apostolo-valdemiro-santiagoA Igreja Mundial do Poder de Deus, liderada pelo apóstolo Valdemiro Santiago, vem atravessando séria crise financeira nos últimos anos, e agora enfrenta nova turbulência interna devido à falta de pagamento de aluguéis dos templos.

O problema, surgido anos atrás com a denúncia de desvio de dízimos e ofertas doados pelos fiéis, se agravou com a forte investida da concorrente Igreja Universal do Reino de Deus. A denominação liderada pelo bispo Edir Macedo ofereceu mais dinheiro e levou os horários que a Mundial locava na maioria das emissoras abertas, e assim, a frequência e doações dos fiéis caíram.

Agora, de acordo com informações do jornalista Lauro Jardim, da coluna Radar Online no site da revista Veja, um dos homens fortes de Santiago acaba de deixar o comando da denominação no Rio de Janeiro: “A crise na Igreja Mundial no Rio de Janeiro derrubou o homem forte de Valdemiro Santiago no estado, o bispo Eduardo Thompson. São dívidas e mais dívidas para pagar”, publicou.

As dívidas a que o jornalista se refere incluem os aluguéis atrasados da denominação no estado. No final de 2014, a Igreja enfrentava, apenas no Rio de Janeiro, 25 ações de despejo.

Para evitar que a Mundial fique sem esses templos, Valdemiro Santiago estaria tentando, na Justiça, chegar a um acordo com os proprietários dos imóveis. “A igreja está abrindo, por via judicial, um processo de renegociação das dívidas”, informou Jardim.

Polêmicas

Valdemiro Santiago está enfrentando outra situação difícil: a Polícia descobriu um furto de água na gráfica em que ele e sua esposa, bispa Francileia, são sócios. O gerente da gráfica foi preso e precisou pagar fiança de 10 salários mínimos, o equivalente a R$ 7.880,00.

Agora, a Polícia vai investigar se o apóstolo e a bispa tinham conhecimento do desvio de água que fazia a conta cair de R$ 3.400,00 para R$ 71,94, o valor mínimo para o tipo de instalação que há no local.

Fonte: Gospel +

 

Anúncios