Arquivo da tag: Dois dedos de Prosa’

Programa do Ratinho – Pastor Silas Malafaia dispara contra proposta de tributação das igrejas: “Papo ideológico da esquerda”

silas-malafaia-no-ratinhoNa entrevista concedida pelo pastor Silas Malafaia ao vivo na noite de ontem, 05 de fevereiro, ao apresentador Carlos Massa no SBT, o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) falou sobre diversos assuntos, mas aproveitou para dar ênfase especial à discussão sobre a tarifação ou não do que as igrejas evangélicas e demais entidades religiosas arrecadam a partir da doação dos fiéis.

“Gosto desse assunto. A transparência tem que ser uma marca, não tem nada que esconder, tem que falar. Os questionamentos têm que ser respondidos”, disse o pastor, demonstrando seu apetite pelo tema.

Para Malafaia, as propostas de cobrança de impostos de igrejas nascem da ideologia esquerdista: “Essa conversa é ideológica da esquerda brasileira. Eu vou botar o dedão na ferida. É uma conversa ideológica. Então, cobra Imposto de Renda dos partidos políticos, cobra da Igreja Católica, de todas as agremiações. Isso é papo. Olha a obra social. Não estou falando das igrejas evangélicas. Olha a obra social dos espíritas. A da Igreja Católica é fantástica, monstro”, afirmou.

Dirigindo-se à audiência do programa, o pastor afirmou que é preciso ser cauteloso sobre o que se ouve na imprensa: “Tudo que você ouvir na mídia, nas redes sociais, na TV, no rádio, de pastor, de padre, faça essas três coisas: duvidar, criticar e determinar. O que é isso? Você está ouvindo uma informação, não receba como primeiro. ‘Deixa eu ver direito’. Duvidar, eu não recebi como primeiro. Criticar é analisar a informação. Determinar: aceito tudo, rejeito tudo, aceito 50%”, sugeriu.

“Dizem assim: ‘Tem que tributar as igrejas. Esses caras arrecadam milhões’. Então vamos lá. As nações mais desenvolvidas do mundo – Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Alemanha – nenhuma entidade sem fins lucrativos, não é só as igrejas, paga Imposto de Renda. As igrejas, pelo papel social, ainda recebem grana do governo. Na Inglaterra, para cada uma libra declarada como oferta na igreja católica, evangélica, budismo, onde for, o governo devolve uma percentagem, para se investir [no social]”.

Seguindo seu estilo peculiar de se comunicar, Malafaia partiu para o ataque e disse que nenhum setor da sociedade oferece tantos benefícios como as denominações cristãs. “Queridão, você está falando da igreja? Eu vou desafiar você e qualquer um aí… Imprensa, mídia… Quem recupera mais gente na sociedade do que as igrejas? O problema das drogas, eu quero saber qual o governo que dá solução? Acaba lá com o crack… Vamos lá, vai ver o poder de restauração [encontrado nas igrejas por causa do Evangeho]. Casamentos restaurados, pessoas restauradas. Não é o pastor. Ratinho, pastor muda vida de alguém? Só um tolo para pensar isso. Quem faz isso é Deus”.

Fonte: Gospel +

Anúncios

Pastor Silas Malafaia anuncia que participará do Programa do Ratinho na próxima quinta-feira

pastor-Silas-MalafaiaO pastor Silas Malafaia pariticpará, novamente, do Programa do Ratinho, no próximo dia 05 de fevereiro. A conversa com o apresentador Carlos Massa será transmitida ao vivo pelo SBT, a partir das 22h00.

No quadro “Dois Dedos de Prosa”, Ratinho e Malafaia conversarão sobre os temas ligados à atuação ministerial do pastor, respondendo perguntas da plateia e dos telespectadores.

Em suas entrevistas, Malafaia sempre acaba sendo questionado sobre suas posições a respeito dos temas mais comuns em discussão na sociedade, como política, escândalos de corrupção, homossexualidade e o ativismo gay.

Silas Malafaia já participou de outras edições do Programa do Ratinho, e devido à “língua afiada” do pastor, a audiência sempre é elevada. Em 2013, quando participou do programa, Malafaia falou sobre liberdade de expressão, casamento gay, a prisão do pastor Marcos Pereira por estupro de fiéis, entre outras coisas.

Os temas que serão abordados nessa nova entrevista do pastor ao Ratinho não foram divulgados pelas assessorias do pastor e do SBT.

O programa do Ratinho já recebeu outros líderes evangélicos, como o pastor Cláudio Duarte, o apóstolo Valdemiro Santiago, e o pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), por exemplo.

A atração também costuma receber artistas gospel conhecidos nacionalmente, como o ministério de louvor Diante do Trono, a banda Oficina G3, os cantores Thalles Roberto, Aline Barros, Soraya Moraes, Beatriz, Damares, Cassiane e Fernanda Brum, entre outros.

Fonte: Gospel +

Cláudio Duarte fala sobre casamento e sexualidade no Ratinho

claudio-duarte-fala-sobre-casamento-e-sexualidade-no-ratinho-266x200O pastor tirou as dúvidas dos telespectadores e da plateia do programa.

O pastor Claudio Duarte esteve no “Programa do Ratinho” nesta quinta-feira (24) participando do quadro “Dois Dedos de Prosa”.

Essa foi a segunda vez que o pastor evangélico esteve na atração do SBT falando principalmente de sexo e família, mostrando como deve ser o relacionamento de acordo com a Bíblia.

Logo no começo da conversa, Duarte deixou claro ao apresentador Carlos Massa que só fala sobre sexo e casamento nas palestras, e não nos cultos.

Ao longo do programa o pastor respondeu perguntas da produção, dos telespectadores e da plateia do programa, sempre se baseando na Bíblia para solucionar as dúvidas apresentadas.
Uma delas foi a respeito das fantasias sexuais. “Eu não vejo restrição nenhuma nas fantasias, desde que o objeto de desejo seja o corpo do cônjuge”, afirmou.

Outra dúvida levantada foi se o sexo oral é pecado. “Tem um texto em I Pedro 3:7 que diz que você deve se relacionar sexualmente com sua mulher com entendimento. No meu posicionamento sexo oral é entre você e sua mulher e ninguém tem nada a ver com isso”, disse ele.

Ratinho deixou claro que o tema do programa seria sexo por ser um tema polêmico que dá ibope. Inclusive ele comentou que a primeira participação de Cláudio Duarte no programa foi um sucesso.

O pastor também precisou responder a respeito da relação homossexual. Ao falar que todos os seus conselhos são bíblicos, Cláudio Duarte afirmou que sim, a relação homossexual não é aceita, mas que isso não lhe dá permissões para agredir moralmente os homossexuais.

“A Bíblia me orienta a não aceitar [a prática homossexual]. Isso não me dá direito de segregar ninguém, de usar palavras pejorativas, de diminuir as pessoas. Só que, como eu estou baseado biblicamente, não aceito”, afirmou.

Ainda sobre o tema, ele falou que como pastor ele entende que todas as pessoas precisam ter um encontro com Cristo, e depois desse encontro as pessoas entenderão o que é certo e o que é errado.

Assista o programa completo:

Fonte: Gospel Prime