As redes sociais e a glória de Deus


“Todas as coisas são lícitas, mas nem todas convêm; todas são lícitas, mas nem todas edificam. Ninguém busque o seu próprio interesse, e sim o de outrem. Comei de tudo o que se vende no mercado, sem nada perguntardes por motivo de consciência; porque do Senhor é a terra e a sua plenitude. Se algum dentre os incrédulos vos convidar, e quiserdes ir, comei de tudo o que for posto diante de vós, sem nada perguntardes por motivo de consciência. Porém, se alguém vos disser: Isto é coisa sacrificada a ídolo, não comais, por causa daquele que vos advertiu e por causa da consciência; consciência, digo, não a tua propriamente, mas a do outro. Pois por que há de ser julgada a minha liberdade pela consciência alheia? Se eu participo com ações de graças, por que hei de ser vituperado por causa daquilo por que dou graças? Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus.” (I Co 10:23-31)

Inicialmente eu gostaria de fazer quatro considerações:

1- Rede social é uma estrutura social composta por pessoas ou organizações, conectadas por um ou vários tipos de relações, que partilham valores e objetivos comuns. Uma das características fundamentais na definição das redes é a sua abertura a todo tipo de pessoa, possibilitando relacionamentos horizontais e não hierárquicos entre os participantes.

2- As redes sociais tem adquirido importância crescente na sociedade moderna. São caracterizadas primariamente pela autogeração de seu desenho, pela sua horizontalidade e sua descentralização.

3- Um ponto em comum dentre os diversos tipos de rede social é o compartilhamento de informações, conhecimentos, interesses e esforços em busca de objetivos comuns. A intensificação da formação das redes sociais, nesse sentido, reflete um processo de fortalecimento da Sociedade Civil, em um contexto de maior participação democrática e mobilização social.

4- Os números das redes sociais:

Ranking das maiores redes sociais

#1 Facebook 2.700.000.000
#2 Youtube 1.500.000.000
#3 WhatsApp 1.300.000.000
#4 Facebook Messenger 1.300.000.000
#5 Instagram 700.000.000
#6 Twitter – 1 328.000.000
#13 Skype 300.000.000
#14 Viber 260.000.000
#15 Snapchat 255.000.00
#19 Linkedin 106.000.000

Os perigos das Redes Sociais:

1- Isolamento social;
2- Relacionamentos superficiais;
3- Ausencia de profundidade relacional;
4- Um mundo de relacionamentos descartáveis;
5- Um mundo marcado pela ausência de frustrações;
6- Um mundo repleto de fantasias e experiencias pseudo prazerosas;
7- Um mundo de ilusões;
8- Brigas, discussões e intermináveis conflitos beligerantes.

Os benefícios das redes sociais:

1- Interação e relacionamentos com pessoas diferentes, de culturas e nações diferentes;
2- Novas amizades;
3- Estudo e crescimento profissional;
4- Rapidez e agilidade na divulgação de textos, fotos e documentos;
5- Entretenimento, lazer, arte e cultura;
6- Facilidade de busca por informação;
7- Agilidade e velocidade nas trocas de informação;
8- Maior diversidade nas relações profissionais e pessoais;
9- Facilidade de pesquisa;
10- Centro de informação e entretenimento;
11- Conteúdos Variados para Pesquisa;
12- Superação de distâncias.

Usando o Facebook para a Gloria de Deus

Como falei anteriormente, as mídias sociais mobilizam uma enorme multidão de pessoas no mundo, o Facebook então, nem se fala. As estatísticas apontam para mais de 2,7 bilhão de “facebookianos”. Como se costuma a dizer em Niterói, “é gente a dar com pau.”

Pois é, lamentavelmente muitos dos adeptos desta importante mídia tem usado esse espaço para divulgar fofocas, imoralidades, tolices, chocarrices e palavrões, isso sem falar na propagação de fotos, banners e desenhos que em nada edificam.

Prezado amigo, e você, como tem usado o facebook? Ora, tenho absoluta certeza de que esta grande rede social pode em muito contribuir para sua edificação.

Isto posto, à luz desta afirmação gostaria de oferecer algumas dicas de como usar o Facebook para a glória de Deus:

1- Use o Facebook para fazer amigos;
2- Use o Facebook para consolidar relacionamentos;
3- Use o Facebook para “pastorear”, apascentar e discipular o povo de Deus;
4- Use o Facebook para criar pontes relacionais;
5- Use o facebook para edificar o povo de Deus com postagens abençoadoras;
6- Use o Facebook para animar e fortalecer o fraco na fé;
7- Use o Facebook para celebrar a vida, a família e a amizade;
8- Use o Facebook para evangelizar e testemunhar do amor de Cristo;
9- Use o Facebook para celebrar a Cristo;
10- Use o Facebook para a glória de Deus.

Fonte: Voltemos ao Evangelho

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: