stephen-hawkingsA criação do universo é uma das questões que mais alimenta as discussões entre a fé e a ciência. Para a maioria dos religiosos, Deus é o responsável pela criação do universo e de tudo que nele há. Porém, os cientistas afirmam que esta explicação não é válida, ou “não é suficiente”, como afirmou o físico Stephen Hawking.

Hawking participou recentemente de uma conferência no Festival Starmus en Tenerife, nas Ilhas Canárias, onde causou euforia no público presente no evento quando declarou sua posição ateísta sobre o surgimento do universo.

– Deus não é suficiente para explicar o surgimento do universo – disse o cientista, sendo aplaudido por todos os presentes.

– É necessário um criador para explicar como o universo começou? Ou o estado inicial do universo é determinado por uma lei da ciência? – questionou.

Hawking afirmou que a teoria do Big Bang é a melhor maneira de explicar como tudo começou, e fez várias piadas relacionadas à religião para entreter o público. Uma dessas piadas foi de que conhece outra explicação para o surgimento do universo, mas não fala por medo do clero.

– Eu não gosto da ideia de que eu poderia começar a Inquisição, como com Galileu – ironizou.

Em outro ponto Hawking citou Santo Agostinho, quando questionou o que Deus estava fazendo antes de criar o universo. Para o cientista, Deus “estava preparando o inferno para aqueles que fazem essas perguntas”.

Hawking também falou sobre a descoberta dos sinais de fundo de microondas, que seriam o “eco do Big Bang”, o que pode indicar que o universo não existe desde sempre. O físico também se referiu à primeira evidência direta para o Big Bang, descoberta na Antártida e que pode provar que o universo nasceu a partir de uma explosão cósmica, ao contrário do que a Bíblia diz.

Fonte: Gospel +

Anúncios