Publicado em Brasil, Esporte

Bicampeão brasileiro, Cruzeiro é o “time de Deus”

cruzeiro-camisa-deus-faz-campeao-fabioEsposas de jogadores dizem que oração é essencial para o sucesso da equipe.

Em meio às comemorações do bicampeonato do Cruzeiro neste domingo, chamou atenção a postura de grande parte dos jogadores, agradecendo a Deus. Era possível vê-los apontando para cima após os gols, um gesto conhecido de vários membros do Atletas de Cristo.

Nas entrevistas, Deus recebeu agradecimentos de praticamente todos os jogadores. Também havia camisetas com a inscrição “A Deus toda Glória” em letras azuis, cor do clube. No estádio um bandeirão gigante com a mesma frase atravessou toda a arquibancada de trás de um dos gols durante o jogo contra o Goiás.

“Os familiares se reúnem para orar. Sabemos que o futebol é um jogo, de derrotas e vitórias, mas sabendo que a ele toda a honra e toda a glória. E hoje nós dedicamos o título a Ele. É um time inteiro envolvido nisso, uma torcida inteira. Sabendo que há um Deus no céu que nos abençoa. Sem Deus, a gente não seria nada”, afirmou o zagueiro Léo.

site do canal ESPN fez uma reportagem extensa, mostrando que existe uma contínua campanha de oração pelo time, realizada por todas as esposas e namoradas dos jogadores. A ideia do bandeirão e das camisetas foi delas e paga por um rateio que inclui todos os jogadores, titulares e reservas.

Foto: DOUG PATRÍCIO
Foto: DOUG PATRÍCIO

Sandra Maciel, mulher do goleiro e capitão Fábio, conta que isso começou no ano passado, depois que o Cruzeiro perdeu para o Flamengo, na Copa do Brasil. “A gente se encontrou e se perguntou o que podíamos fazer por ele? ‘Vamos orar’. A gente começou a se reunir toda semana, temos um grupo com todas as esposas. Oramos pela vida deles, fortalecendo o físico, o emocional, livrando de lesões”, contou ela.

A partir daí surgiu o ‘Relógio da Oração’, em que cada esposa hora por um período determinado. São 24 horas orando, na véspera dos jogos. “Não é para a vitória, é para acrescentar o que Deus tiver que acrescentar”, explica Sandra. Uma das idealizadoras é a esposa do lateral-direito Ceará, que é pastor. São 32 mulheres envolvidas, que se comunicam por um grupo de Whatsapp.

A esposa de Fábio ressalta que eles tiveram apoio da torcida, que abriu a bandeira no estádio. “Não é religião, é essência de vida. A gente agradece por tudo que Deus faz. A gente fez a camisa igual a do bandeirão e outra também, se ganhasse ou perdesse, não importaria. É uma fé muito grande, uma conexão enorme. O que Deus tem feito no Cruzeiro não se explica”.

Embora a Fifa e o Código Brasileiro de Justiça Desportiva proíbam qualquer manifestação religiosa dentro de campo, o movimento Atletas de Cristo é bastante conhecido entre os jogadores de futebol. Fundado em 1980, reúne hoje cerca de 7 mil no Brasil. Vários jogadores da Seleção Brasileira são membros.

Fonte: Gospel Prime

Anúncios

Autor:

Jornalista por profissão e discípula por vocação com o compromisso de ser relevante para o Reino de Deus!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s