Publicado em Brasil

Sheherazade comenta pedido de indenização de lésbicas que perturbaram culto

Rachel+SheherazadeO comentário da jornalista afirma que o beijaço gay em culto não é apenas um, mas três crimes segundo o artigo 208 do Código Penal.

A jornalista Rachel Sheherazade comentou em seu programa na rádio Jovem Pan o pedido de indenização feito por duas jovens que foram presas por se beijarem durante culto evangélico para “protestar” contra o deputado Marco Feliciano que era o preletor da noite.

O fato aconteceu em 15 de setembro de 2013, e apesar de ter dado ordem de prisão para as garotas – com base no artigo 208 do Código Penal – Feliciano, e nem os cristãos que estavam no culto – não prestaram queixa contra Joana Palhares e sua companheira Yunka Miura que agora querem R$ 2 milhões de indenização.

Para a jornalista o ato de protesto das jovens lésbicas pode ser entendido não como um, mas três crimes: “escarneceram de um líder religioso publicamente por motivo de suas crenças; interromperam uma liturgia e ainda por cima ofenderam um ato religioso, no caso o próprio culto.”

O artigo usado por Feliciano para dar ordem de prisão durante o culto afirma que é crime “escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso”.

Por este motivo elas foram levadas para a delegacia, mas liberadas em seguida. Pedindo indenização por danos morais decorridos de “homofobia”, a dupla tenta ser reconhecida como vítima no episódio.

“Se houve ofensa no lamentável episódio do ‘beijaço’, ela não partiu dos cristãos, esses são os ofendidos”, disse Sheherazade. A comentarista e apresentadora do Jornal da Manhã entende que o protesto não deveria acontecer dentro de um culto religioso que é protegido pelas leis brasileiras.

“Há hora certa e lugar propício para tudo. Se as meninas queriam protestar contra o deputado Feliciano que fizessem seu ‘beijaço’ no Congresso, que é a casa do povo. O culto religioso é a casa de Deus, protegida inclusive pelas leis dos homens”, disse.

 Fonte: Gospel Prime

Anúncios

Autor:

Jornalista por profissão e discípula por vocação com o compromisso de ser relevante para o Reino de Deus!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s