Publicado em Brasil, Política, Televisão

Apoiado por lideranças evangélicas, Aécio Neves não mostrará pastores na TV, diz jornalista

Tucano garante assumir segundo lugar isolado nas pesquisas de opinião em 20 dias (Foto: Dida Sampaio/AE)
Tucano garante assumir segundo lugar isolado nas pesquisas de opinião em 20 dias (Foto: Dida Sampaio/AE)

 O candidato a presidente da República Aécio Neves (PSDB) decidiu que não usará a imagem de líderes religiosos em sua campanha. A postura do senador mineiro é oposta à do colega tucano José Serra, que em 2010 exibiu vídeos de pastores em sua campanha.

A estratégia do ex-governador de Minas Gerais é evitar que seja acusado de ceder a pressão de religiosos, e contar apenas com a propaganda negativa que estes líderes farão contra Dilma Rousseff (PT).

“O apoio das lideranças evangélicas será tratado por Aécio de modo diferente do que foi por José Serra. Em 2010, Serra usou algumas dessas lideranças em seu programa de TV. Aécio não fará isso. Acha que se os religiosos espalharem propaganda negativa de Dilma Rousseff para os seus fieis já estará de bom tamanho”, informou o jornalista Lauro Jardim, colunista da revista Veja.

A postura do candidato tucano tem se mostrado eficiente, pois o pastor Silas Malafaia usou seu canal no YouTube para divulgar um vídeo com “cinco motivos para não votar em Dilma”, tecendo severas críticas à candidata à reeleição e sua política econômica, dentre outros pontos.

Aécio tem o apoio de diversas lideranças evangélicas, como os pastores assembleianos Marco Feliciano (PSC) e Everaldo Pereira (PSC); o apóstolo Valdemiro Santiago; a pastora Valnice Milhomens (que apoiou Marina Silva no primeiro turno); e o reverendo Augustus Nicodemus Lopes.

O respeitado teólogo presbiteriano recentemente declarou seu apoio ao tucano em sua página no Facebook: “De repente começo a ter esperança de que o governo do PT pode acabar mesmo. Como cristão, estou pronto a viver debaixo de qualquer tipo de governante, do imperador romano ao ditador ateu. Mas se houver a possibilidade de um governo menos corrupto e um Estado menos aparelhado, é nessa que eu vou”, escreveu Lopes.

Recentemente, Marina – que é missionária da Assembleia de Deus – também declarou seu apoio à Aécio Neves e afirmou que o país precisa de “mudança”.

Fonte: Gospel +

Anúncios

Autor:

Jornalista por profissão e discípula por vocação com o compromisso de ser relevante para o Reino de Deus!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s