Publicado em Reflexão, Vídeos

Assista a “DEUS PREDESTINA COM QUEM VAMOS CASAR? OU É UMA ESCOLHA MINHA? | PNO #226 – AUGUSTUS NICODEMUS” no YouTube

Anúncios
Publicado em Brasil, Filmes, Televisão

A Terra Prometida: Record se inspira em Game of Thrones e promete repetir novela no cinema

josue-terra-prometida-continuacao-os-dez-mandamentosA TV Record aposta suas fichas na novela A Terra Prometida para repetir o sucesso alcançado no último ano com a exibição de Os Dez Mandamentos.

A nova “novela bíblica” da emissora estreia hoje, 05 de julho, na mesma faixa horária de sua antecessora, dando sequência imediata àhistória encerrada ontem, 04 de julho, com grande índice de audiência e críticas pontuais da mídia especializada.

O investimento que a Record está fazendo para a nova produção esbarra na casa dos R$ 100 milhões, e envolve produção de novos cenários, gravações em locações no exterior e efeitos especiais. Os 30 primeiros capítulos da novela terão cenas gravadas no deserto da Namíbia, na África, que servirão para ambientar o público sobre o contexto da história.

De acordo com a Folha Universal, a emissora aposta em “um elenco renovado e formato de série”, para surpreender o público “com os efeitos especiais das cenas, como as das batalhas entre os povos, a travessia do rio Jordão entre outros momentos importantes da trama”.

A referência ao “formato de série” se dá pela inspiração da produção na premiada Game Of Thrones (HBO), com cenas de batalhas mais intensas e trilha sonora de impacto, de acordo com informações do Correio 24 Horas.

Sobre a audiência, a Record quer repetir e ampliar o sucesso: “A audiência de Os Dez Mandamentos foi o reflexo imediato da aceitação popular que prova que esse novo conceito de teledramaturgia deu certo. A história resgata valores morais, espirituais e familiares em uma época conturbada em nosso país”, comentou Alexandre Avancini, diretor de ambas as novelas.

Vacina

Calejada com as críticas à maquiagem e cenários, a Record decidiu terceirizar a produção de A Terra Prometida. Os elementos produzidos pela equipe da emissora na primeira temporada de Os Dez Mandamentos chegaram a ser elogiados por mostrarem evolução de acabamento e detalhes em relação a produções anteriores, mas na segunda temporada, com capítulos adicionais inicialmente não planejados, a qualidade caiu muito, e a mídia não perdoou, chegando a compará-los com “carros alegóricos de escola de samba do grupo de acesso”.

Dessa forma, a emissora se preveniu e decidiu terceirizar os trabalhos, contratando a produtora Casablanca, responsável pela elogiada Escrava Mãe. O resultado, de acordo com os jornalistas que assistiram às primeiras cenas, foi satisfatório.

“A terceirização da produção para a Casablanca parece ter feito bem ao produto final”, comentou a jornalista Cristina Padiglione, do Estadão Conteúdo.

“Pesa agora, também a olho nu, uma lista mais extensa de bons atores. Como numa partida de futebol, são elementos relevantes para contagiar os inexperientes e fazer a jogada funcionar. Temos Beth Goulart, Milhem Cortaz, Luciana Braga, Raymundo de Souza, André Ramiro, Elizangela, Yacanã Martins, Ernani Moraes, Valéria Alencar e Marcos Winter – irreconhecível sob o make up que lhe deu longas madeixas”, acrescentou, elogiando a maquiagem, um dos itens que mais foram criticados na segunda temporada de Os Dez Mandamentos.

Grandiosidade

As perucas ajudarão os atores Kadu Moliterno, Castrinho, Paulo César Grande, Igor Rickli, Fábio Villa Verde, Rodrigo Phavanello, Leonardo Miggiorin e Felipe Folgosi, Nívea Stelman, Cristiana Oliveira, Paloma Bernardi, Miriam Freeland e Maytê Piragibe, dentre outros, a caracterizarem os hebreus que conquistaram Jericó e, posteriormente, Canaã.

“Nada de elenco enxuto e o número de figurantes normalmente é alto, para encarar as batalhas e travessias para a Terra Prometida. O texto está nas mãos de Renato Modesto, com colaboração de Aimar Labaki, Ecila Pedroso, Stephanie Mendes, Jaqueline Vargas e Marcos Lazarini”, informou Padiglione.

Cinema

Os elogios à produção de A Terra Prometida vão além às questões de maquiagem e figurino, e dão a entender que a Record já se planejou para transformar sua novela em um filme, seguindo o mesmo caminho de Os Dez Mandamentos.

A diferença agora é que com planejamento, Alexandre Avancini já trabalha prevendo que cada cena é candidata a estar no corte de duas horas que irá para as telonas.

“Queremos que essa novela renda também uma série de produtos”, disse Avancini. “A gente criou uma legião de fãs, como eu nunca vi acontecer com uma novela”, acrescentou.

O autor Renato Modesto prometeu uma nova novela, mantendo os acertos da antecessora, mas corrigindo os erros. É provável, então, que além das mudanças técnicas, o público perceba diálogos com dinâmica diferente.

Modesto admitiu a inspiração na série da HBO: “Game of Thrones foi uma entre muitas influências que naturalmente acontecem. Eu gosto muito de assistir a séries e a filmes, e essas influências são naturais. E eu gosto muito de Game of Thrones”, afirmou, em entrevista ao E+, do jornal O Estado de S. Paulo.

Jericó

A queda das Muralhas de Jericó, que está prevista para ir ao ar entre o capítulo 50 e 60, já começou a ser gravada, porque existe grande trabalho de pós-produção para o incremento dos efeitos especiais.

A Terra Prometida foi planejada para ter 130 capítulos, mas se sabe que o número pode aumentar, e muito: “O Renato teve o cuidado de colocar alguns flashes de Os Dez mandamentos”, explicou Avancini, como uma prevenção para ambientar possíveis novos telespectadores.

Apocalipse?

“Depois que Josué se for, ao final desta produção, a Record não dará seguimento à narrativa cronológica da Bíblia, mas tem propósito de continuar no ramo. O Apocalipse é a ideia mais cotada para manter esse público sintonizado”, informou a jornalista Cristiana Padiglione.

Sobre a possibilidade, Alexandre Avancini aprova a ideia de dar um salto temporal para refrescar as ideias, mas sem impedir que, posteriormente, a Record volte a dar sequência à narrativa bíblica, amarrando os conceitos do Velho Testamento.

“Acho que nem seria bom dar seguimento cronológico ao que virá a seguir, as pessoas podem se cansar desse fio tão longo, pode ser mais interessante partir para outro momento bíblico”, comentou Avancini.

Veja uma chamada para a nova “novela bíblica” da Record:

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Cotidiano, Televisão

Silvio Santos alfineta a filha evangélica Patrícia Abravanel: “Só pode ter filho depois de casar”

Silvio Santos e Patrícia Abravanel (Reprodução/Instagram)
Silvio Santos e Patrícia Abravanel (Reprodução/Instagram)

Silvio Santos continua fazendo piada com o que vem pela frente. E sua mais nova “vítima” foi a filha, a apresentadora Patrícia Abravanel, evangélica, que vive com o noivo e engravidou antes de casar.

A provocação se deu por recentes declarações de Patrícia em relação a questões de gênero e homossexualidade, e que foram amplamente criticadas pela imprensa no geral.

Como é tradicional da parte de Silvio, ele aproveitou que a filha está sob escrutínio da mídia para alfinetá-la: “Tem gente que tem lua de mel antes de casar e até tem filho. E o filho me chama de avô. Para ter filho tem que casar, não tem?”, perguntou o apresentador ao auditório, no último domingo, 03 de julho.

Judeu, Silvio disse o que pensa sobre a filha: “Não pode ter filho antes de casar, principalmente se for evangélica. Se for evangélica, só pode conhecer mel e lua depois de casada”, continuou, em tom sarcástico.

Constrangida, Patrícia reagiu à fala do pai de forma imediata, considerando tudo uma brincadeira: “Meu filho foi a melhor loucura que já fiz na vida. Meu pai quer tanto que eu case que ele me pressiona em rede nacional”, completou. Ela vive com o deputado federal Fábio Faria, com quem tem um filho de dois anos de idade, Pedro Fábio.

Prosperidade polêmica

Recentemente, Patrícia se tornou alvo de crítica intensa por dizer que nos países onde há fé em Deus e uma consciência coletiva sobre o poder do trabalho, existe mais prosperidade.

“Países muito místicos muitas vezes tem consequências; o povo deixa de trabalhar. Países mais racionais, que têm uma fé em Deus, mas que acreditam no esforço, no suor, no trabalho, em se portar, em ter um casamento e ter que cuidar dele, esses países vão mais para frente”, afirmou.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Música

No Facebook, Damares anuncia que está grávida de seu primeiro filho

A cantora pentecostal Damares anunciou aos seus seguidores que está grávida de seu primeiro filho. A gestação está próxima de completar três meses.

O anúncio foi feito pela cantora em um show no Maranhão, e o público presente no evento vibrou com a notícia. Posteriormente, Damares publicou o vídeo desse momento em sua página no Facebook, e até o fechamento dessa matéria, já somava 445 mil visualizações e mais de 3 mil compartilhamentos.

“[Vou] aproveitar que meu esposo está ali me filmando agora… Quero dar uma notícia especial para vocês […] Deus nos surpreendeu e há um mês e meio atrás, eu descobri que estou grávida! Eu achei que estava de um mês, um mês e pouquinho, aí eu fui no médico e fiz um ultrassom essa semana. Já estou com quase três meses!”, contou Damares.

Veja:

Livramento

A cantora e o marido, pastor Aldori de Oliveira, foram abençoados com um livramento há pouco mais de um ano, quando sofreram um grave acidente de trânsito na viagem de volta de uma das apresentações de Damares.

No acidente, o carro em que Damares e o pastor Aldori viajavam capotou por três vezes antes de parar à beira de um barranco. “Foi um acidente muito grave! Nem era para a gente estar aqui, para eu estar aqui, falando com todos vocês. Mas Deus nos deu a vida de volta, nascemos de novo”, disse a cantora à época.

Damares revelou que sua reação no momento do acidente foi de clamor: “Me lembro que na hora do acidente, eu só gritava o nome Jesus e o carro parou. Jesus veio em milagre, veio com o socorro naquela hora. Eu só tenho agradecer a Deus pelo livramento”, resumiu.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Televisão

Final da novela Os Dez Mandamentos é fortemente criticado pela mídia especializada; Entenda

moises-guilherme-winter-velho-apos-passagem-de-tempo-na-segunda-temporada-de-os-dez-mandamentos-1467648686974_680x320O final da segunda temporada da novela Os Dez Mandamentos foi levado ao ar ontem, 04 de julho, pela TV Record, e se tornou alvo de olhares não muito amistosos da mídia especializada, que criticou o improviso da emissora na caracterização dos atores para representa-los 40 anos mais velhos.

Todos os críticos destacaram o fato de que, o público, inebriado pela história do êxodo, não se importou com os detalhes técnicos ou com os diálogos melodramáticos – ferramentas usadas para fazer a narrativa bíblica se encaixar no tempo que a Record precisava para aprontar a sucessora, A Terra Prometida – e acompanhou a nova temporada com o mesmo ímpeto até o final.

A morte de Moisés e o estabelecimento de Josué como novo líder do povo foram os principais acontecimentos do último capítulo de Os Dez Mandamentos, que deixou a história preparada para a nova saga dos hebreus.

Para o crítico Tony Goes, do F5, no último capítulo da novela a direção manteve os erros cometidos ao longo de toda a segunda temporada: “Excesso de câmera lenta, efeitos cafonas, texto grandiloquente e interpretações canhestras deram o tom. E nenhuma foi pior do que a voz de Deus feita por César Willian —que pelo menos tem a desculpa de ser apenas locutor, não ator”, comentou o jornalista.

“Sem falar que o nítido esforço em cenários e figurinos praticamente foi posto a perder pela pífia caracterização dos personagens como velhos. Barbas obviamente postiças e maquiagens rudimentares deixaram o elenco com cara de estudantes no espetáculo de fim de ano do colégio”, criticou.

Michael Godoy, comentarista especializado do portal N10, usou outra novela da emissora para comparar a qualidade de cenários, figurinos e maquiagens de Os Dez Mandamentos: “Diferentemente do que ocorre com Escrava Mãe, uma belíssima produção de época da Record, engavetada por 8 meses, a emissora, mais uma vez, não foi feliz com a realização de sua produção. Assim como ocorreu nas produções bíblicas anteriores, seja a novela ou as minisséries, a Record parece não ter aprendido, ainda, a caracterizar seus personagens”, disse.

“Tudo ali foi artificial, desde o texto absurdamente melodramático de Vivian de Oliveira, que transformou uma história bíblica em uma trama infanto-juvenil sem precedentes, passando pelos cenários, e pela maquiagem mal feita dos atores. Totalmente trash”, disparou.

O investimento inicial feito pela Record na primeira temporada de Os Dez Mandamentos superou a casa dos R$ 100 milhões, valor também dedicado à nova “novela bíblica”, A Terra Prometida. Talvez esteja nesse detalhe o segredo para a baixa qualidade técnica para a segunda temporada de Os Dez Mandamentos, já que esta foi criada para ser uma ponte entre a primeira e sua sucessora, e provavelmente não estava no planejamento inicial da emissora.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Música

Eyshila relembra nascimento de Matheus Oliveira na data de seu aniversário: “Dor insuportável”

eyshila-matheus-oliveiraA cantora Eyshila publicou uma foto ao lado de seu filho, Matheus, que faleceu no último dia 14 de junho, para relembrar a data de seu nascimento: 04 de julho de 1998, e disse que a dor que sente por sua partida é “invisível e insuportável”.

Matheus Oliveira faleceu aos 17 anos vítima de uma meningite viral, após 14 dias internado em um hospital do Rio de Janeiro (RJ).

Eyshila revelou detalhes do nascimento de Matheus, que se apressou em três dias para vir ao mundo, e da emoção que sentiu ao dá-lo à luz.

Confira o texto publicado pela cantora:

Dia 4 de Julho de 1998 nascia o meu primogênito, Matheus Oliveira Santos. O parto estava marcado para o dia 7, porém ele decidiu nascer um pouco antes. Foi um misto de dor e emoção. O parto, que seria uma cesariana, acabou sendo normal, e foi uma experiência dolorosa, porém surpreendentemente maravilhosa.

No dia 1 de Junho de 2016 Matheus adoeceu, e no dia 14 ele partiu para Deus. Descobrimos um nível muito mais elevado de dor: a dor da alma. Ela é invisível, porém insuportável. Ela sangra, mas a hemorragia não pode ser estancada por médicos mortais. Só o Espírito Santo tem o poder de curar essa dor. Não existe treinamento pra morte. Primeiro fazemos a prova, depois aprendemos a lidar com ela. Até o dia em que, definitivamente, ela será vencida e estaremos eternamente nos braços de Deus. Matheus não morreu, ele foi curado pra sempre. Agora o pecado não pode mais lhe tocar. E como mãe, eu quero agradecer ao Senhor pelo privilégio de ter sido escolhida pra cuidar dessa herança tão preciosa, por quase dezoito anos.

Obrigada, Senhor! Valeu a pena!

Meu filho não morreu! Ele é eterno, assim como é eterno o Deus que o formou. Assim como a dor do meu parto foi abreviada, eu profetizo que a dor do meu luto também será. Nenhuma dor é eterna. A vida sim, essa é eterna porque Jesus morreu e ressuscitou pra conquistar a eternidade das nossas vidas e a brevidade da nossa dor. Essa foto é um retrato da eternidade! “Porque lá no céu toda hora é hora de ser feliz.”  #Deusnocontrole #Jesusvive #Matheus1998-2016

Fonte: Gospel +

 

Publicado em Brasil, Televisão

Record prevê gravações em Israel para sua nova “novela bíblica”, Josué e a Terra Prometida

os-dez-mandamentos1A próxima “novela bíblica” da TV Record será Josué e a Terra Prometida, projeto que seria uma sequência de Os Dez Mandamentos, retratando a história dos hebreus após a condução do povo a Canaã por Moisés.

Novos detalhes da produção já foram definidos pela emissora, que resolveu novamente apostar numa novela histórica depois que a atual, Os Dez Mandamentos, vem conquistando bons índices de audiência e inúmeros elogios do público e da crítica.

“Alguns detalhes já podem ser antecipados sobre a história que dá sequência ao trabalho de Moisés. Enquanto a atual ‘Os Dez Mandamentos’ consumirá quatro fases, ‘Josué’, também com 150 capítulos, terá apenas uma”, informou o jornalista Flávio Ricco, do portal Uol.

A Record já teria definido que a trama de Josué e a Terra Prometida vai contar fatos ocorridos durante sete anos, e escalou um grupo de 60 atores para o projeto, 20 a menos do que Os Dez Mandamentos. Em contrapartida, haverá diversas participações especiais.

“A novela toda vai se passar em sete anos e só no final haverá uma passagem de tempo grande, mas que poderá ser resolvida com maquiagem, sem a necessidade de troca de atores”, informou Ricco.

As filmagens serão realizadas em locações de países da América Latina e em Israel, segundo o jornalista, além é claro da construção de uma cidade cenográfica no RECNOV, central de produções da Record semelhante ao PROJAC, da Globo.

Os valores de custo da nova “novela bíblica” da Record ainda não foram estimados pelos especialistas, mas deverá seguir uma faixa próxima à de Os Dez Mandamentos, que consome R$ 700 mil a cada capítulo, devido ao uso de efeitos especiais produzidos em Hollywood e da riqueza de detalhes dos cenários construídos para as filmagens.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Televisão

Deputado Marcelo Aguiar faz representação contra Globo por causa da “Galinha Convertidinha”

galinha-preta-convertidinha-e1424789070380O deputado federal Marcelo Aguiar (DEM-SP) reagiu à veiculação das piadas feitas pelos humoristas do programa Tá no Ar, da TV Globo, com a “Galinha Convertidinha”.

Na última segunda-feira, 23 de fevereiro, Aguiar enviou uma representação ao Ministério Público Federal (MPF) pedindo a avaliação de possível crime de intolerância religiosa contra os evangélicos.

O quadro em questão apresentava uma sátira às igrejas evangélicas que mantém programas na televisão, usando a “Galinha Convertidinha” – em alusão ao desenho infantil “Galinha Pintadinha” – para fazer severas críticas às denominações neopentecostais com paródias de cantigas infantis, além de apresentar um cão pastor alemão representando a figura de um líder evangélico.

De acordo com a assessoria de imprensa de Marcelo Aguiar, a representação enviada ao MPF frisa que a “Declaração Universal dos Direitos Humanos determina que a intolerância religiosa — fomentada pelo quadro televisivo aqui questionado —, além de ofender a dignidade da pessoa humana (CF, art. 1o, inciso III), é uma grave violação dos direitos humanos”.

O deputado da bancada evangélica pede que o MPF apure se houve “a incitação do preconceito contra os evangélicos provocado pela ridicularização, em rede nacional, dos seus símbolos e sinais, do seu comportamento perante a sociedade e, ainda, do seu modo de expressar a sua fé em Deus”.

Aguiar acrescentou ainda que a piada ultrapassou os limites do humor, e que uma prova disso foram os comentários veiculados por especialistas em televisão sobre o episódio, como por exemplo, o artigo “Globo testa limites com deboche a evangélicos”, escrito pelo jornalista Ricardo Feltrin e publicado no Uol.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Televisão

Justiça condena Globo a indenizar ex-mulher de pastor demitido da Igreja Universal; Entenda

justicaA ex-mulher de um ex-pastor da Igreja Universal do Reino de Deus processou a Editora Globo por conta de uma reportagem da revista Época e a justiça a concedeu ganho de causa em segunda instância, com indenização no valor de R$ 10 mil.

O processo foi movido Jacira Aparecida da Silva, divorciada de Gustavo Alves da Rocha, por causa de uma matéria que a colocava como fonte de algumas informações e declarações contra a Igreja Universal do Reino de Deus.

Na reportagem, o ex-marido de Jacira fazia acusações contra a Universal, e atribuía a ela falsas declarações sobre supostas irregularidades praticadas por representantes da denominação.

Jacira e Gustavo teriam se conhecido na mansão do bispo Edir Macedo em Nova York, onde ela seria empregada doméstica. Após o casamento “orientado por Macedo”, ele se tornou o pastor responsável pelo recolhimento, contagem e depósito dos dízimos dos fiéis nova-iorquinos da Igreja Universal.

A matéria da revista Época, intitulada “Aprendi a Extorquir o Povo”, de 18 de setembro de 2009, trazia uma série de acusações do ex-pastor, que havia sido demitido poucos meses antes. A denominação rebateu as declarações, negando as acusações do ex-pastor.

O desembargador Alexandre Alves Lazzarini deu ganho de causa a Jacira, dizendo que a postura da revista foi antiética: “Tal conduta, por certo, extrapola o mero exercício do direito de liberdade de informação, já que a reportagem ultrapassa os limites da função jornalística, que é de informar à coletividade fatos e acontecimentos, de maneira objetiva, sem alteração da verdade, resvalando nos direitos de personalidade da autora”, argumentou o juiz.

A revista Época, que alegava ter obtido a confirmação de Jacira sobre as declarações do ex-pastor, pode recorrer da decisão, segundo informações do Brasil Post.

Record

O caso recebeu destaque na emissora do bispo Edir Macedo, e foi tema de uma reportagem onde Jacira negou as afirmações feitas por seu ex-marido.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Televisão

Pânico vai fazer piadas com exorcismos de igrejas na TV em nova temporada, diz jornalista

eduardo-sterblitch-poderoso-castigaA nova temporada do programa Pânico na Band vai exibir piadas sobre a prática de exorcismo comuns em programas de TV das igrejas neopentecostais, como por exemplo, a Universal do Reino de Deus, do bispo Edir Macedo.

Em uma gravação que será realizada no Teatro Municipal de Paulínia (SP) nesta sexta-feira, 20 de fevereiro, os humoristas Eduardo Sterblitch, Carioca, Bola, Carlinhos Mendigo, Diego Becker, Pedrinho e algumas Panicats vão contar com a participação do público no quadro “A Igreja do Poderoso”.

A nova temporada do programa de humor estreia no próximo domingo, 22 de março, na Band, e deverá contar com mais interação do público em gravações semelhantes, segundo informações da jornalista Keila Jimenez, da Folha de S. Paulo.

O personagem Poderoso Castiga é uma representação de uma “entidade divina”, interpretado por Eduardo Sterblitch, e tem nos bordões, como “Mais ou menos, mais ou menos”, uma de suas principais características. “Ele é famoso pela indelicadeza e sinceridade além da conta”, comenta a jornalista.

“No novo quadro, gravado com a participação da plateia local, o Poderoso irá ‘atender’ aos problemas dos ‘fiéis’ presentes. ‘Está com depressão? Perdeu o emprego? Seus pais te batem com melissinha? Votou na Dilma? Problemas com seu time? Venha se reerguer! De mãos dadas conosco para exorcizar as coisas ruins da sua vida!’, fala o personagem”, segundo Jimenez.

Maldição

O Pânico na Band já brincou com temas ligados às igrejas neopentecostais em outras oportunidades. Em uma delas, irritou o apóstolo Valdemiro Santiago, que amaldiçoou a trupe de humoristas.

 “Vocês aí do Pânico que ficam fazendo chacota, estão fazendo chacota de Deus. Deus vai pesar a mão em cima de vocês”, disse o líder da Igreja Mundial, acrescentando que o programa é uma “imundície”.

“Eu não preciso de vocês, eu uso minha fé. Vocês têm de me usar, usar meu nome, usar minha voz para ter audiência. A coisa vai ficar feia para vocês”, ameaçou, dizendo que “enquanto Deus não pesar a mão em vocês, vocês não vão aprender a respeitar a obra”.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Televisão

“Galinha Convertidinha”: sátira de evangélicos na Globo é interpretada como “desrespeito”

galinha-convertidinhaUma piada com as igrejas evangélicas no programa Tá no Ar: a TV na TV, veiculado pela Globo na última quinta-feira, 19 de fevereiro, causou rebuliço nas redes sociais e até perplexidade de jornalistas especializados.

Em um quadro do programa, uma sátira às igrejas evangélicas que mantém programas na televisão usou a “Galinha Convertidinha” – em alusão ao desenho infantil “Galinha Pintadinha” – para fazer severas críticas às denominações neopentecostais com paródias de cantigas infantis.

“A Galinha Preta Pintadinha ganhou uma irmãzinha! Chegou a Galinha Convertidinha, e ela vem crente que está abafando. Com os melhores louvores infantis, ela vai trazer a palavra até a sua casa”, anuncia o locutor de um comercial assistido por crianças evangélicas.

Na sequência, o “DVD infantil gospel” fictício tem trechos das músicas apresentados às crianças, com paródias de músicas infantis da cultura popular: “Joelho dobrado/mantenha-se fiel/Se não orar direito, não vai entrar no céu/Ir pro inferno é fogo/a verdade é Universal/Cuidado com a hora do Juízo Final”, diz a letra.

Usando a melodia de outra canção infantil, a “Galinha Convertidinha” surge ao lado do “Cãozinho Pastor” e da “Ovelhinha de Jesus”: “Joaquim tava incorporado/Recebeu um santo/Credo, tá amarrado!/Foi meu pastor que disse assim/Fora desse corpo seu exu mirim”. O locutor ainda acrescenta mais zombaria: “Ela conheceu a verdade, e a verdade a libertou”.

Abrangendo suas críticas ao perfil da maioria dos pastores evangélicos, o esquete de humor faz piada com a forma que tais líderes se portam perante o público: “Meu pastor animadinho/Canta e Dança de Montão/De Montão/Quando quer mais dinheirinho/Compra um horário na televisão/Ele fala alto/Ele dá pulinho/Ele gosta mesmo é de conversão”.

Ao final, o locutor do “comercial” diz que “o DVD da ‘Galinha Convertidinha’ é vendido separadamente do da ‘Galinha Preta Pintadinha’, porque elas são da mesma família, mas não se bicam”, anuncia, em crítica às polêmicas entre líderes neopentecostais de diferentes denominações. “Compra mãe, em nome de Jesus”, dizem as crianças.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Cinema, Cotidiano, Filmes, Literatura

Fiéis da Assembleia de Deus protestam contra “50 Tons de Cinza”: “Esse filme vai destruir muitos jovens”

evangelicos-protestam-contra-50-tons-de-cinzaDefinitivamente os evangélicos não permitiram que o filme “50 Tons de Cinza” passasse em branco e alimentaram a polêmica em torno do longa-metragem baseado no best-seller homônimo.

Na última segunda-feira, 16 de fevereiro, aproximadamente 200 fiéis da Assembleia de Deus protestaram contra o filme em Erechim (RS). A ideia dos organizadores era se manifestar contra o sadomasoquismo presente na história erótica da franquia.

“Eu não acho que é saudável como o filme apresenta uma mulher depois da relação, jogada no chão sangrando de machucada. Fica aqui então nossa crítica através da nossa visão de sexualidade. Acho que esse filme vai destruir muitos jovens”, disse o pastor Geraldino Junior, um dos responsáveis pelo protesto.

A ideia de marchar em protesto contra o filme surgiu durante um congresso de jovens realizado nos dias anteriores. Durante o evento, o tema discutido foi “sexualidade saudável, pureza e romance”, segundo informações do G1.

Motivados pelas ideias trocadas durante o evento, os jovens evangélicos se propuseram a confeccionar cartazes e caminhar pelas ruas da cidade gaúcha anunciando Jesus e criticando o filme soft-porn.

Polêmicas e piada

Os livros que deram origem ao filme venderam mais de 100 milhões de cópias ao redor do mundo. Há expectativa de que “50 Tons de Cinza” se torne o filme de maior bilheteria da história, muito por conta da repercussão que está causando.

No Brasil, a maior polêmica envolvendo as críticas de um líder religioso envolveu o bispo Edir Macedo, que publicou em seu blog um artigo que classifica o filme como uma “perversão demoníaca.

O humorista e apresentador Rafinha Bastos aproveitou o episódio para fazer piada com o caso: “O bispo Edir Macedo falou que ’50 Tons de Cinza’ é um filme do demo. Ele pode até estar certo, mas se você quer ver o capeta, não precisa ir até o cinema… é só ligar a TV”, escreveu em sua página no Facebook, fazendo referência à já conhecida tradição da Igreja Universal do Reino de Deus em mostrar exorcismos em seus programas.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Televisão

Com boa audiência, Record anuncia encerramento da minissérie bíblica Milagres de Jesus

record-milagres-de-jesusA TV Record está exibindo neste mês a última temporada da minissérie bíblica Milagres de Jesus. O último episódio irá ao ar no próximo dia 24 de fevereiro, com os acontecimentos que culminaram na crucificação.

A estreia dessa temporada aconteceu no dia 02 de fevereiro, com a exibição do episódio “O Endemoniado de Cafarnaum”, cujo personagem principal foi interpretado por Ângelo Paes Leme.

Para o ator, o tema da minissérie permite explorar artisticamente certas características do comportamento humano: “São histórias que comovem a gente, pois mostram como o homem se sente diante do mundo. É deslumbrante poder investigar a alma humana. Neste trabalho, temos um jogo de dilemas, como o amor de pai para filha, ambição, ira, traição e inveja”, comentou ao portal R7.

Milagres de Jesus adotou uma estratégia diferente das demais produções que contam histórias bíblicas e mostrou as histórias do Filho de Deus operando milagres a partir da visão de quem recebia a benção. Dessa forma, em nenhum momento o rosto de Jesus foi mostrado na série.

Dirigida por João Camargo, a minissérie terá, ao total, 35 episódios, relatando a maior parte dos milagres operados por Jesus em seu ministério. A audiência média dos episódios vem ficando na casa dos 9 pontos, garantindo o segundo lugar para a Record.

Jornalistas especializados em teledramaturgia elogiaram a produção e a qualidade da minissérie em relação a cenários, iluminação, maquiagem, figurino e fotografia. O elenco de atores, que contou com Luciano Szafir, Gisele Itié, Cássio Scapin (conhecido pelo papel do Nino, no Castelo Rá-Tim-Bum), Caio Junqueira e Iran Malfitano estiveram no elenco, que ao todo, somou cerca de 400 atores.

A minissérie segue um modelo muito comum a seriados internacionais, apresentando um milagre de Jesus por semana, e construindo ao longo dos episódios os pontos em comum entre cada um dos agraciados: a fé. A Record veicula a série de segunda a quinta-feira, às 22h30.

Fonte: Gospel +

Publicado em Brasil, Literatura

Pastor diz que para o sexo ser bom no casamento não precisa ser igual a “50 Tons de Cinza”

50-tons-de-cinza1O filme “50 Tons de Cinza”, que adapta o romance do livro homônimo às telonas e estreou nos cinemas na última quinta-feira, 12 de fevereiro, vem causando grande celeuma no meio evangélico.

Líderes evangélicos críticos ao filme se amontam, e no Brasil, o bispo Edir Macedo publicou artigo que classifica o filme como uma trama “inspirada por demônios da perversão” e que pretende fazer apologia à violência sexual.

O pastor Craig Gross, fundador do site bestsexlifenow.com (“melhor vida sexual já”, em tradução livre), diz que a mensagem sobre sexo do filme levou algumas pessoas a acreditar que é necessário recorrer a extremos para que o sexo seja prazeroso, além de fomentar a indústria de acessórios de sexo.

“Muitos casais se sentem presos em vidas sexuais sem brilho, mas as fantasias apresentadas em ‘50 Tons de Cinza’ parecem algo inatingível”, disse o pastor Gross, acrescentando que “as pessoas podem ter muito sexo no casamento e experiências de verdadeira intimidade sem tomar as medidas extremas retratadas no filme”.

No site bestsexlifenow.com, Gross e um parceiro ministerial, Dave Wills, produzem vídeos que abordam as questões principais sobre o quarto dos casais cristãos. O pastor destacou que muitas questões sobre o uso de brinquedos e acessórios no sexo de casais cristãos foram enviadas ao site a partir da leitura do livro que inspirou o filme.

“Com a atenção que ’50 Tons’ tem obtido, muitos casais estão curiosos sobre que tipo de comportamento sexual é permitido para eles”, disse Gross ao Charisma News. “Contanto que seja dentro de um casamento e seja uma coisa que você queira tentar, não há nada na Bíblia que diz que você não pode. No entanto, há perigos quando você começar a se envolver em comportamentos extremos”, acrescentou o pastor.

Craig Gross tem um trabalho ministerial voltado à área da sexualidade. Ele foi um dos co-fundadores do site xxxchurch.com , que ministra a pessoas viciadas em pornografia ou imersos na indústria pornô.

Nesse meio, ouviu muitos relatos sobre o aumento do interesse por acessórios após o surgimento do livro. “É ótimo se divertir no quarto com o seu cônjuge, mas quando fica sombrio ou prejudicial, isso é um nível totalmente diferente. Se você ama o seu cônjuge, questiono por que você iria querer prejudicar ou degradá-lo”, pontuou o pastor. “A grande notícia é que você não tem que se envolver em tais comportamentos a ter uma vida sexual excitante”, resumiu.

“O sexo é um dom de Deus, que traz intimidade e conexão para o casamento. Ele foi criado para você mostrar seu amor para seu companheiro, e quanto você o estima”, concluiu.

Fonte: Gospel +

Publicado em Música

Lecrae conquista Grammy de Melhor Música Cristã Contemporânea

???????????????A 57º do Grammy ofereceu cinco prêmios aos cantores do gospel.

O cantor Lecrae foi o vencedor da categoria “Melhor Música Cristã Contemporânea” da 57º edição do Grammy Awards que aconteceu no último domingo (8) em Los Angeles.

Lecrae concorria ao prêmio com Needtobreathe, MercyMe, Crowder e Francesca Battistelli. A canção premiada foi “Messenger” cantada em parceria com For King & Country e ao receber o Grammy o artista fez uma dedicação especial à Jesus.

“Esta é uma noite que celebramos os dons que recebemos. Você não pode comemorar os prêmios de seus dons sem celebrar o doador de todos os dons. Eu quero celebrar Jesus”, disse.

O Grammy premiou outros cantores gospel como For King & Country que venceram na categoria “Melhor Álbum de Música Cristã Contemporânea” com o CD “Run Wild. Live Free. Love Strong.”; Erica Campbell como “Melhor Álbum Gospel” com o CD “Help”, Smokie Norful como “Melhor Performance/Som Gospel” com “No Greater Love” e Mike Farris como “Melhor Álbum Gospel de Raiz” com “Shine For All The People”.

Fonte: Gospel Prime

Publicado em Música

Pregador Luo participa do Domingo Show

PregadorluoO rapper cantou a música feita pelos meninos da ONG “Amanhã Melhor”.

O programa Domingo Show, da Rede Record, apresentou no último domingo (8) uma homenagem ao ex-pugilista Maguila que está internado há nove meses por conta do Mal de Alzheimer.

O ex-atleta brasileiro foi o idealizador da ONG “Amanhã Melhor” e as crianças atendidas por esta fundação prestaram uma homenagem a Maguila criando uma canção interpretada pelo Pregador Luo.

A gravação aconteceu na sexta-feira (6) e o rapper evangélico usou as redes sociais para comentar. “Acabei de gravar o programa Domingo Show na Rede Record em homenagem ao grande Maguila, um dos maiores pugilistas do Brasil.”

Já no domingo, durante a exibição do programa, Luo enviou uma mensagem ao ex-pugilista dizendo: “‪#‎somostodosMaguila na luta, respeito e cuidado com os portadores de Alzheimer. Juntos até o último round! Que Deus o conforte. Viva seu legado!”

O rapper tem muita ligação com os lutadores brasileiros, suas canções servem de trilha para lutadores como Rafael Feijão, Vitor Belfort, Thiago Silva, Wanderlei Silva e outros. Luo chegou a gravar um CD com o título “Músicas de Guerra”, lançado em 2008, um trabalho que serviu de inspiração para esses lutadores.

Fonte: Gospel Prime

 

 

 

Publicado em Música, Mundo

Katy Perry diz que conversou com Deus antes de sua apresentação no Super Bowl: “Estou com você”

katy-perry-super-bowlA cantora pop Katy Perry foi a responsável pelo show do intervalo da última edição Super Bowl e disse que recebeu uma mensagem de Deus antes de se apresentar para os torcedores presentes no estádio e os mais de 100 milhões de telespectadores que acompanharam a partida mundo afora.

“Eu me preparei durante um tempo e fiz um monte de oração e meditação”, disse a cantora, que é filha dos pastores Keith e Mary Hudson.

A preparação para sua performance foi feita de maneira intensa, e segundo Katy Perry, teve momentos especiais: “É engraçado, eu estava orando e recebi uma mensagem de Deus, com Ele dizendo: ‘Você pode fazer isso porque estou com você’. E então, quando eu estava em cima do leão (foto), um cara – um cara aleatório – apenas olhou para mim com um fone de ouvido, sem eu nunca ter me comunicado com ele antes, me olhou direto nos olhos e disse: ‘Você pode fazer isso’. E eu senti como se fosse ‘Oh, isso é Deus confirmando que eu posso fazer isso’”, disse a cantora ao E! News.

No dia 01 de fevereiro, horas antes da apresentação no SuperBowl, Katy Perry usou as redes sociais para compartilhar o Salmo 118:24 com seus fãs: “Hoje é o dia que o Senhor fez! Regozijemo-nos e alegremo-nos nele”.

Criada em um lar evangélico, Katy Perry começou sua carreira na música gospel, trocou de nome artístico para seguir no mercado secular e protagonizou diversos bate-bocas com seus pais. Nesse meio tempo, disse que não acreditava mais no Deus do cristianismo, porém entendia que Deus existe e que a oração é um meio de se comunicar com Ele.

Seu pai, pastor Keith Hudson, chegou a dizer que Katy agia como se fosse “filha do diabo”, e que era constantemente questionado sobre como poderia seguir à frente de um ministério se ele havia criado a menina que agora cantava sobre “beijar outras garotas”.

No entanto, às vésperas da apresentação no SuperBowl, o pastor disse que havia se entendido com a filha: “Eu não tenho problema. Ela vai fazer algumas coisas boas, e está animada [sobre sua participação no Super Bowl]”, disse Keith Hudson.

Fonte: Gospel +