resvalando nos direitos de personalidade da autora”, argumentou o juiz.

A revista Época, que alegava ter obtido a confirmação de Jacira sobre as declarações do ex-pastor, pode recorrer da decisão, segundo informações do Brasil Post.

Record

O caso recebeu destaque na emissora do bispo Edir Macedo, e foi tema de uma reportagem onde Jacira negou as afirmações feitas por seu ex-marido.

Fonte: Gospel +

Anúncios
Publicado em Brasil

Rafinha Bastos faz piada sobre crítica de Edir Macedo a “50 Tons de Cinza”: “Pra ver o capeta é só ligar a TV”

rafinha-bastosO humorista e apresentador Rafinha Bastos fez piada sobre a crítica do bispo Edir Macedo ao filme “50 Tons de Cinza”, que estreou nos cinemas na última quinta-feira, 12 de fevereiro.

O longa-metragem, baseado no livro best-seller homônimo, é considerado um soft-porn e tem classificação indicativa para maiores de 16 anos.

Em seu blog, Edir Macedo publicou um artigo com amplas críticas ao conteúdo do filme, que seria uma apologia à violência sexual contra mulheres inspirada por “demônios da perversão”.

Rafinha Bastos, conhecido por seu humor ácido, brincou com a escolha de palavras do texto publicado pelo líder da Igreja Universal do Reino de Deus: “O bispo Edir Macedo falou que ’50 Tons de Cinza’ é um filme do demo. Ele pode até estar certo, mas se você quer ver o capeta, não precisa ir até o cinema… é só ligar a TV”, escreveu o humorista, se aproveitando da já conhecida tradição da denominação em mostrar exorcismos em seus programas.

A publicação no Facebook trazia ainda um vídeo de 2010 com piadas do humorista sobre o fato de as igrejas neopentecostais terem ocupado a maior parte da grade das emissoras de TV aberta nas madrugadas.

O texto publicado por Macedo e que rendeu piadas de Rafinha Bastos diz que o livro “50 Tons de Cinza” descreve “momentos ‘picantes’ em detalhes, arrastando seus leitores para um tipo de inferno emocional. Depois de tais episódios sexuais, a mulher é deixada sangrando e tão machucada que mal consegue se mexer”.

De acordo com informações do G1, bombeiros de Londres, na Inglaterra, relataram um aumento de acidentes sexuais após a estreia do filme, e lançaram uma campanha chamada “50 Tons de Vermelho”, alertando sobre os riscos de se machucar ao inventar estripulias sexuais. Entre os casos mais bizarros registrados, estão pessoas que prenderam o pênis em torradeiras, aspiradores de pó e garrafas PET.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil

Silas Malafaia estaria querendo fazer as pazes com Edir Macedo, diz jornalista; Pastor nega

pastor-silas-malafaia2O pastor Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), publicou um vídeo no último fim de semana falando sobre questões diversas ligadas ao meio evangélico.

O vídeo traz uma espécie de mea-culpa, pois o pastor diz que “é feio julgar uma pessoa você julgar uma pessoa por um ato errado”, e acrescenta que é natural do ser humano cometer injustiças: “Julgamos os outros com o pior que temos, e julgamos a nós mesmos com o melhor que temos”.

Mais à frente, Malafaia menciona o bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus, e sua antiga relação com ele, na época em que ele foi preso.

“Eu me lembro quando tentaram armar uma perseguição contra a Igreja Universal, que botaram o bispo Edir Macedo na cadeia […] Eu posso ter diferenças, mas a verdade não me peça [para omitir] porque eu tenho diferença com alguém. É normal. Paulo teve diferença com Pedro, com Barnabé. Isso é ser humano. Eu tenho discordâncias com vários líderes, e eles comigo. É um direito. Não os odeio. Botaram o cara [Macedo] na cadeia por pura molecagem. Eu fiquei tão indignado de ver aquilo… Parti pra dentro na TV. Sabe o que me disseram? ‘Malafaia, tu tá ferrado’”, relembrou o pastor.

Na sequência, Malafaia acrescentou que não se arrepende do episódio ocorrido há 23 anos: “Eu posso ter a minha diferença que é normal. Só no céu vai haver perfeita harmonia. Algumas coisas da minha vida, se eu voltasse atrás, não faria. Mas se tem uma coisa que eu faria, era defender eles [a Igreja Universal] de novo.

De acordo com o jornalista Lauro Jardim, da revista Veja, o vídeo do pastor teria sido “interpretado por muitos evangélicos como uma tentativa de amenizar as críticas feitas a Edir Macedo durante a campanha ao governo do Rio de Janeiro”, quando “Malafaia desceu a borduna no bispo no horário eleitoral gratuito e bateu boca com Marcelo Crivella em um debate promovido por VEJA” na capital fluminense.

No entanto, o próprio jornalista adicionou a informação de que a especulação sobre as motivações do pastor para fazer o vídeo são infundadas: “Malafaia nega que esteja querendo levantar uma bandeira branca para Edir Macedo”, escreveu Jardim.

Ao final do vídeo, Malafaia diz que “estamos vivendo um momento muito delicado” no país, e que “precisamos orar” pela nação: “Na época da eleição, eu botei pra quebrar contra o governo. [O PT] ganhou a eleição? Eu tenho que orar. Não tem jeito, gostando ou não, você tem que orar. É o que a Bíblia manda. Não queremos ver o Brasil no caos”.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Internet, Televisão

Após processar Igreja Universal, Xuxa deixa a Globo e assina com a Record; Acordo virou piada na internet

xuxaA TV Record acertou a contratação da apresentadora Xuxa Meneghel, 51 anos, e deverá pagar à “rainha dos baixinhos” a bagatela de R$ 1 milhão por mês, segundo especulado por especialistas em televisão. O contrato, com duração de três anos, será válido até o fim de 2017.

Com o acordo, Xuxa deixa a TV Globo após 30 anos, e se prepara para estrear na emissora do bispo Edir Macedo. A curiosidade é que Xuxa e a Igreja Universal do Reino de Deus já se enfrentaram nos tribunais, com vitória da apresentadora.

O processo havia sido movido por Xuxa porque o jornal Folha Universal havia publicado uma matéria acusando a apresentadora de ter vendido sua alma ao diabo. Em 2011, a Justiça deu ganho de causa a Xuxa e condenou a denominação de Edir Macedo a indenizá-la em R$ 150 mil.

De acordo com informações do jornalista Ricardo Feltrin, do portal Uol, Xuxa tinha contrato com a Globo até 2017, porém haviam cláusulas que permitiam o rompimento do acordo sem multa.

Atualmente fora do ar, Xuxa teria um salário de aproximadamente R$ 200 mil mensais da emissora da família Marinho, que tentou segurar a apresentadora, mas não encontrou espaço na grade de programação.

A Record – que tem boa parte de sua receita oriunda dos horários que aluga para a Igreja Universal – deverá expor sua nova contratada ao máximo. Segundo Feltrin, a emissora prepara um programa diário para Xuxa, e também um semanal. “Trata-se da maior contratação também da gestão de Marcelo Silva, que substitui [o bispo] Honorilton Gonçalves na vice-presidência artística da casa”, escreveu Feltrin.

Retaliação

Recentemente Xuxa assinou novo contrato com a gravadora Som Livre, gravadora do Grupo Globo. De acordo com Lauro Jardim, a empresa poderá retaliar a “rainha dos baixinhos” por conta da mudança de emissora. “A Som Livre não se compromete a divulgar mais artistas que fecham com concorrentes. Foi assim, por exemplo, quando a dupla de palhaços Patati Patatá fechou com o SBT no passado”, publicou o colunista da revista Veja.

Piadas

Assim que a notícia de que Xuxa e Record haviam chegado a um acordo, várias piadas surgiram nas redes sociais. Em uma delas, as famosas paquitas dapresentadora aparecem vestida com a camisa do “Exército de Jesus”. Confira abaixo:


Novo uniforme das Paquitas na Record! #XuxaNaRecord pic.twitter.com/WSBRHcbKlW

— Cleycianne (@Cleycianne3 fevereiro 2015


 

2015 não anda nada fácil para Satanás, em apenas 3 dias ele perdeu Andressa Urach e Xuxa para o Senhor! Manda mas que ta pouco Deus!

 

— Cleycianne (@Cleycianne3 fevereiro 2015


 

CHORA SATANÁS!! pic.twitter.com/4U7wsW98Qo

— Cleycianne (@Cleycianne3 fevereiro 2015


Vazou a capa do novo CD da Xuxa na Record pic.twitter.com/KIxM3lUtMB

— Tia Simone Sexóloga (@SimoneSexologa) 4 fevereiro 2015


 

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Televisão

Rede Record usa jornalismo para fazer propaganda da Igreja Universal, afirma jornalista

rede-record-Igreja-UniversalA relação entre a Rede Record e a Igreja Universal do Reino de Deus é constantemente motivo de controvérsia e polêmicas. A denominação religiosa é liderada pelo Bispo Edir Macedo, que é proprietário da rede de televisão, e essa proximidade é questionada por muitas pessoas, como o jornalista Flávio Ricco, que afirma que “a Record continua insistindo em misturar televisão com religião”.

O motivo da mais recente crítica feita por Ricco foi uma reportagem de 26 minutos exibida pelo “Domingo Espetacular”, que teve como tema central “como as pessoas conseguem se livrar do vício das drogas”.

– Meio que sorrateiramente, a Record continua insistindo em misturar televisão com religião, mesmo quando a ocasião não é a mais propícia – afirmou o jornalista, que classificou a reportagem como “outra clara tentativa de enfiar a IURD goela abaixo do telespectador”.

– Uma “reportagem”, com 26 minutos de duração – por favor, não há erro de digitação: foram 26 minutos mesmo – mostrou como “as pessoas conseguem se livrar do vício das drogas”. E isto depois de intensas chamadas em todo o final da semana, tentando despertar o quanto possível a atenção daqueles que lamentavelmente convivem com o problema – declarou Flávio Ricco.

Em sua coluna no portal UOL, o jornalista afirmou ainda que a reportagem exibida pela Rede Record “não passava de mais uma propaganda da Universal ou do trabalho de um de seus bispos, Rogério Formigoni, citado no vídeo como teólogo”.

– Em nenhum momento houve a tentativa de querer disfarçar alguma coisa. Foi tudo na cara dura mesmo, inclusive com tomadas dentro de uma igreja. Se ainda na Record faltava infiltrar religião no jornalismo, não está faltando mais – completou o jornalista.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil

Igreja Universal vende a Alliance Jet, sua empresa de táxi aéreo

taxi-aéreo-Alliance-Jet-igreja-universalApós fechar sua gravadora gospel, a Line Records, em 2013, a Igreja Universal do Reino de Deus, denominação comandada pelo bispo Edir Macedo, decidiu também se livrar de sua empresa de táxi aéreo, a Alliance Jet.

Segundo informações do portal UOL, os três aviões da Alliance eram usados pelos bispos da igreja e também alugados a terceiros. A publicação destacou que não foram revelados os montantes envolvidos na venda e nem mesmo quem são os novos proprietários da empresa.

Ao comentar o assunto, o colunista Ricardo Feltrin afirmou que “Igreja Universal vai aos poucos se desfazendo de todos os seus negócios paralelos para se concentrar apenas na religião”.

A Alliance Jet tinha um faturamento mensal que girava em toro de R$ 500 mil e esteve entre as empresas de Edir Macedo que foram investigadas no início da década de 90 pelo Ministério Público de São Paulo. O objetivo da investigação era verificar se o religioso e sua igreja estariam envolvidos em esquemas de “lavagem de dinheiro”.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Televisão

Diretores da Rede Record querem tirar programação da Igreja Universal das madrugadas da emissora

Os programas da Igreja Universal do Reino de Deus, que ocupam completamente as madrugadas da Rede Record, podem estar com os dias contados na emissora do bispo Edir Macedo. O motivo para a possível mudança é o péssimo desempenho em audiência obtido pelo canal nas madrugadas, que estaria deixando os diretores da emissora insatisfeitos.

No horário em que tem sua programação totalmente destinada à Igreja Universal, a Rede Record perde com vantagem para o SBT e Globo, que dedicam o espaço para filmes e seriados. Segundo o jornalista Flávio Ricco, do portal UOL, alguns diretores da emissora já conversam sobre o fim da programação religiosa na madrugada do canal.

Pela manhã, ao fim da programação religiosa, a emissora começa com os números de audiência perto de zero, e a situação ficou ainda mais crítica com a estreia do “Hora 1”, novo jornal das manhãs da Rede Globo, além da programação jornalística também presente no SBT.

Porém, apesar da vontade dos diretores da emissora em mudar a programação, a decisão final cabe ao bispo Edir Macedo, dono da emissora e líder da IURD. Ricco ressalta que, mesmo não sendo possível acabar totalmente com a programação religiosa nas madrugadas, os defensores dessa media esperam, pelo menos, diminuir o espaço da igreja no horário.

O principal argumento usado pelos diretores para esta redução é o de que a IURD já conseguiu um grande espaço em outras redes, como Band e RedeTV!, e que, portanto, não haveria mais a necessidade de tanto destaque na Record.

Fonte: Gospel +

 

Publicado em Brasil

Loja Maçônica inclui nome do bispo Edir Macedo entre os “110 maçons ilustres”; Universal nega

bispo-Edir-MacedoA inserção do nome do bispo Edir Macedo numa lista de “110 maçons ilustres” levou a Igreja Universal do Reino de Deus a se posicionar sobre o assunto, negando que seu fundador integre a fraternidade que forma uma sociedade discreta e cercada de especulações.

Uma nota publicada no portal da denominação diz que a lista divulgada no site da “Loja Maçônica Mestre Chico Abílio n. 4246” é mentirosa, e que a denominação realizou uma “notificação extrajudicial” solicitando a retirada do nome de Edir Macedo da lista de “maçons ilustres”.

A lista publicada em formato PDF (confira aqui) também inclui o nome do pastor Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo. Anteriormente, Malafaia já havia negado que fosse membro da maçonaria.

“A Igreja Universal do Reino de Deus notificou a “Loja Maçônica Mestre Chico Abílio n. 4246”, do Estado do Piauí, para que o nome do bispo Edir Macedo seja retirado, no prazo de 24 horas, de uma lista intitulada “Maçons do Brasil – 110 Maçons Ilustres do Grande Oriente do Brasil”. O documento, publicado no portal da instituição, incluiu, mentirosamente, o bispo Macedo na relação de membros do grupo. De acordo com a Notificação Extrajudicial, a propagação da informação de que o líder da Universal seria maçom ‘causa danos à sua imagem e honra perante seus fiéis, diante da incompatibilidade das filosofias pregadas’ pela Igreja Universal e a Maçonaria”, diz o texto publicado no site oficial da denominação.

O bispo Edir Macedo é atualmente o maior vendedor de livros do Brasil, com a trilogia autobiográfica “Nada a Perder”, coescrita com o jornalista Douglas Tavolaro e publicada pela editoral Planeta.

Proprietário da Rede Record, o bispo fundador da Igreja Universal foi considerado o líder religioso brasileiro mais rico do país pela revista Forbes, com patrimônio pessoal estimado em aproximadamente US$ 1 bilhão.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Cultura, Literatura

Nada a Perder 3: último volume da biografia de Edir Macedo arrecadou R$ 3,7 milhões em uma semana

Nada a Perder 3O bispo Edir Macedo se tornou um dos campeões de vendas de livros no Brasil, e o terceiro livro de sua biografia alcançou uma arrecadação de R$ 3,7 milhões na semana retrasada.

Esse valor foi alcançado em apenas uma semana de vendas e representa 15% do total de R$ 24,6 milhões arrecadados pelas livrarias com as vendas no período, de acordo com informações do Instituto Nielsen.

Os números superlativos da venda do terceiro volume da biografia do fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, escrito pelo jornalista Douglas Tavolaro, diretor de jornalismo da TV Record, colocaram o bispo como o primeiro colocado na lista de títulos de não-ficção.

“Nada a Perder 3, de Edir Macedo, ocupa o primeiro lugar da lista dos mais vendidos de não-ficção de VEJA, mas quem for investigar mais a fundo perceberá que o terceiro volume da autobiografia do bispo é muito mais do que isso em termos de números. De acordo com uma pesquisa do instituto Nielsen, na semana retrasada os 113 000 exemplares vendidos de Nada a Perder 3 representaram 15% do total faturado pelas livrarias brasileiras. Dos 24,6 milhões de reais de vendas totais, o livro do bispo faturou 3,7 milhões de reais”, noticiou o jornalista Lauro Jardim, em sua coluna Radar Online.

Edir Macedo já vendeu, ao todo, 4 milhões de exemplares de seus livros, e em 2014, o bispo ocupa a lista dos 20 títulos mais vendidos com dois títulos: o segundo episódio da série Nada a Perder, “Meus Desafios Diante do Impossível”, que somam mais de 85 mil exemplares vendidos ao longo dos dez primeiros meses do ano; e o recente lançamento do capítulo final da trilogia biográfica já ultrapassa a casa dos 200 mil exemplares vendidos.

Segundo o jornalista Euler de França Belém, colunista do Jornal Opção, Macedo vem disputando com o escritor Paulo Coelho o título de maior vendedor de livros do país, embora a “disputa” e o “título” são informais, e a medição é realizada através dos números consolidados pelas editoras.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Cultura, Literatura

Bispo Macedo disputa com escritor Paulo Coelho o título de maior vendedor de livros no Brasil

nada-a-perder-3O bispo Edir Macedo lançou o terceiro capítulo de sua biografia, “Nada a Perder 3 – Do coreto ao Templo de Salomão”, e a tiragem inicial de 50 mil unidades foi vendida na semana do lançamento.

Segundo o jornalista Euler de França Belém, colunista do Jornal Opção, o fundador da Igreja Universal do Reino de Deus vai disputar com o escritor Paulo Coelho o título de maior vendedor de livros do Brasil. A “disputa” e o “título” são informais, e a medição é realizada através dos números consolidados pelas editoras.

Ao todo, Macedo já vendeu 4 milhões de exemplares de seus livros, e em 2014, o bispo ocupa a lista dos 20 títulos mais vendidos com dois títulos: o segundo episódio da série Nada a Perder, “Meus Desafios Diante do Impossível”, somam mais de 85 mil exemplares vendidos ao longo dos dez primeiros meses do ano; e o recente lançamento do capítulo final da trilogia biográfica já soma 184 mil exemplares vendidos.

Os três livros da série Nada a Perder foram escritos pelo jornalista Douglas Tavolaro, vice-presidente de jornalismo da TV Record, e lançados pela editora Planeta do Brasil.

Uma curiosidade dos lançamentos dos livros é que o bispo Edir Macedo quase nunca comparece aos eventos. No dia 30 de outubro, quando o livro foi lançado em Goiânia (GO) numa livraria do shopping Flamboyant, os representantes do fundador da Universal foram os bispos Fernando Vassoler, Fernando Mendes e Paulo Pereira.

Mesmo sem a presença de Edir Macedo nos lançamentos, os eventos são sempre muito concorridos, e em alguns países, a quantidade de pessoas que se reuniram para ter acesso em primeira mão aos livros era tão grande que os exemplares esgotavam.

Na África do Sul, mais de 100 mil exemplares foram vendidos somente no dia do lançamento, em um evento que reuniu mais de 55 mil fiéis, que rendeu o recorde mundial de vendas de um livro em sua estreia. Cientes da mobilização dos fiéis, os assessores do bispo planejaram reunir 160 mil pessoas no Rio de Janeiro, o que acabou não se concretizando.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Cotidiano, Televisão

Silvio Santos pede homenagem ao bispo Edir Macedo no Conexão Repórter, diz jornalista

silvio-santosO bispo Edir Macedo será homenageado pelo SBT a pedido do empresário e apresentador Silvio Santos, dono da emissora.

O líder da Igreja Universal do Reino de Deus e proprietário da TV Record será o tema de uma reportagem do programa jornalístico Conexão Repórter, apresentado por Roberto Cabrini.

De acordo com informações do jornalista Flávio Ricco publicadas no jornal Diário de S. Paulo, o pedido para homenagear o bispo da Universal foi feito por Silvio Santos diretamente a Cabrini. Numa ligação telefônica, Silvio teria pedido ao apresentador que fizesse uma reportagem sobre o líder religioso abordando toda sua trajetória de vida até a inauguração do Templo de Salomão.

Silvio Santos  também teria pedido a Cabrini para produzir outras duas matérias especiais no mesmo teor: uma sobre a biografia de Roberto Marinho, fundador do Grupo Globo e já falecido; e uma sobre Johnny Saad, presidente do Grupo Bandeirantes, e seu pai, João Jorge Saad, fundador da emissora paulista e falecido em 1999.

O apresentador teria dito ao jornalista Roberto Cabrini que nutre grande admiração por esses empresários, que foram um dos pioneiros no ramo da comunicação no Brasil e que são seus concorrentes.

Templo de Salomão

Silvio Santos é judeu e fez reiterados elogios a Edir Macedo pela iniciativa de construir uma réplica em escala aumentada do Templo de Salomão em São Paulo. Para o proprietário do SBT, a ideia de construir o megatemplo pode ser considerada “única”.

A obra durou pouco mais de quatro anos e teve um custo total de R$ 685 milhões, que foram arrecadados a partir de doações de fiéis da Igreja Universal.

O Templo de Salomão tem capacidade para 10 mil pessoas sentadas, e as pedras usadas no revestimento da fachada foram importadas de Israel, para emprestar semelhança arquitetônica das edificações erguidas no país ao megatemplo da Universal.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Cotidiano, Política

Malafaia apoia Pezão e diz que liderança da IURD nunca respeitou igreja nenhuma

xpezao-e-malafaia-262x200.jpg.pagespeed.ic.Du7_8xMcZrPastor diz que Marcelo Crivella representa a liderança da Igreja Universal.

Malafaia apoia Pezão e diz que liderança da IURD nunca respeitou igreja nenhuma.

O pastor Silas Malafaia confirmou seu voto ao candidato do PMDB ao governo do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, gravando um vídeo onde o senador Marcelo Crivella (PRB) é citado como “representante da Igreja Universal”.

“Crivella representa a liderança da Igreja Universal e eu quero dizer que esta liderança nunca respeitou igreja evangélica nenhuma. Estão cansados de alugarem rádios e TV e colocarem pastores para fora”, disse.

Malafaia fala de um caso específico: o arrendamento da CNT que fez com que ele perdesse o espaço na emissora onde por mais de 30 anos ele manteve um programa. “Eles nunca nos respeitaram e agora querem o nosso voto? Não podemos votar em alguém que representa a liderança de uma igreja que não respeita nem seus irmãos”, disse.

A campanha de Pezão por diversas vezes fez essa ligação entre Crivella e a Universal, chegando a questionar durante um debate se seria o senador ou seu tio, Edir Macedo, quem iria governar o estado caso fosse eleito.

Nas campanhas políticas o tom do PMDB foi ainda mais duro, colocando na TV vídeos onde Edir Macedo ensina os pastores a pedir dinheiro aos fiéis e em outro Macedo e Crivella aparecem contando o dinheiro arrecadado no culto.

Malafaia chegou a criticar a campanha dizendo que fala sobre a liderança, jamais falará sobre a Igreja. No Twitter ele chamou o marqueteiro de Pezão de “idiota” e demorou para confirmar seu apoio ao candidato que representa a continuidade do governo de Sérgio Cabral, desafeto do evangélico.

Assista:

Fonte: Gospel Prime

Publicado em Brasil, Política

No Rio, Valdemiro Santiago anuncia apoio a Pezão contra Marcelo Crivella, sobrinho de Edir Macedo

valdemiro-santiagoO apóstolo Valdemiro Santiago, rival declarado do bispo Edir Macedo, declarou voto em Luiz Fernando Pezão (PMDB), candidato à reeleição ao governo do Rio de Janeiro. Pezão enfrenta o senador Marcelo Crivella (PRB), bispo licenciado da Igreja Universal e sobrinho de Macedo.

Um vídeo com o apoio do líder da Igreja Mundial do Poder de Deus foi publicado por Pezão em sua página no Facebook. “Por um governo que olhe pra todos, o Rio de Janeiro se une. Estamos mais fortes a cada dia. Ao lado do Pezão tem lugar pra todos os times, todas as opiniões e todas as crenças. Muito obrigado pelo apoio, Apostolo Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus”, escreveu o candidato.

Em seu depoimento, Valdemiro deu a entender que uma vitória do bispo da Igreja Universal criaria dificuldades para que sua denominação atuasse no Rio de Janeiro: “Estou aqui para uma causa nobre: quero pedir pra você votar 15 nessas eleições. Votar Pezão, pra que eu tenha liberdade de pregar o Evangelho nesse estado, porque estão querendo me privar disso. Conto com você”, disse o líder da Igreja Mundial.

Clique aqui e assista.

Malafaia contra Pezão

O pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) criticou duramente a estratégia de campanha do candidato à reeleição em tecer críticas à Igreja Universal do Reino de Deus.

Segundo informações do jornalista Lauro Jardim, da revista Veja, Malafaia ficou indignado com os ataques à denominação do bispo Edir Macedo: “Silas Malafaia, que o PMDB dava como certo no apoio a Pezão no segundo turno, ficou revoltado com a campanha feita contra a igreja Universal. Mandou na lata para quem quisesse ouvir que ‘o marqueteiro do Pezão é um idiota’”, informou Jardim.

Silas Malafaia e Marcelo Crivella bateram boca durante um debate recentemente, e devido à troca de gentilezas entre os dois, era esperado que o pastor apoiasse Pezão.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Cotidiano, Política

Em debate no Rio, Crivella e Pezão trocam ataques e provocações sobre o bispo Edir Macedo

bispo-marcelo-crivella-luiz-fernando-pezaoNo primeiro debate do segundo turno na eleição para o governo do Rio de Janeiro, o bispo Edir Macedo se tornou o centro de uma troca de acusações e provocações entre os candidatos Luiz Fernando Pezão (PMDB) e Marcelo Crivella (PRB).

Crivella é sobrinho de Macedo e bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus, denominação que foi fundada e é liderada pelo tio.

Ciente disso, o candidato à reeleição Luiz Fernando Pezão se valeu da informação para provocar o concorrente, dirigindo-se a Crivella como “bispo” e o atacou dizendo que a Universal politiza as reuniões para influenciar fiéis.

“Infelizmente se mistura política com religião na sua organização”, atacou o governador, aproveitando uma pergunta feita pelo pastor Silas Malafaia a Crivella sobre sua ligação com a denominação de Edir Macedo.

O pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) era um dos convidados do debate organizado pela revista Veja, Universidade Estácio de Sá e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Rio de Janeiro.

Em sua resposta, Crivella aproveitou para criticar a administração de Pezão e seu antecessor, Sérgio Cabral, e explicou que os líderes religiosos só se envolvem com política porque as autoridades demonstram incompetência.

 “Fato é que o povo vai buscar nas representações de origem religiosa e nas Forças Armadas o que não está encontrando nos quadros civis. Então o povo lança mão de líderes evangélicos e também de quadros das Forças Armadas”, argumentou o bispo da Universal.

O senador também criticou a estrutura política do PMDB no Rio de Janeiro, e afirmou que se Pezão for eleito, ele não terá autoridade plena: “Acho o Pezão uma pessoa sincera. Minha preocupação é o que está por trás. Pezão não manda na sua campanha e não vai mandar no seu governo”, disparou Crivella.

Fonte: Gospel +

Publicado em Mundo

Bispo Macedo é nomeado capelão nos Estados Unidos e planeja ações em presídios do país

bispo macedo capelãoO bispo Edir Macedo foi nomeado “International Police Chaplain Minister” (“ministro de capelania internacional”, em tradução livre do inglês) pela CELA International University, na Flórida (EUA).

A cerimônia de entrega do certificado foi realizada no último domingo, 05 de outubro. O presidente da CELA, Gabriel Kost, repassou o documento ao líder da Igreja Universal do Reino de Deus como forma de reconhecimento de sua “dedicação e esforço” em ajudar os desamparados, de acordo com informações do site oficial da denominação.

Agora, com o certificado de capelão internacional, o bispo Edir Macedo terá permissão das autoridades para desenvolver atividades em presídios, hospitais e universidades nos Estados Unidos.

Durante a entrega do certificado, Edir Macedo frisou que a Igreja Universal tem desenvolvido projetos sociais em presídios do Brasil, e o resultado é positivo, pois permite a ressocialização dos detentos.

Além do líder da Universal, o bispo Rodrigo Ribeiro Moura, que é responsável pelas filiais da denominação no estado norte-americano da Flórida, também recebeu o certificado de capelão da universidade.

Desde 2012, a CELA International University já certificou mais de 600 capelães na Flórida. Um dos objetivos da universidade é promover o interesse pela Bíblia com viés intelectual, explorando as lições que as Escrituras contém. Além disso, a entidade visa desenvolver “atividades e serviços de ajuda ao próximo, promoção de análises e pensamentos críticos sobre a humanidade e a genuína comunhão com o Espírito Santo de Deus”.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Cotidiano, Televisão, Vídeos

Marcelo Rezende afirma que, no começo de seu ministério, o bispo Macedo evitou que o cantor Latino passasse fome; Assista

Latino-Marcelo-RezendeO apresentador Marcelo Rezende contou no programa Cidade Alerta uma história de vida do cantor Latino, conhecido por suas letras e clipes que fazem apologia ao sexo fácil.

De acordo com Rezende, a infância de Latino foi bastante humilde, e durante muito tempo, morou na rua. Nessa fase, ele teria sido ajudado pelo líder da Igreja Universal do Reino de Deus, bispo Edir Macedo.

Marcelo Rezende afirmou que, durante a conversa, se deu conta de que as aparências enganam: “Conversei com o Latino. Impressionante. Primeiro, que ele está casado. A moça com quem ele está casado cantou lá umas duas músicas pra mim. Música gospel. Uma linda moça. Linda de rosto, mas eu gostei, realmente, de como ela é linda por dentro. E esse [Latino] começou a falar dos sofrimentos e me contou uma história”, introduziu o apresentador da TV Record.

No começo do ministério do bispo Edir Macedo, seu púlpito era um coreto num bairro simples da capital fluminense, e lá, dentre os espectadores, estava Latino, ainda criança, lavando carros e pedindo esmolas para se alimentar.

“O Latino era um garoto e não tinha onde morar. No Rio de Janeiro, tem um bairro na zona norte chamado Méier e tem uma praça que fica em frente ao Corpo de Bombeiros […] Ele vivia como menino de rua. Lavava carro e depois dormia debaixo de um viaduto. Ele me contou essa história ontem chorando, me pedindo pra ver se eu conseguia – eu não tenho esse poder de conseguir o que ele me pediu. Ele disse assim: ‘Marcelo, muitas vezes eu não tinha o que comer, e um moço, bem novinho, ia lá naquela pracinha, tinha um coreto, e aquele homem fazia uma pregação, tentando reunir gente, e falava de Deus. Eu pequenininho Marcelo, esperava aquele moço acabar de falar e dizia assim: Moço, já que o senhor fala tanto de Deus, de que um tem que ajudar o outro, me dá um dinheirinho pra eu comer? E aquele homem dava. Até que o tempo foi passando, e o homem que ia lá falar de Deus, já dava um dinheirinho para aquele menino magrinho. Marcelo, será que você consegue que um dia eu fale com teu chefe, o bispo Macedo? Aquele moço, Marcelo, que me matou a fome várias vezes é hoje o poderoso bispo Macedo. Eu vi ele começando, pregando naquele coreto. E eu queria agradecer a ele as muitas vezes que ele matou a minha fome’”, narrou o apresentador.

Assista:

Fonte: Gospel +

 

Publicado em Brasil, Cotidiano, Missões

Bispo Edir Macedo dará nome a troféu de torneio de futsal realizado por presídio na Paraíba

copa-minifutsal-presidio-paraiba
O líder da Igreja Universal do Reino de Deus, bispo Edir Macedo, será homenageado em uma competição esportiva interna de um presídio na Paraíba. O líder religioso e empresário dará nome ao troféu de minifutsal que será disputado pelos detentos.

O troféu “Bispo Edir Macedo Bezerra” foi apoiada pelo diretor do Presídio Regional de Sapé, localizado a 55 quilômetros da capital João Pessoa. O troféu premiará o vencedor da 5ª edição da Copa Ressocializando de Minifutsal.

“Os presos do local e seus familiares decidiram dar o nome ao troféu que será dado aos vencedores de ‘Bispo Edir Macedo Bezerra’, em homenagem ao líder da Universal”, informou o site da denominação.

O diretor da unidade, Antônio Silva Neto, é um ex-policial que foi preso pelo assassinato de sua primeira esposa. Na cadeia, se converteu ao Evangelho pelas mãos de voluntários da Universal, e depois de cumprir sua pena, foi estudar Direito e conseguiu a nomeação para ser diretor do presídio.

Hoje, Silva Neto é casado com a evangelista que a visitava na prisão e implantou um sistema de trabalho que possibilita a ressocialização dos detentos, conquistando um índice exemplar: apenas 2% dos condenados que cumprem a pena no Presídio Regional de Sapé voltam a cometer crimes. O índice nacional de reincidentes é de aproximadamente 70%, segundo estudos.

“Respeito. Trato os presidiários como se fossem meus filhos. Pego no pé mesmo, mas é porque os quero bem”, diz o diretor, explicando a receita para a reabilitação dos condenados.

Há um ano Silva Neto gravou um depoimento contando seu testemunho de vida e sua carreira profissional de sucesso como diretor do Presídio Regional de Sapé, e revelou que o modelo implantado por ele tem sido copiado em outros lugares.

“As autoridades hoje também confiam no meu trabalho. Nosso modelo de gestão prisional tem sido visto como referência, por isso já viajei para vários Estados da Federação para falar do nosso exemplo. Nós somos o único presídio no Brasil onde todos os reeducandos estão na sala de aula. Aprendem artesanato, também confeccionam o material de higiene usado na unidade prisional. Temos vários projetos como o cinema no presídio. Um resultado alcançado graças a muito esforço e apoio dos 34 agentes, que trabalham comigo”, disse Silva Neto.

Fonte: Gospel +