Publicado em Brasil, Esporte

David Luiz é batizado na Igreja Hillsong e agradece a Deus: “Minha vida é Tua e sou Teu servo”

batismo-david-luizO zagueiro David Luiz publicou uma foto do seu batismo nas águas na última quinta-feira, 14 de maio, na Igreja Hillsong de Paris.

O jogador do Paris Saint Germain, que é evangélico há alguns anos, expressou sua alegria ao dar esse novo passo em sua jornada cristã: “’Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo (2 Coríntios 5:17 ARC)’. Como é maravilhoso viver contigo Senhor, obrigado por me amar tanto e cuidar de mim! A minha vida é tua, e eu sou Teu servo! Que estejas sempre no centro de todas as minhas decisões! Eu te amo meu Deus! Amém”, escreveu na legenda da foto acima no Instagram.

Adepto do movimento Eu Escolhi Esperar, David Luiz já havia dado mostras de sua fé em outras ocasiões. Na disputa das oitavas-de-final da edição deste ano da Liga dos Campeões da Europa, o jogador marcou um gol contra o Chelsea, seu ex-clube, e na comemoração, ajoelhou-se e ergueu as mãos para o céu, em agradecimento a Deus.

Em 2011, quando ainda atuava pelo Chelsea, David Luiz orou em campo pelo colega de clube, Fernando Torres, e o jogador pôs fim a um enorme jejum de gols e marcou duas vezes contra o KRC Genk, da Bélgica, na mesma Liga dos Campeões.

Pela Seleção Brasileira, depois do vexame da derrota por 7 x 1 para a Alemanha nas semifinais da Copa do Mundo, David Luiz foi um dos que demonstraram pesar pelo péssimo desempenho na partida, mas não deixaram de expressar sua fé. O zagueiro, pouco antes de sair de campo aos prantos, ajoelhou-se no gramado e orou, agradecendo a Deus por ter disputado o Mundial e reconhecendo sua soberania. Esse gesto repercutiu fortemente em toda a imprensa internacional.

Fonte: Gospel +

Anúncios
Publicado em Brasil, Esporte

Igreja Universal compara Neymar e Messi a casal e sugere que jogadores “podem salvar casamentos”

messi-e-neymarA Igreja Universal do Reino de Deus usou uma comparação curiosa para aconselhar casais em crise, e sugeriu que a dupla de atacantes do Barcelona, Neymar e Messi, poderiam “salvar o casamento” de muita gente.

A publicação está no site oficial da denominação do bispo Edir Macedo e afirma que existem “três coisas que os dois têm e todo casal deveria ter”.

Para a Universal, a admiração demonstrada por Neymar em relação a Messi quando chegou ao clube catalão foi importante para fazer com que, dentro de campo, os talentos de ambos se destacassem e superassem possíveis vaidades.

“Os dois são talentosos e sabem disso. Admiram-se mutuamente e demonstram isso. Coisas que você e seu cônjuge também devem fazer. Reconhecer o que há de bom no outro e elogiar sempre aquilo que lhe agrada é fundamental em um relacionamento, independentemente de quanto tempo os dois têm estado juntos”, sugere a Universal.

O segundo ponto está ligado ao respeito: “Em todas as entrevistas concedidas pelos dois craques, o respeito que um tem pelo outro é destaque. E assim também deve ser no relacionamento a dois. É necessário que se veja, desde longe, que um respeita o outro. As palavras devem ser medidas, as atitudes pensadas e a seguinte pergunta feita: ‘Isso desrespeitará meu companheiro?’ Se a resposta for sim, não faça”, diz o texto.

Por fim, a Igreja Universal diz que o entrosamento entre o casal deve ser igual ao de Neymar e Messi para que a união funcione: “Pode demorar um pouco a chegar, mas quando o entrosamento aparece, o casal se torna realmente feliz. Não se trata apenas de saber qual sabor de pizza pedir ou qual filme assistir na TV, mas sim da percepção de que um casal divide a vida em todos os momentos”, conclui.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Esporte

Convertido, Maguila fala sobre sua saúde debilitada: “A luta só para quando a gente morre”

maguilaO ex pugilista Adilson Rodrigues, o Maguila, 56 anos, falou sobre sua luta contra o Alzheimer e a importância que a fé tem em sua caminhada de vida.

A esposa de Maguila, Irani Pinheiro, resolveu falar sobre o estado de saúde do antigo boxeador após meses de sua internação. “Foi o momento que Deus escolheu, e a gente vai abrir isso para todo o público, e mostrar para o povo brasileiro continuar orando, porque essa força vem de Deus e o impossível é para Ele, não é para nós. E eu tenho certeza que Ele vai fazer o melhor”, disse Irani ao programa Domingo Show, da TV Record.

O apresentador Geraldo Luís fez uma homenagem ao ex atleta durante o programa, classificando como um dos “grandes heróis” do esporte brasileiro.

Além do Alzheimer, Maguila sofre com uma doença apelidada de “demência pugilística”, causada pelos incontáveis socos sofridos durante os combates e treinamentos.

Maguila afirmou que a inspiração para continuar lutando contra a doença vem de sua trajetória no esporte: “A luta só para quando a gente morre. Enquanto eu estiver vivo, eu estou lutando. Quero viver muito. Campeão é campeão, eu não paro de lutar”. Assista aqui.

O Evangelho

Sua esposa destacou que tem, ao lado dele, buscado entender os propósitos de Deus: “Cada um tem que passar por uma coisa nessa terra. Sei que o Maguila foi escolhido por Deus, e venceu. Algum sinal Deus está mostrando pra gente através dessa fase que estamos passando”, disse Irani.

A conversão de Maguila aconteceu em 2004, quando o ex pugilista passou a frequentar a Congregação Cristã no Brasil e lá foi batizado. O contato com o Evangelho veio através da esposa.

Numa entrevista concedida em 2011, o ex atleta contou que tinha uma visão preconceituosa da comunidade evangélica. “A primeira pessoa da família a ir em uma igreja evangélica foi minha esposa, isso há muito tempo. Depois foi meu filho Adilson Jr. Eu até nem gostava muito de crente, achava que eles eram muito arrogantes, muito certinhos e cheio de pose, mas um dia fui à igreja, vi, ouvi, fiquei e me batizei. E estou lá até hoje”, disse ao Jornal Palavra.

Na ocasião, disse que busca a Deus e lê a Bíblia Sagrada, mas tenta se manter longe da embriaguez da religião: “Olha não sou fanático. Não quero servir de exemplo para ninguém. Jesus é quem garante a salvação. Ele é quem deve ser o maior exemplo. Eu sou o mesmo Maguilão”.

Em abril do ano passado, a esposa do ex pugilista fez um apelo público pedindo orações pelo estado de saúde do marido, pois seu estado de saúde estava muito debilitado.

Fonte: Gospel +

 

Publicado em Brasil, Esporte

Brasileiro que passou pela NBA se torna pastor em Santo André

jefferson-sobralJefferson Sobral tentou carreira nos Estados Unidos e até jogou pelo Los Angeles Lakers.

O jogador de basquete Jefferson Sobral, que hoje veste a camisa do Poá, time de segunda divisão na Grande São Paulo, já tentou carreira nos Estados Unidos e até passou pelo Los Angeles Lakers substituindo o astro Kobe Bryant.

Mas apesar do futuro brilhante no basquete, Jefferson encontrou na religião sua verdadeira vocação e se tornou pastor evangélico. “Sou evangélico desde 2002. Estava me afastando dos caminhos certos e a igreja me resgatou”, disse ele ao UOL Esporte.

Na entrevista Sobral conta que se tornar pastor preencheu o vazio interior que ele sentia. “O fim da minha vida é a igreja. Me tornei pregador do evangelho e abri um ministério da Assembleia de Deus aqui em Santo André, onde moro, faz um ano. É algo que faço com amor, que me enche de orgulho e me preencheu um vazio que sentia. Me sinto muito bem”.

Hoje o atleta de 34 anos prega em Santo André todas as quartas-feiras atraindo entre 50 e 70 fiéis. Além disso, ele recebe convite para pregar em outros ministérios, chegando a participar de até três cultos em algumas semanas.

Apesar do trabalho como pastor, Sobral continua envolvido no esporte, tanto é que estuda Direito e pretende se especializar em Direito esportivo. “Só ser pastor sem nenhum curso não traz muita credibilidade. Quis me aprofundar nos conhecimentos do Direito, nas leis de Deus e do Homem. Ainda não sei direito em qual área vou seguir, mas provavelmente será algo voltado ao Direito esportivo”.

Fonte: Gospel Prime

Publicado em Brasil, Esporte

Zé Roberto diz que inspirou seu discurso para motivar jogadores do Palmeiras na Bíblia

ze-roberto-discurso-palmeiras-inspirado-bibliaO jogador Zé Roberto, 40 anos, volante da Sociedade Esportiva Palmeiras, fez um discurso inflamado no último sábado, 31 de janeiro, para contagiar seus colegas de equipe antes da estreia no Campeonato Paulista. A fala do atleta, repercutiu entre os torcedores, e o jogador admitiu que se inspirou na Bíblia para emocionar os outros jogadores.

“Para você ser um líder, não precisa carregar uma braçadeira de capitão no braço. Minha mãe foi sempre a líder da minha casa sem ter meu pai dentro dela […] Me lembrei muito da história de Davi: foi um rei que ganhou muitas batalhas, mas, antes de se tornar rei, estava no pasto apascentando as ovelhas do Pai, esquecido por muitos, e não davam nada para ele”, disse Zé Roberto.

Evangélico, o atleta tem uma longa carreira no futebol, com passagens vitoriosas por grandes equipes, como Real Madrid, Flamengo, Bayern de Munique, Santos e Grêmio. Na entrevista concedida ao canal Sportv, Zé Roberto afirmou que não pretendia que sua preleção aos colegas fosse gravada.

“Se eu soubesse que ia ser gravado ia pedir para apagar a câmera. Eu realmente fiquei meio assustado, não esperava toda essa repercussão, não”, disse o atleta.

No vídeo, Zé Roberto fala sobre a grandeza do Palmeiras, que nos últimos anos vem passando por momentos difíceis, decorrentes de má administração. A certa altura, ele faz os colegas dizerem uns aos outros que “o Palmeiras é grande” e diz que se lembra como era enfrentar o Palmeiras e ouvir a torcida exaltando a dedicação do ex-atacante Edmundo.

Com uma entonação de voz característica de pregadores pentecostais, Zé Roberto diz ainda que pretende ser vencedor durante sua passagem pelo Palmeiras, e que quer ver sua foto no vestiário do clube como campeão.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Esporte, Música

Neymar canta “Faz um milagre em mim” em vídeo no Instagram

neymarO atleta estava acompanhado por uma banda e mesclaram a música religiosa com o ritmo de samba.

O jogador Neymar tem uma ligação forte com a música gospel, quem o acompanha nas redes sociais se depara com trechos de canções religiosas servindo de legenda para algumas de suas fotos.

Nesta semana Neymar resolveu divulgar um vídeo em seu Instagram mostrando ele e alguns amigos cantando “Faz Um Milagre em Mim” – sucesso do cantor Regis Danese – em ritmo de pagode.

O vídeo não é recente e foi postado pelo atleta na quinta-feira (29) dia de relembrar bons momentos na rede social usando a hashtag #tbt ou #throwbackthursday.

Ligado à religião evangélica, Neymar não se envergonha de dar entrevistas citando que ouve músicas religiosas e já participou do quadro “Artilheiro Fantástico”, na Globo, pedindo canções evangélicas. Em uma dessas ocasiões ele escolheu “Raridade”, de Anderson Freire, para servir de trilha sonora para os gols marcados.

Fora isso, Neymar também gravou participação do vídeo clipe de “Nasci Pra Vencer”, do grupo de rap gospel “Ao Cubo”.

Fonte: Gospel Prime

Publicado em Brasil, Esporte, Política

George Hilton deixa claro que a IURD não participará de ministério

ministro-do-Esporte-George-Hilton“A igreja é onde pratico a minha fé”, disse o novo ministro do Esporte.

Em entrevista ao UOL Esporte o ministro do Esporte, George Hilton, falou sobre sua nomeação, a falta de afinidade com o tema da pasta e deixou claro que a Igreja Universal do Reino de Deus, da qual é pastor, não fará parte de seu trabalho assim como não fez durante os anos que foi deputado.

“Igreja Universal nunca participou do meu trabalho como deputado. A igreja é local onde exerço minha crença e a minha fé. Igreja funciona como um local onde eu posso praticar a minha religiosidade. O trabalho parlamentar sempre focou a defesa ao cidadão, independentemente do seu credo”, disse.

George Hilton também afirmou que a denominação não vai participar no esporte, pois suas funções – como igreja – vão além do tema. “A igreja tem que dar a contribuição dela no campo dela, lá, dentro do templo. Aqui, é o ministro George Hilton que tem, sobretudo, foco em programa de governo que precisa disseminar o esporte não só da igreja, mas de outras instituições, que podem ser parceiras”.

Questionado sobre o fato ocorrido em 2005, quando foi pego com R$ 600 mil em dinheiro – fato que o fez ser desligado do PFL – Hilton comentou que estava fazendo o seu trabalho de pastor e que não houve nenhum crime identificado no flagrante.

“Estava em pleno recesso parlamentar, pastor evangélico, de forma voluntária, atendendo ao serviço da igreja, de entrega de doações, e que foi abordado, mas estava documentado e, portanto, foi liberado e sem que isso gerasse nenhum processo”, comenta.

Ao falar sobre seu trabalho como Ministro, o deputado licenciado diz que foi convidado pela presidente Dilma Rousseff para assumir o posto e elaborar um plano nacional para disseminar a prática esportiva no Brasil. “Aceitei com muito prazer e entusiasmo e estarei cumprindo este objetivo”.

Fonte: Gospel Prime

Publicado em Brasil, Esporte

“Tive um encontro pessoal com Deus”, diz Cicinho

cicinho_sportJogador recorreu à religião para se libertar do alcoolismo.

Em entrevista ao Globo Esporte o jogador Cicinho, que atualmente veste a camisa do Sivasspor, da Turquia, revelou que conseguiu superar o alcoolismo ao se tornar evangélico.

Foi sua esposa, Marry, quem o convidou para ir a igreja logo quando eles se conheceram. Através da religião o atleta teve um encontro com Deus e parou de beber.

“Ela que me apresentou Jesus. Recebi o convite para ir à igreja. Ela queria mexer com a minha fé. Fui, tive um encontro pessoal com Deus e senti a vida de outra maneira. Foi quando mudei totalmente minha cabeça”, disse.

Hoje Cicinho entende que o relacionamento com Deus impede a pessoa de cair em armadilhas. “Se você não tem uma estrutura, um relacionamento com Deus, você vai cair nas armadilhas que a vida proporciona”.

O vício começou depois que o atleta foi jogar na Europa, os problemas de saúde e a fama o levaram para uma vida de depressão e bebidas.

“Eu não imaginava, mas estava depressivo e entregue à bebida. Eu não queria mais responsabilidades. Eu ia dormir às 4h, 5h da manhã e acordava às 8h30 para treinar. Quando voltava, a geladeira estava cheia. Eu começava a beber”, relembra.

Mas depois de se tornar evangélico, Cicinho não tem mais vontade de beber. “Há dois anos, quando eu passava na porta de um bar, eu tinha vontade de entrar e beber uma cerveja. Hoje, não mais. Posso até sentar num bar, mas para comer um lanche, e sempre acompanhado da minha esposa”.

Fonte: Gospel Prime

Publicado em Esporte, Mundo

Zlatan Ibrahimovic afirma que é Jesus Cristo para motivar seu time antes de jogo decisivo

Player-Profile-Zlatan-IbrahimovicApós afirmar ser Deus em entrevista, o atacante sueco Zlatan Ibrahimovic voltou a chamar a atenção por se autodeclarar Jesus Cristo para tentar motivar seus companheiros do Paris Saint-Germain antes de um jogo decisivo da equipe.

Segundo o UOL, conhecido por seu jeito arrogante, que teria sido o motivo de seu desligamento do Barcelona em 2011, o jogador tem a sua própria forma de arrancar o máximo de seus companheiros, que pode envolver xingamentos ou até mesmo se autodeclarar Jesus Cristo.

De acordo com Marco Verratti, companheiro de time de Ibrahimovic, o episódio aconteceu antes da partida que deu ao PSG o título francês da temporada 2012/13, que colocou fim a um jejum de 19 anos do clube parisiense.

Em entrevista para a revista FourFourTwo, Verratti afirmou que o técnico Carlo Ancelotti estava completamente nervoso antes do jogo decisivo contra o Lyon, quando o sueco se aproximou para acalmar os ânimos e motivar a equipe.

– Você acredita em Jesus? – perguntou o jogador que, após a resposta positiva do treinador, afirmou enfaticamente: “Então você acredita em mim, pode relaxar”.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Cotidiano, Esporte

Conversão: Familiares e amigos contam como a fé transformou a vida do goleiro Fábio, do Cruzeiro

fabio-cruzeiro-igreja-cultoO goleiro Fábio, um dos principais jogadores do atual elenco do Cruzeiro, é conhecido também por sua fé evangélica. Membro da Igreja Batista Getsêmani, liderada pelo pastor Jorge Linhares, o jogador tem uma trajetória de fé que é desconhecida por muitos, e que foi detalhada por familiares e amigos em uma reportagem especial do Globo Esporte.

Antes de sua conversão, Fábio seguia o mesmo caminho que muitos jovens atletas, tendo a vida conduzida pela fama e pelo dinheiro para uma rotina baseada em festas, bebidas e mulheres. Segundo pessoas próximas ao jogador, ele chegava a gastar todo o seu salário em festas.

– O salário, ele recebia em vale alimentação. Eu me lembro de algumas histórias em que ele reunia a galera toda e torrava tudo em churrasco – conta Lucas, sobrinho do Jogador.

– Acabava a concentração, ganhou o jogo, a segunda e a terça-feira era para beber. “Eu sou o Fábio jovem, aproveitador, caiu na rede é peixe. Vamos beber, vamos farrear. No outro dia, vamos treinar” – comentou o pastor Jorge Linhares, sobre o perfil do jogador antes da sua conversão.

– O Fábio, antes, eu falo que a alegria do meu marido, infelizmente, mesmo sendo um atleta, era a bebida. O Fábio só se alegrava na bebida – completou a esposa do Jogador, Sandra Maciel, que está com ele há quase 20 anos.

A conversão

Levando uma vida onde não havia espaço para a religião, a conversão de Fábio se deu no pior momento de sua carreira. Sua ida ao “fundo do poço”, bem como seu encontro com a fé, se deu após a final do Campeonato Mineiro de 2007, onde o Cruzeiro perdeu de 4 a 0 para o maior rival, o Atlético-MG. Em um dos gols, Fábio levou um chapéu de Danilinho, em outro, cometeu o pênalti. No quarto gol da partida, talvez o mais marcante da carreira, Fábio ainda buscava a bola no fundo das redes após o terceiro gol, quando Vanderlei recuperou a bola rapidamente e completou o placar. A má fase profissional se tornou ainda pior com uma séria contusão no joelho, que ele sofreu ao se chocar contra a trave.

– Quando ele machucou o joelho, ele ficou muito preocupado, pensou que era o fim. Perdemos para o Atlético-MG na final por 4 a 0 e foi realmente muito difícil – relembrou Geovanni, ex-jogador do Cruzeiro e amigo de Fábio.

A esposa do goleiro conta que foi em casa, quando sofria com o pior momento de sua carreia, que Fábio teve seu encontro com a fé, através de uma oração feita por um pastor em um programa de TV.

– Ele ficava em casa trocando de canal. Nisso ele parou num programa, e bem na hora o pastor disse que estaria rezando para quem estivesse com problema no joelho – revelou Sandra, afirmando que a partir dali, Fábio passou a frequentar a Igreja Batista Getsêmani, em Belo Horizonte.

Contrariando o prognóstico dos médicos, Fábio se recuperou de forma surpreendente da contusão no joelho e voltou a jogar em menos da metade do tempo previsto para a recuperação.

Segundo amigos, a conversão do jogador influenciou diretamente na sua vida como atleta, e mudou também, profundamente, a relação dele com a família. Renê Salviano, amigo de Fábio, conta que “depois que ele se converteu, passou a se dedicar mais, passou a ter mais carinho com o corpo, com a parte física e com a família”.

A esposa Sandra conta ainda como a fé influenciou a permanência do jogador no Cruzeiro, e relata que uma oração feita junto com o marido o levou a rasgar o contrato que o levaria para o clube espanhol Osasuña, mesmo sendo seu sonho jogar em um clube europeu.

– Voltamos para o Brasil. E foi quando ele renovou com o Cruzeiro. O Senhor nunca nos permitiu sair do Cruzeiro – conclui Sandra, ao contar sobre a desistência de Fábio em assinar com o clube espanhol, e sua permanência no futebol brasileiro.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Esporte

Kaká e Carol Celico reatam casamento

kaka e carol
Kaká e Carol Celico vivem em clima de lua de mel (Reprodução/ Instagram)

O casal ficou separado por mais de um mês, os motivos não foram revelados.

Na madrugada desta terça-feira (30) o jogador Kaká e a socialite Carol Celico postaram uma foto nas redes sociais mostrando que eles reataram o casamento.

Foram mais de 30 dias separados até que eles resolveram dar uma nova chance para o relacionamento que dura mais de 12 anos. Na legenda da foto Carol escreveu em inglês a frase “felizes para sempre” mostrando um momento de carinho entre eles.

O jogador copiou a mesma imagem e anunciou aos seus fãs de todo o mundo que eles estão juntos e que assim pretendem ficar para sempre.

Os rumores da separação foram difundidos na imprensa desde junho, mas ambos negavam qualquer tipo de crise no casamento até que em novembro uma pequena nota confirmou que eles estavam se separando. Inclusive as exigências judiciais a respeito da guarda das crianças foi publicada por sites e jornais de celebridades.

O casal e os dois filhos, Luca, 5 anos, e Isabela, 3, estão viajando para comemorar o Ano Novo e pelo Instagram mostram que estão juntos desde o Natal quando a família de Kaká e Carol Celico celebram o nascimento de Jesus em uma reunião íntima.

Fonte: Gospel Prime

Publicado em Esporte, Mundo

Copa do mundo de futebol cristão acontece em dezembro na Índia

copaOito seleções irão participar de competição.

A Copa do Mundo Expo Unity de Futebol será realizada em dezembro no estádio Nehru, em Goa, Índia. O evento, promovido pela Fundação para o Esporte de Goa e Associação de Futebol de Goa (GFA), recebeu o apelido de “Copa do mundo de futebol cristão”.

Seus idealizadores querem aproveitar o aumento da popularidade do esporte no país. Este ano surgiu a Super Liga de Futebol, cujo primeiro campeonato está sendo disputado e conta com vários jogadores de renome mundial.

Segundo Elvis Gomes, presidente da GFA, a Copa do Mundo Expo Unity inclui as seleções do Brasil, Nigéria, Gana, Portugal, Egito, Uzbequistão e Colômbia, além da anfitriã Índia. Já foram sorteados os dois grupos para a competição que tem apoio da FIFA e seguirá o mesmo modelo de enfrentamento da Copa.

O evento rompe paradigmas antigos. O esporte nacional indiano é o Críquete e a religião majoritária é o hinduísmo.  Além das partidas, os jogadores irão ministrar clínicas de futebol para os jovens indianos.

A abertura ocorrerá no dia 5 de dezembro e no dia seguinte o Brasil jogará sua primeira partida enfrentando a Índia. A final ocorrerá dia 14. Além de Goa, Hyderabad e Bangalore serão as cidades-sedes.

A equipe brasileira é composta de evangélicos que já jogaram por grandes clubes do Brasil, como Grêmio, Internacional e Corinthians.

Goa foi colônia de Portugal e a maioria de sua população é cristã. Segundo o site oficial, “o objetivo deste torneio é trazer uma relação mais estreita entre as crianças e a Igreja. Usar o evento para ajudar a aproximar os jovens de Deus através de várias experiências pessoais sendo compartilhadas por jogadores de diferentes partes do mundo”.

O jogador evangélico Chiquinho, 31, que atuou pelo Internacional no início dos anos 2000 e fará parte da Seleção Brasileira, participa em Porto Alegre de um projeto evangelístico que usa o futebol, o Aspirantes de Cristo. Ele comemora a oportunidade de atuar no evento internacional:  “Essa é uma oportunidade para mostrarmos nossas habilidades profissionais e oferecermos testemunhos de superação e fé aos povos de diferentes países”.

Fonte: Gospel Prime com informações de Times of IndiaMedhaj News e Correio do Povo

Publicado em Brasil, Esporte

Bicampeão brasileiro, Cruzeiro é o “time de Deus”

cruzeiro-camisa-deus-faz-campeao-fabioEsposas de jogadores dizem que oração é essencial para o sucesso da equipe.

Em meio às comemorações do bicampeonato do Cruzeiro neste domingo, chamou atenção a postura de grande parte dos jogadores, agradecendo a Deus. Era possível vê-los apontando para cima após os gols, um gesto conhecido de vários membros do Atletas de Cristo.

Nas entrevistas, Deus recebeu agradecimentos de praticamente todos os jogadores. Também havia camisetas com a inscrição “A Deus toda Glória” em letras azuis, cor do clube. No estádio um bandeirão gigante com a mesma frase atravessou toda a arquibancada de trás de um dos gols durante o jogo contra o Goiás.

“Os familiares se reúnem para orar. Sabemos que o futebol é um jogo, de derrotas e vitórias, mas sabendo que a ele toda a honra e toda a glória. E hoje nós dedicamos o título a Ele. É um time inteiro envolvido nisso, uma torcida inteira. Sabendo que há um Deus no céu que nos abençoa. Sem Deus, a gente não seria nada”, afirmou o zagueiro Léo.

site do canal ESPN fez uma reportagem extensa, mostrando que existe uma contínua campanha de oração pelo time, realizada por todas as esposas e namoradas dos jogadores. A ideia do bandeirão e das camisetas foi delas e paga por um rateio que inclui todos os jogadores, titulares e reservas.

Foto: DOUG PATRÍCIO
Foto: DOUG PATRÍCIO

Sandra Maciel, mulher do goleiro e capitão Fábio, conta que isso começou no ano passado, depois que o Cruzeiro perdeu para o Flamengo, na Copa do Brasil. “A gente se encontrou e se perguntou o que podíamos fazer por ele? ‘Vamos orar’. A gente começou a se reunir toda semana, temos um grupo com todas as esposas. Oramos pela vida deles, fortalecendo o físico, o emocional, livrando de lesões”, contou ela.

A partir daí surgiu o ‘Relógio da Oração’, em que cada esposa hora por um período determinado. São 24 horas orando, na véspera dos jogos. “Não é para a vitória, é para acrescentar o que Deus tiver que acrescentar”, explica Sandra. Uma das idealizadoras é a esposa do lateral-direito Ceará, que é pastor. São 32 mulheres envolvidas, que se comunicam por um grupo de Whatsapp.

A esposa de Fábio ressalta que eles tiveram apoio da torcida, que abriu a bandeira no estádio. “Não é religião, é essência de vida. A gente agradece por tudo que Deus faz. A gente fez a camisa igual a do bandeirão e outra também, se ganhasse ou perdesse, não importaria. É uma fé muito grande, uma conexão enorme. O que Deus tem feito no Cruzeiro não se explica”.

Embora a Fifa e o Código Brasileiro de Justiça Desportiva proíbam qualquer manifestação religiosa dentro de campo, o movimento Atletas de Cristo é bastante conhecido entre os jogadores de futebol. Fundado em 1980, reúne hoje cerca de 7 mil no Brasil. Vários jogadores da Seleção Brasileira são membros.

Fonte: Gospel Prime

Publicado em Brasil, Esporte

Convertidos ao Evangelho, principais atletas do surfe nacional testemunham mudança de vida

surf-musicNo Brasil, os praticantes do surfe foram vistos por muito tempo como “rebeldes sem causa” devido ao comportamento fora dos padrões mais comuns, e também por causa do alto índice de usuários de drogas entre os praticantes do esporte. Porém, esse cenário já não ilustra 100% da realidade atualmente.

Muitos dos principais nomes do surfe profissional do Brasil se identificam cristãos. Em estágios diferentes de aproximação da fé, esses atletas tomam Jesus e a Bíblia Sagrada como referência para buscar a superação de limites, segundo informações da Waves.

Gabriel Medina, 20 anos, considerado uma promessa no surf mundial, vive a iminência de desbancar Kelly Slater e se tornar campeão do mundo no esporte. Por influência da mãe, Medina pratica a leitura de um devocional chamado “Pão Diário”.

A mãe do atleta é frequentadora da Bola de Neve Church, e presenteou o filho com o livro: “É irado! Meu pai não vai à igreja, mas minha mãe vai sempre na Bola de Neve e me deu esse livro. Ela está me ensinando a ler a Bíblia. Não entendo muito. Tem umas palavras sinistras! Mas oro sempre antes de dormir”, relata o jovem atleta.

O veterano Dadá Figueiredo, que também era considerado uma promessa no esporte, sofreu com o abuso de drogas e viu a carreira seguir caminhos que não eram os esperados. Com a ajuda de amigos cristãos, superou o vício. “Aprendi a ter um relacionamento com Cristo e com os valores que ele prega. Jesus é a luz no fim do tubo”, diz o surfista.

Já Adriano de Souza, 27 anos, conhecido como Mineirinho, relatou que a fé tem sido seu sustento durante as fases difíceis.

Campeão mais jovem da história do Mundial Júnior (com 16 anos, em 2003) e do WQS, a segunda divisão do surfe mundial (aos 18 anos, em 2005), Mineirinho se apoia na crença em Deus para superar desafios. Lesionado, buscou forças na fé para superar as limitações e competir na etapa de Portugal do Circuito Mundial de Surfe (WCT).

“Estou sentindo uma dor muito forte no joelho, mas Deus está comigo e eu não sofri essa lesão à toa. Hoje é dia de superação, essa será a minha maior arma. Quando fui campeão aqui, também estava com uma lesão no joelho. Não estou 100%, estou 50%, mas estou muito focado e tenho fé que posso conseguir um bom resultado. A minha esperança é a última que morre. Estou orgulhoso de mim por ter me superado em uma situação dramática. Dei tudo o que podia. Fiquei muito feliz por ter vencido. Mas, embora não estar 100% estou muito bem mentalmente”, contou Mineirinho.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Esporte

Kaká e Carol Celico são criticados após confirmarem o fim de seu casamento: “Estão distante dos caminhos do Senhor”

fim-casamento-kaka-carol-celico-e1415451804613No início da semana a assessoria de imprensa de Kaká confirmou o fim do casamento do jogador com a ex-pastora e cantora evangélica Carol Celico. A confirmação do fim do relacionamento de nove anos encerrou uma onda de rumores sobre o fim do relacionamento do casal, que vem circulando desde junho desse ano. Pelas redes sociais, seguidores de ambos criticaram o fim do casamento, e afirmaram que eles estão caminhando “distante dos caminhos do Senhor”.

As inúmeras críticas foram feitas principalmente nos perfis de Kaká e Carol Celico no Instagram.

– Carol, que triste ver uma mulher que já pregou a palavra distante dos caminhos do Senhor.. Triste ver um casamento acabando, sabemos o quando isso entristece o coração de Deus.. Que você volte para os braços do pai e que sua vida seja voltada a Ele novamente! Deus te abençoe – lamentou uma das seguidoras de Carol na rede social.

– O que eu percebo nesses anos é que até hoje você ainda não se encontrou como ser humano… Faz uma coisa, faz outra, acredita, desacredita, se esconde nas roupas depois mostra o corpo, enfim – criticou uma seguidora em uma foto que Carol aparece de camiseta preta e short, no Rio de Janeiro.

Entre as muitas mensagens contra o fim do casamento, muitos criticaram também o “mau” testemunho dado pelos dois com o fim de seu casamento.

– Cadê o testemunho de Deus no seu casamento… E os filhos como fica (sic), lamentável!! – esbravejou uma seguidora de Kaká, em uma foto publicada por ele na rede social ao lado dos filhos.

Outra seguidora de Carol afirmou que era dela a culpa pelo fim do relacionamento, afirmando que ela era uma pessoa simples antes de se casar com o jogador, e que ela não teria dado valor ao seu casamento, passando a viver “uma vida de photoshop”.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Esporte

Kaká e Carol Celico se separam após nove anos de casamento

Kaka e carolJogador e pastora já haviam passado por uma crise no mês de setembro.

O jogador Kaká e a empresária Carol Celico anunciaram oficialmente hoje sua separação após quase nove anos de casamento. Eles tiveram dois filhos: Luca (6) e Isabella (3).

Ao longo do ano, surgiram vários rumores de que o casal não estava mais junto. Carol admitiu publicamente que a relação passava por uma crise, mas negava a separação. Na entrevista dada à revista Época, em setembro, declarou: “Estamos juntos há 13 anos, começamos muito cedo: eu tinha 18 anos quando casamos, um pouco fora da curva. Qualquer relacionamento – seja de um ano ou 10 – tem crise. E toda crise pode vir para o bem. Aproveitei para surfar a onda e amadurecer como pessoa e no relacionamento”.

Recentemente, Carol lançou em São Paulo a fundação Amor Horizontal. O projeto inicial era apenas um site de doações, mas hoje “São 53 instituições que apoiamos. São 8 mil crianças e adolescentes que já estamos ajudando”, explicou.

Carol é empresária, mas já foi pastora da Igreja Renascer e cantora gospel. Embora continue evangélica, ela rompeu com Estevam e Sônia Hernandes em 2011. Naquele ano, durante entrevista ao programa Show Business, explicou: “Não sinto mais vontade de ir à igreja, não gosto de rótulos. Hoje, sou seguidora de Cristo. O tempo que passamos lá na igreja [Renascer] foi bom, não me arrependo. Aprendi o que devo ou não fazer”.

Afirmou que continua seguindo a Cristo, mas sem pertencer a uma denominação. “Deus me mostrou que posso caminhar com as minhas próprias pernas”

Kaká e Carol casaram-se em 2005, quando ainda bem jovens: ela tinha 18 e ele, 23 anos. Na época, seu casamento teve grande repercussão pois ambos anunciaram que se casaram virgens. Após muitos anos morando na Europa, onde Kaká jogou por Inter de Milão e Real Madrid, voltaram para o Brasil este ano.

Atualmente emprestado para São Paulo, a partir do ano que vem Kaká irá atuar pelo Orlando City, no campeonato dos Estados Unidos.

A última aparição do casal ocorreu dia 26 de outubro. O anúncio da separação foi confirmado em nota pela assessoria de imprensa do jogador nesta segunda-feira, 3:  “Eles estão separados, mas não posso dar nenhum detalhe. É algo particular deles”, dizia a nota.

Fonte: Gospel Prime com informações UOL

Publicado em Brasil, Cotidiano, Esporte

“Quando fui para a Rússia, tive um encontro com Deus”, revela Mário Fernandes

Mário Fernandes explica mudanças em seu estilo para retornar à seleção brasileira (Foto: Heuler Andrey / Mowa Press)
Mário Fernandes explica mudanças em seu estilo para retornar à seleção brasileira (Foto: Heuler Andrey / Mowa Press)

Lateral-direito afirma que religião o fez mudar após rejeitar a Seleção em 2011

Convocado pela segunda vez à Seleção Brasileira, o lateral-direito Mário Fernandes dessa vez se apresentou ao técnico Dunga. Em 2011, em boa fase no Grêmio, o jovem rejeitou defender a “amarelinha” ao ser chamado pelo então treinador Mano Menezes.

Segundo explicou em entrevista coletiva em Pequim, onde o Brasil enfrenta a Argentina no Superclássico das Américas, a conversão para a religião evangélica transformou a vida de Mário.

— Foi Deus quem me mudou. Quando jogava no Grêmio, tinha algumas atitudes que não eram certas. Queria saber muito de festas. Não era feliz. Quando fui para a Rússia, tive um encontro com Deus — revelou o jogador do CSKA Moscou.

No futebol russo, o zagueiro adaptado para a lateral por Renato Portaluppi assumiu a titularidade no novo time. Na Seleção, porém, será reserva de Danilo. Pode ter a chance de entrar na equipe no amistoso contra o Japão, dia 14. É a oportunidade que terá de buscar espaço para a Copa de 2018.

— Paguei o preço por ter feito aquilo, perdi até a oportunidade de disputar uma Olimpíada. Mas graças a Deus estou de volta e vou fazer de tudo para, quem sabe, disputar a Copa do Mundo na Rússia em 2018 — frisou.

Fonte: Jornal Zero Hora